Concurso Alphaversos 2018 #3º – A Floresta Negra

Em meio a vastidão, cidades-estados lutam para sobreviver aos horrores vindos da floresta que as cercam. O que muitos não sabem é que os monstros não estão apenas atrás das […]

Em meio a vastidão, cidades-estados lutam para sobreviver aos horrores vindos da floresta que as cercam. O que muitos não sabem é que os monstros não estão apenas atrás das muralhas, mas maquinando dentro delas… Prepare-se para enfrentar os perigos da Floresta Negra, um cenário de horror gótico, e nosso 3º colocado no Concurso Alphaversos 2018!


Autor: Felipe Soares (Oliveira – MG). Temas: disputa de território, traição, construtos.

Resumo: Um mundo de horror gótico cercada por uma floresta inescapável, onde seres humanos são caçados pelas hordas da noite. Apenas a Legião de Bronze, o exército mecânico do Grande-Lorde Atcherberg garante a sobrevivência da humanidade, mas a medida que ele se aproxima da morte os lordes da Floresta Negra lutam pelo controle de suas forças e o domínio da humanidade… Se algo restar dela.


A Floresta Negra

“Um brinde á um novo mundo de deuses e monstros”
Dr. Pretorius, “A Noiva de Frankenstein”

Em algum lugar há uma gigantesca floresta de pinheiros.

Ninguém sabe o que há depois dela. Ela se estende por quilômetro após quilômetro. Muitos tentaram encontrar o que existe além dela, e os relatos de sobreviventes contam sempre as mesmas coisas: Ainda mais árvores e ainda mais monstros.

Hic Sunt Dracones.

Mortos vivos, predadores impossíveis, bruxas, espíritos vingativos, fadas traiçoeiras, bestas vestindo a pele de homens, deuses famintos e aberrações de além da imaginação. Até as próprias árvores criam gosto pela carne humana a medida que alguém se aprofunda na Floresta Negra.  

E no centro desta floresta existe Heiligtum, a grande e talvez última civilização dos mortais, formado por grandes cidades semi-independentes e todos os vilarejos indefesos pelas estradas que as ligam. Os habitantes de Heiligtum aprenderam a apreciar suas muralhas e a manter distância da floresta cheia de horrores.

Mas no último século os monstros se recusaram a se manter distância. Eles não só passaram a atacar as cidades de Heiligtum, como se organizaram: Hordas de mortos rastejantes, matilhas inteiras de homens-feras, enxames de espectros devoradores de vida, rios de horrores submarinos e a ocasional gangue de espantalhos mal intencionados. A humanidade foi salva apenas quando Atcherberg, um mestre das filosofias naturais, apresentou seu exército de homens-mecânicos.

Frotas de soldados mecânicos lutaram contra os horrores, movidos á engrenagens e armados com o poder da pólvora. Inventividade ganhou sobre o pesadelo, Heiligtum sobreviveu e Atcherberg se tornou o novo Lorde-Governante de todas grandes cidades.

Chegam então os dias atuais. Atcherberg está em seus últimos anos de vida, sem herdeiro e sem nunca ter dividido o segredo por trás de seus homens-mecânicos. Os Sete Lordes das cidades sabem que sua morte trará caos para Heiligtum, praticamente exibindo sua garganta desprotegida aos dentes da Floresta Negra. Começa então a estação da intriga: Ameaças implícitas, alianças secretas, planos contados á sussurros em corredores vazios, espionagem em todas as suas formas conhecidas e obscuras, assassinos espreitando por telhados e promessas quebradas.

Mas nem todas as peças do tabuleiro são movidas por mãos humanas. Algumas jogam não pelo controle do tabuleiro, mas para vê-lo queimar. A Floresta Negra não está apenas de fora do portão.

Hic Sunt Dracones.

As Sete Cidades

Strabenstadt: A capital de Heiligtum, governada diretamente pelo Grande-Lorde Atcherberg. A maior e mais segura das sete cidades, se encontra numa encruzilhada em meio á todas as outras e é o maior ponto de comércio por terra. Também é o centro de todas as intrigas e o primeiro lugar a ser contestado caso comece uma guerra entre os lordes.

Waldstadt: Das sete cidades, esta é a que se encontra na parte mais profunda da Floresta Negra, e também a mais protegida. Fonte de madeira e caça. Cercada por enormes muralhas sempre sobre vigília. Origem da Ordem do Morcego, organização de caçadores de monstros. Governada por lorde Buhr.

Seestadt: Cidade no centro de um grande lago. Grande ponto de comércio graças aos cinco rios que a cercam, assim como centro de contrabando em Heiligtum e as gangues que o mantém. Governada pela senhora Dreier.

Bergstadt: Cidade entre as grandes montanhas de Heiligtum. Fonte de metais e indústria, assim como fonte de toda a Legião de Bronze, se encontrando constantemente coberta por fumaça e cercada de soldados mecânicos. Governada pela senhora Foth.

Schwarzestadt: A menor das sete cidades. Um local simples e pouco protegido, mas que nunca sofreu ameaça de monstros ou invasores. Não é grande fonte de exportação, mas é de onde os melhores assassinos são treinados. Governado pelo lorde Frei.

Geiststadt: Uma cidade construída sobre uma série de túneis. Seus edifícios estão sempre a afundar na terra, levando novos a serem construídos a cada década e a formação de “cidades subterrâneas”. Maior fonte de metais e gemas preciosas. Governado pela senhora Geier.

Tierstadt: A mais antiga de todas as cidades, adjacente ao maior espaço de agricultura de toda a Floresta Negra e maior fonte de comida de Heiligtum. Há uma grande presença de lobisomens na área, mas seu governante Lorde Gotti se recusa a deixar a Ordem do Morcego investigar, acusando os de tentar tomar o poder da cidade.

A Legião de Bronze

O exército de homens mecânicos construído para lutar contra as hordas de monstros. Em sua maior parte são máquinas humanoides semi-conscientes, capazes de raciocínio rápido durante batalhas e de interpretar ordens, mas sem vontade própria além de obedecer seus comandantes. A medida que envelhecem eles adquirem vontade própria e até sentimentos, se tornando Veteranos, mas eles não têm quaisquer direitos sob as leis de Heiligtum.

NPCs Importantes

Grande Lorde Atcherberg, inventor da Legião de Bronze e Grande-Lorde das sete cidades. Homem excêntrico e arrogante que se recusou a escolher qualquer herdeiro ou dividir o segredo da construção da Legião de Bronze. Secretamente planeja transferir sua mente para um corpo mecânico e reinar por Heiligtum pela eternidade.

Lorde Bohr, Governador de Waldstadt. Homem fanático pela destruição do mal e líder dos caçadores de monstros da Ordem do Morcego. Acredita ser o único capaz de defender Heiligtum dos perigos da Floresta Negra.

Senhora Dreier, Governadora de Seestadt. Líder de gangue que subiu até o controle da cidade através de uma trilha de sangue e traição. Controla a maior rede de espiões de toda Heiligtum.

Senhora Foth, Governadora de Bergstadt. Engenheira fiel a Atcherberg, acreditando que ele não só tem um plano como tem o melhor de Heiligtum em mente. Pretende destruir todos os outros lordes para defendê-lo.

Lorde Frei, Governador de Schwarzestadt. Mestre assassino que troca serviços de seus alunos em troca da promessa de neutralidade de sua cidade. Secretamente uma criatura da Floresta que veste o rosto de um ser humano.

Senhora Geier, Governadora de Geistsadt. Uma vampira líder de um grupo que se esconde nos túneis sob a cidade.

Lorde Gotti, Governador de Tierstadt. Um lobisomem que pretende espalhar sua maldição por toda a sua cidade e então liderar sua grande matilha em uma cruzada contra a civilizaçào.

O Liberador. Um dos primeiros homens mecânicos e o veterano mais velho da Legião de Bronze. Planeja reunir um grupo de iguais para tomar território próprio para a Legião.

A Bruxa da Floresta. Cuidado garoto, alguns segredos não são para seus olhos.”

A Floresta Negra

Você está preparado para enfrentar os horrores que espreitam a floresta?

Regras

Material do livro básico. Tecnologia limitada ao nível pré-vitoriana, com armas de pólvora negra (mas não revólveres ou semelhantes). Raças como elfos, anões e orcs não são permitidos, mas os personagens podem ser criaturas monstruosas. Magia é limitada á magia branca e elemental.

Use quaisquer regras de medo e insanidade a que tiver acesso.

Sugestão de Personagens

? Um caçador da Ordem do Morcego, andando por aí lutando contra o mal.

? Um veterano da Legião de Bronze, procurando por liberdade para si e seu povo.

? Um espião de um dos lordes, usando de suas aventuras para espalhar a influência de seu rei.

? Um amaldiçoado, marcado pela essência de um monstro, tentando manter sua humanidade enquanto é odiado por todos.

? Um monstro disfarçado, sabotando a humanidade enquanto finge trabalhar para seu bem.

Ganchos de Aventura

? O grupo se encontra preso em uma vila sitiada por mortos-vivos, enquanto alguém tenta sabotar as defesas locais.

? Vítimas de assassinato são encontradas com marcas de punhos de metal, e um veterano da Legião de Bronze pede ao grupo para provar sua inocência.

? Um jantar entre nobres é interrompido por espectros. Estes dizem terem sido vítimas de um dos presentes, e irão matar todos se o culpado não for revelado em breve.

? Um membro importante de uma vila tem recebido cartas de ameaças escritas a sangue. Ele nota também que são todas escritas com sua letra.

Antagonistas

Todos os monstros de origem sobrenatural são permitidos (apenas evite qualquer coisa ligada à tecnologia moderna): De Vampiros e lobisomens, passando por goblins e gnolls, á abominações cósmicas e elementais. Hic Sunt Dracones.

Para Inspirar

Bloodborne, Castlevania, Over The Garden Wall, Van Helsing, Pacto dos Lobos, Gravity Falls, todos os filmes de monstros clássicos da Universal (Drácula, Frankenstein, O Lobisomem e semelhantes).


Avaliação

A Floresta Negra traz um cenário de horror gótico, com muitas referências aos monstros clássicos da literatura e  cinema, amarrando bem todos os temas escolhidos. As regras foram o ponto fraco: mencionou, mas não forneceu ou referenciou quaisquer regras para insanidade e medo (disponíveis em forma de Desvantagens no Manual Básico, por exemplo), além de não fornecer nenhuma ficha de antagonista.

Todos concordaram que o texto está bem escrito, conseguindo transmitir o clima do cenário e fornecendo muita informação para ajudar o mestre a movimentar a trama; em parte graças ao estabelecimento de um bom elenco de NPCs (assim como no 4º colocado). A Floresta Negra foi o último cenário inscrito no concurso, faltando pouco minutos para o fim do prazo, e uma grata surpresa para todos os jurados ao final das avaliações.

? Presença dos Temas: 9,75  Presentes e bem aproveitados, combinados de forma criativa e significativa.– BURP.

? Uso das Regras: 7,75 Faltou trabalhar um pouco esse aspecto– Armageddon. As regras de medo e insanidade são curtinhas, poderiam ter sido incluídas (…) Por fim, faltaram as fichas para os antagonistas.– Oriebir

? Aspectos Gerais: 9,75 Bastante oportunidade de combate do lado de fora e intrigas ocorrendo no cerne” – Armageddon. Gostei da ideia do monstro infiltrado e disfarçado (…) Funciona e tem muitas boas ideias.” – Lancaster.

# MÉDIA FINAL: 9,1 (3º colocado, decidido pelos critérios de desempate) #

A avaliação completa de “A Floresta Negra”, com comentários e sugestões de todos os jurados, encontra-se na página 2.


O texto do minicenário passou por uma revisão rasteira e padronização no formato para serem publicados no blog. Você pode ler o texto como foi submetido e avaliado neste link.

A ilustração usada no banner deste artigo pertence a Jambô Editora. A medalha usada no banner foi obtida na freepik. A imagem interna foi obtida no pxhere.com

Pages: 1 2

About Edu Guimarães

Mestra RPG desde os 10 anos e nunca mais parou. É nerd, biólogo, Leal e Bom.