Dragonslayer 24 nas bancas

Um dia depois do esperado, a Dragonslayer 24 chegou nas bancas de SP e Rio de Janeiro. Os comentários iniciais dão conta que além da ficha do Esquadrão do Inferno, há também a do Albino. Boa!
Dragonslayer 24 tem 64 páginas e custa R$ 14,90.

Nume Finório

Você sabe quem eu sou.

Você pode gostar...

47 Resultados

  1. Tek disse:

    Vou passar na banca antes de ir pro aeroporto!

  2. Darin disse:

    não consigo (moralmente) comprar uma revista com esse preço… deus do céu…

    • Nume Finório disse:

      Então não compre, uai. Mas devo dizer que vai ter quase nada pra ti comprar na banca em termos de revistas especializadas. Por que todas elas estão nessa faixa de preço ou mais caras.

  3. Dam disse:

    o_O
    R$ 14,90 por 64 páginas… hum… dá um pouquinho mais que R$ 0,23 centavos por página…
    kct… prefiro pegar emprestada ou bater xerox de 6 centavos… (R$ 3,84… o preço q a revista vale). aliás… uma revista deveria dentro do "contexto brasileiro" teria que custar no máximo R$ 9,60 (15 centavos por página).

    • Nume Finório disse:

      Faça isso, uai. Só não venha reclamar depois de qualquer coisa. Porque se tu não pagou pela revista, não tem esse direito.

      • Dam disse:

        vc compra cd's de tecnobrega? quando ouve música q n gosta, vc n reclama? precisa comprar pra dizer que é caro? ou pra dizer que é ruim?

        • Cassaro disse:

          Faça assim.
          Vá até a lanchonete, coma alguma coisa, NÃO pague por ela, e depois reclame com o gerente do lugar que a comida é cara e ruim.
          Depois volte aqui e conte como foi.

          • Damaran disse:

            fui há menos de 3h no melhor cachorro-quente daqui de Londrina. O "Arnaldo's" (uma franquia grande por sinal). pedi o hot dog com frango, pra experimentar. comi, não gostei e chamei o gerente, que já conheço de vista, e por consumir com frequencia lá.
            disse pra ele que não gostei, e dei umas dicas de como ele poderia fazer pra deixar ainda melhor.
            o cara disse que vai fazer o possível pra melhorar, porque não quer perder um cliente assíduo. e porque ele não é BURRO de perder seus clientes (pois sabe que são eles que sustentam ele). e porque cada cliente, por menos que compareça lá, tem uma importância enorme.
            disse que tratar seus clientes com satisfação é, não somente uma obrigação pra ele, mas também uma boa estratégia de venda (provavelmente ele fez um curso de administração decente, ou manja um pouco de Marketing Pessoal! algo indispensável pra qualquer profissional maduro e competente, que quer ser respeitado no mercado. qualquer estudante de 3º ano do colégio, ou vendedor de doces do colégio sabe disso!), e que qualquer individuo com o mínimo de profissionalismo não destrata um potencial comprador de seu produto, se for inteligente.
            quanto ao pagar: ele disse que precisava do dinheiro, então ficaria ruim tanto pra mim quanto pra ele se eu não pagasse. como ele foi educado, e se propôs a melhorar, em prol dos consumidores, achei mais do que justo pagar. sabe, pagar por algo bom. algo feito pra nós. algo de qualidade mesmo.
            espero voltar lá mais vezes. comer sempre que possível. afinal, é bom nos relacionarmos com profissionais de verdade. que tem uma boa visão empresarial, e entende bem de relações públicas e sociais.
            e acredite: isso de fato aconteceu. e o mais interessante de tudo: antes mesmo de eu ler sua resposta. coincidentemente, tive essa discussão com o gerente de lá. e sabe, foi ótimo conversar com alguém que sabe tratar o público sem ironia e com respeito profissional. alguém que não tem um ego maior do que a visão empresarial.
            e você? não se cansou de dar murro em ponta de faca? de destratar seus compradores e clientes, mesmo sabendo que perdeu inúmeros deles, em poucos anos, por causa do seu comportamento petulante e infantil, PARA COM O SEU PRÓPRIO PÚBLICO? e o pior… alguns destes, como eu, eram fãs do seu trabalho. compravamos seus produtos…
            acho que está na hora de mudar, né cara? se não por um pouco de bom senso, q seja por ética profissional. é uma questão de amadurecimento. vc tem quantos anos? 34? é casado? tem filhos? que tal agir como um adulto?
            releia a discussão que vc participou (http://www./2009/03/23/dragonslayer-2… e reflita sobre suas próprias respostas.
            acho q vc precisa de um psicólogo cara…

          • Wallace disse:

            Sério mesmo. Eu acho que o Cassaro está todo errado também. Porque ele não tinha que ficar aqui batendo boca com essa tchurma sem rosto que fica falando qualquer tipo de coisa por aqui.
            Primeiro o cara disse que a revista valia menos de quatro reais, porque era o preço da Xerox. Depois, por alguma lógica absurda de mercado, disse que deveria valer cerca de dez reais, como se fosse quinze centavos por página.
            Como disse em outro lugar: Eu queria ver esse pessoal falar isso ao vivo, na lata do pessoal.
            De novo: Se está caro, não compra. Se o cara é escroto e te trata mal, não volta. Eu faço isso quando não sou tratado bem por aí. Não perco meu tempo discutindo com mal garçon, gerente ruim, etc. Claro, se fosse fazer, faria no canal apropriado, ou na cara dele, em um evento.

          • Damaran disse:

            "Como disse em outro lugar: Eu queria ver esse pessoal falar isso ao vivo, na lata do pessoal."
            Porque eu preciso ir ao vivo pra dizer algo na cara, se não estou me escondendo (tem até link de retorno no meu nick), se o cara vai ler isso e se eu não tenho como ir pra São Paulo no momento. Aliás, não perderia tempo indo pra lá por isso, óbvio.
            Esse argumento é extremamente 5ª série: "Vamo lá fora e diz na minha cara se for homem"… ¬¬
            E outra, dizer pessoalmente? Pro cara poder cair no braço? Não curto violência cara, não preciso disso.
            "Não perco meu tempo discutindo com mal garçon, gerente ruim, etc."
            foi ele quem perguntou o resultado da minha experiencia. eu respondi.

          • Wallace disse:

            Juro que tou a fim de ir em londrina só pra ver se isso foi verdade mesmo.
            Mas ainda acho que você deveria agir como macho e falar na cara do pessoal. Em vez de ficar com amiguinhos bobos metendo o pau em gente que você não conhece pessoalmente e só tem raiva porque não quiseram publicar seu material.
            E cara, se você não quer que se metam, não expressa sua opinião em público. Manda um e-mail pessoal pro cara.
            Melhor que ficar caluniando os outros junto, dizendo que vai abrir um puteiro pra arrumar mulher pra ele ou com canalhas que dizem que o cara mora com a mãe ou que ele brigou com o saladino em público.

          • Wallace disse:

            Pior que o cara, na comunidade do Orkut, fala em abrir puteiro pra arrumar mulher pro cassaro, com uma turma que o chama de filho da puta, que diz que ele brigou com o Saladino em evento, e uma pá de outras asneiras e ofensas.
            E depois quer pedir respeito.
            Aí é foda, né?

          • Wallace disse:

            Sabe mais? Quando você presta atenção no cenário, vê que o cara é quadrinista, desenha e etc.
            Daí você pergunta: Quais os trabalhos publicados do cara? Como ele trata os leitores dele? Ele tem leitores?
            Fala de ética a torto e a direito na comunidade RPG Brasil do Orkut, mas é um quadrinista, profissional ou não, destilando calúnias contra outro quadrinista. Assim é complicado demais.
            Vergonha Alheia.

          • Damaran disse:

            Desenho quadrinhos? Ficou doido? De onde você tirou que sou desenhista?
            E trabalhos publicados? bom, nunca publiquei nada, ainda, pra ter leitores. mas quando os tiver, claro que vou tratar eles bem. óbvio.
            e quanto à calúnias… n lembro de ter dito alguma calunia. apenas opiniões (extremamente recorrentes, e compartilhadas por muitos). o fato é que citei que ele poderia ter mais tato com muitos leitores, e não simplesmente escolher a dedo qual opiniões considerar (apenas porque algumas são elogios de fanboys e outras não).
            e não vejo o porque de me envergonhar do meu posicionamento como leitor e crítico. vergonha deveria ter você, de se meter num assunto que não tem nada a ver contigo, quando o meu post foi direcionado pra outra pessoa.

          • shaka disse:

            Cara, ou você colocou o link errado, ou eu perdi alguma coisa. Nesse tópico tudo o que o Cassaro fez foi comentar o aumento do preço e mostrar a base dos argumentos dele (coisa rara para a maioria das pessoas que o criticam). Talvez você tenha confundido com o outro tópico que falava da DS 24 (mas mesmo nesse, o sujeito que reclamava não era exatamente o santinho da história).

          • Rogerio Saladino disse:

            Shaka, Wallace
            Nem vale a pena discutir com cara como o Matheus. Deixa estar. O cara não gosta da DS, do Cassaro, é direito dele.
            Quer gerar polêmica, provocar o Cassaro para depois "mostrar" como ele é bravo.
            Curioso que em comunidades do orkut, fica falando baixarias em tópicos cheios de mentiras e invenções para falar mal de quem ele não gosta.
            Aqui, vem falar pra ter postura de adulto.
            Não vale a pena discutir com gente assim.

          • shaka disse:

            Putz! Eu conheço (não pessoalmente) esse Matheus! Realmente, se eu soubesse quem era nem tinha perdido meu tempo. É melhor eu parar por aqui mesmo, se não vai acabar que nem o tópico da DS que eu já mencionei.

          • Tek disse:

            É o cara que está desesperado para ser reconhecido como alguma coisa no RPG nacional. O cara tem uma trajetória parecida com o Telles: já tentou mandar material pra DS, tentou ser amigo do Sílvio pra ajudar na DB, quer montar uma revista de RPG pra posar de "editor", e por aí vai.
            Basicamente mais um que acha que vai viver de RPG (como se isso, no Brasil, fosse o máximo).

          • Felipe disse:

            Cara na boa, eu sou fã do cenário de vocês e compro regularmente a DS, mas mas digo com propriedade que o Cassaro tem crises de estrelismos e uma postura nada profissional.
            Talvez não seja intencional por parte dele, mas nas revistas e fóruns muitas vezes me senti ofendido com certas respostas que ele dá aos leitores, seja através de seus personagens paladinos, ou pela própria pessoa. Peço que você, como amigo dele (achei que não adiantava muito escrever para o prórpio…)o chame a atenção para isso, pois além de manchar a reputação do trabalho de vocês, é um péssimo exemplo a ser seguido. Espera-se que um profissional tenha ética ao lidar com seu seu público, mas o que vejo são comentários cheios de ironias e gracejos, com curtas frases de efeito, tudo pra se mostar inabalável e cheio de razão. Sinceramente é ridículo. Esperava mais, mesmo porque eu o respeito como autor e aprecio muito alguns de seus trabalhos. Mas com essa imagem que ele faz questão de exibir, fica difícil dar credibilidade.
            Não sei se o Matheus tem motivos pessoais pra atacar o Cassaro, mas compartilho de sua opinião quanto a postura profisional do mesmo.
            Grato.

          • shaka disse:

            Felipe, na boa, você já viu o tipo de gente que é alvo dessas ironias e gracejos? Garanto que a maioria esmagadora merece e não são realmente o público dele. É sério, o pessoal só olha para as respostas do Cassaro, mas nunca se dá ao trabalho de mencionar as ofensas veladas e argumentos ridículos que provocaram tais respostas.

          • Wallace disse:

            Felipe, eu também concordo que a postura do Cassaro não é a correta. Apesar de ter motivos diferentes.
            Esse pessoalzinho é provocador, escroto. Sempre tem isso em toda aglomeração de nerds de rpg. Esse tipo de provocação estúpida, em geral de gente que é fracassado em vários meios, que não conquistou nada na vida e se contenta apenas em ser "crítico".
            Eu nunca entendo como se pode falar que o cara, por exemplo, fode com o público-alvo se ele cada vez mais aumenta o numero de fãs e trabalha em projetos mais relevantes.

          • shaka disse:

            "Eu nunca entendo como se pode falar que o cara, por exemplo, fode com o público-alvo se ele cada vez mais aumenta o numero de fãs e trabalha em projetos mais relevantes"
            Fácil, é só dizer que o sujeito usa métodos apelativos que atraem e prendem a grande massa de gente desprovida de senso crítico, enquanto a minoria dos seres especiais que o critica é marginalizada. Ou, como o Trevisan costuma dizer, o Trio faz "lavagem cerebral" no público. Só rindo mesmo.

          • Cassaro disse:

            Obrigado por sua crítica.
            Vou pensar no assunto.

          • Cassaro disse:

            Já pensei.

          • Steban disse:

            Nossa, adoro essa piada.
            rí alto agora…

          • Nume Finório disse:

            pedi o hot dog com frango, pra experimentar. comi, não gostei e chamei o gerente

            Falando com a propriedade de quem tem quase uma década de experiência no ramo em um negócio familiar com faturamento de quase um milhão de reais por ano. Tu é o tipo de cliente que eu mando embora a pontapés. Sério. Pobre folgado é foda.

            e acredite: isso de fato aconteceu

            Até acredito. Gerente banana tem de monte. Não é a toa que a empresa que minha família toca prospera enquanto as outras vem e vão.

            PARA COM O SEU PRÓPRIO PÚBLICO?

            De boa. Tu não é público de ninguém. Tu é pobre folgado que come cachorro quente e chama de hot-dog. Se o meu negócio ou o do Cassaro dependesse de gente como tu, já tinhamos falido.

            que tal agir como um adulto?

            Isso vindo do cara que se dizia ‘fan’ e queria escrever na DS, que quando foi recusado, porque escreve como uma criança, ficou todo putinho e saiu falando mal de quem não deu emprego. Sim, esse aí é o Matheus. Um fracassado ressentido porque não reconheçam a incrível capacidade dele. Uau.

          • Wallace disse:

            Nume, dessa eu não sabia. Ele era um fanboy do cassaro?
            Agora gasta tempo escrotizando o cara?
            Ele tirou os quadrinhos dele do perfil do orkut. Que molecote.
            Junta com o amigo gordo dele lá na comunidade do orkut e não dá um. Pff…
            Ele nega ser quadrinista, mas poe no blog dele as historinhas: http://astronautadasmares.blogspot.com/2009/04/hi
            Foda, eu queria que ele tivesse fã ou ao menos um curriculo, pra vê-lo tratando os leitores.
            O esquema dele é falar mal do cassaro na comunidade onde o moderador o protege.

          • Damaran disse:

            – Familia milionária? parabens… e foi vc quem fez a fortuna do zero? ou só herdou tudo e acha isso mérito?
            – Pobre folgado? acho que você não sabe de nada mesmo… o modo como chamo as coisas diz respeito à algo? francamente…
            E definitivamente não me vejo como fracassado por não ter uma matéria minha publicada em uma revista de rpg para o publico infantil. e nooossa, não consigo dormir há meses por causa disso… francamente…

          • Nume Finório disse:

            – Familia milionária? parabens… e foi vc quem fez a fortuna do zero? ou só herdou tudo e acha isso mérito?

            Na verdade, seu viadinho, fizemos isso do zero mesmo. Eu e meu pai. Sete anos atrás ele tinha 20 mil reais de um caminhão velho que ele vendeu e vontade de recomeçar. Eu e ele montamos o negócio e trabalhamos duro. Duro mesmo, de acordar 7h da matina e dormir 3h, 4h da manhã. Então cala a porra da tua boca, seu viadinho cinico e mentiroso, antes que eu use uma infima parte do dinheiro que fiz trabalhando duro desde que tinha 14 anos pra ir até aí te dar uma surra.

            E definitivamente não me vejo como fracassado

            Eu vejo. Você é um fracassado. E não tem nada a ver com RPG. Tem a ver com o tipo de pessoa que você é.

          • Damaran disse:

            parabens Nume. estou batendo palmas pra vc.

          • Wallace disse:

            Pro cara que assumiu que não fala as coisas na cara porque corre o risco de apanhar e "não é de violência" é engraçado como ele é petulante em ficar provocando as pessoas pela internet.
            Fico imaginando a criação que um cara desses recebeu na vida.

    • Dan disse:

      Aqui onde eu moro, o xerox custa R$0, 25. Portanto, sai mais barato comprar a revista…

  4. Vou ver hj na banca. Fui ver ontem e não estava lá..

  5. Filipi disse:

    Chegou hoje mesmo, só não comprei por que deixei o dinheiro em casa, mas em geral só batendo o olho eu gostei bastante, só não vi a CdP do mês! pelo menos não que eu tenha me ligado!

  6. Gruingas disse:

    É 14,90 é bastante caro por uma revista, mas a 23 eu achei que valeu a pena o investimento.
    Espero que essa valha também.

  7. Tek disse:

    Nossa, tá sensacional a sessão de cartas e o novo personagem que responde (?) as perguntas é hilário.

  8. Pyromancer disse:

    Mal posso esperar para por as mãos nessa belezinha…

  9. Shido disse:

    Tá aí um ponto interessante no seu paralelo, Damaran. Eu, por exemplo, não curto o cachorro quente do Arnaldo's — já comi lá umas duas vezes, a acabei decidindo que gosto mais do cachorro do Rob's (na verdade, bom *mesmo* é o Lanche Bom, daquele trailer que fica ali perto do Mercadorama.
    O fato de eu gostar mais de um, e não do outro, não chega a me motivar a ponto de apontar defeitos naquele que eu gosto menos. Nesses assuntos, se sinto falta de alguma coisa — como, por exemplo, doces a base de leite de soja no Hachimistu –, eu sugiro educadamente, como fiz uma vez em que fui lá comprar biscoitos. Mas seria de mau tom ficar colocando defeito em toda a linha pré-existente de doces deles só porque há uma especialidade exótica que eu gostaria de ver lá.
    Quando a coisa é com RPG e derivados, parece, às vezes, que é difícil encarar da mesma forma que encaramos restaurantes. Mas se encarássemos com o mesmo desprendimento com que tratamos a culinária, se brigaria bem menos.
    Eu não gosto do dog do Arnaldo, e por isso não freqüento. E isso não quer dizer que toda vez que eu passo lá na frente que eu vou falar pro gerente, se o ver, como porque eu não gosto do produto deles. É só não consumir.

  10. arthimes disse:

    Kra eu tava aqui tentando relaxar, lendo mais uma briga de fans boys hilaria!!!!!!!!!….( e ai, quem é o mais forte o hulk ou o super homem?….).
    Quero agradecer a vcs por estes momentos de riso que tanto me animam…
    Ai Nume, cê é fortinho né? Se por acaso estiver passando pelo rio não esqueça de me avisar…(nossa daqui a pouco vou começar a dizer que 4ed não é d&d….tenho que parar de lê esses blogs…rsrsrs)
    VIVA OS NERDS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  11. Metal Sonic disse:

    Gostei da revista como há tempos não curto uma DS. O preço tá salgado mas de vez em quando dá pra comprar… Tá mais barato que ir no cinema fim de semana.

  12. Metal Sonic disse:

    E depois de ler todos os comments daqui, fiquei surpreso de ver gente querendo se bater na vida real… o_O

    • Tek disse:

      Isso é papinho de Internet, na hora do vamos ver a galera amolece.
      Parece que os duelos pela honra acabaram quando inventaram o tal "pedido de desculpas".

  13. Wallace disse:

    Eu não amoleço não rapá, que história é essa? 😉
    Mas nunca vi um samango desses de RPG vir dar uma de macho ao vivo. Sempre que fui tirar satisfação, na hora se peida. Nem pra manter a postura, eu vi servir.
    Xingar e falar merda na internet é fácil demais. Fórum é a armadilha dos covardes, infelizmente.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: