Dark Sun para 2010!

Você provavelmente leu por , mas se não, permita-me informar você sem enrolação: Dark Sun será o cenário de campanha a ser lançado em 2010 para Dungeons & Dragons.
O anúncio foi dado nesta sexta-feira, no seminário D&D Extravagança, na GenCon. Além de ter sido noticiado no próprio site da Wizards.

Possível capa do livro de cenário de Dark Sun

Possível capa do livro de cenário de Dark Sun.


Inclusive, no site da Wizards o James Wyatt fala um pouco sobre o que devemos esperar do novo livro. O Rocha traduziu bem o que eu penso à respeito nos comentários que fez. Mas vou resumir aqui as minhas preocupações.

  • Dark Sun é um cenário que foi meio “estragado” na segunda caixa e ao longo do tempo. Sua idéia inicial era bem legal, mas quando começaram a espandir o mundo a coisa desandou um pouco. Quando o James Wyatt disse que queria aproximar mais da primeira caixa eu pensei: “Hum… Isso pode ficar bom!”. Mas aguardo ver como eles lidarão com elementos comuns ao D&D e que não existem em Dark Sun. Não sei se gostaria de ver um Warforged ou um Eladrin passeando pelo deserto. Pode ser um passo em falso igual o da segunda caixa.
  • A pobreza de recursos do cenário é um dos fatores que o tornam tão mortal. Imagino que para compensar a falta de itens mágicos (e até itens comuns, como armaduras metálicas) eles deverão usar alguma variação da já anunciada regra do Dungeon Master’s Guide 2 de dar bônus de graça para os jogadores. Mas se você dá os bônus dos itens, você não está tornando o cenário mais desafiador, está apenas trocando seis por meia-dúzia. Então quero ver como irão trabalhar o esquema do equilíbrio de poder com a falta de recursos. Afinal, eles ainda têm de manter o equilíbrio entre as opções oferecidas no cenário com as oferecidas fora dele (este tem sido o padrão e o anunciado pela Wizards).

Importante salientar que nem posso considerar que joguei em Dark Sun de verdade, apenas fiz um mercador e comecei duas aventuras que nunca foram para frente.
Ainda assim, comumente jogo com ex-jogadores e mestres do cenário, e todos nós ficamos bastante apreensivos desde as primeiras suspeitas da volta de Dark Sun.

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Eduardo Penna disse:

    “Mas se você dá os bônus dos itens, você não está tornando o cenário mais desafiador, está apenas trocando seis por meia-dúzia.”
    Considerando os bônus de atributos enormes que os personagens de Dark Sun tinham na 2a edição quando comparados com personagens de outros cenários, não é como o esquema seis por meia-dúzia fosse alheio ao cenário.

  2. Hax disse:

    Não jogo D&D 4ª, mas tenho impressão que, se tomarem o mesmo caminho do Forgotten 4ª, o novo Dark Sun vai ser, no mínimo, estranho àqueles que estão acostumados com ele. Mas creio que para a nova geração que nunca leu nada sobre Athas pode encontrar um cenário no mínimo interessante. Agora só falta lançarem Spelljammer ou Gamma World para a 4ª para as coisas ficarem realmente estranhas…

  3. CF disse:

    @Eduardo: Hahaha. Verdade. Bem lembrado.
    @Hax: Nah. Diferente de Forgotten Realms, Dark Sun é um cenário bom. Não vai precisar mudar. É igual Eberron, que parece não ter mudado quase nada na nova edição (preciso ler os livros com calma para ter certeza).
    E putz, eu ficaria muito feliz de ver um novo Spelljammer.

  4. Ivan Prado disse:

    Acho que vai precisar de mestres muito bons para fazer uma campanha decente… O conceito de poder sobre-humano da 4ª não me parece condizer com o cenário degradado de Dark Sun.
    Só lendo pra ver.

  5. césar/kimble disse:

    “O conceito de poder sobre-humano da 4ª não me parece condizer com o cenário degradado de Dark Sun.”
    Lembra que no DS antigão os personagens começavam no terceiro nível e tinham um modelo de geração de atributos que gerava números superiores aos dos outros mundos de D&D.

  6. @Ivan Prado: Qualquer campanha, pra ser decente, precisa de bons mestres. Um cenário bem escrito, por si só não é garantia de uma boa campanha.
    @Ivan Prado: O pão está para a manteiga assim como Dark Sun está para a quarta edição.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: