Revelada a Flecha de Fogo

Quando surgiu, no já distante ano de 1999, o cenário de Tormenta era um pouco mais do que um apanhado de matérias que haviam sido publicadas ao longo dos primeiros […]

Quando surgiu, no já distante ano de 1999, o cenário de Tormenta era um pouco mais do que um apanhado de matérias que haviam sido publicadas ao longo dos primeiros quatro anos da Dragão Brasil, compilando e organizando tudo em um único volume de oitenta páginas, que foi oferecido como brinde pela comemoração dos 50 números da revista.

Dentre elas, uma das matérias que serviu de base para uma parte significativa do cenário é ainda mais antiga. Trata-se da Dragão Brasil #31, de Outubro (?) de 1997. Esta matéria, de autoria de JM Trevisan,  traz dicas de como dar mais personalidade para monstros comuns de D&D e AD&D, procurando torná-los memoráveis. E o bicho-exemplo utilizado é ninguém menos que o próprio Thwor Ironfist, o líder profetizado da Aliança Negra.

Primeira ilustração de Thwor Ironfist, por André Valle.

Não apenas vários pontos hoje indissociáveis de Arton, como Khalifor, Ragnar, e a própria Aliança Negra já está toda ali, assim como outros detalhes que seriam acrescidos ao mundo futuramente (como a sugestão de uma cidade élfica envolvida em uma guerra contra os hobgoblins, daquilo que posteriormente se tornaria Lenórienn.

E, claro, há a profecia. Por vinte anos, os jogadores de Tormenta acompanharam como cada um dos passos descritos naquela já lendária pedra circular perdida em Lamnor (que, aliás, acabou se tornando o símbolo de toda a Aliança Negra) e como ela modificou o mundo aos poucos. Quando o Rei partiu a Coroa em duas, no final das Guerras Táuricas, ficou claro que havia, enfim, chegado a hora da Flecha de Fogo ser disparada.

E enfim, aconteceu. Num romance gigantesco, o autor Leonel Caldela nos apresentou enfim a Flecha de Fogo e a conclusão da profecia. E não apenas isso, o fez de uma maneira incrível. Cada uma das mais de setecentas páginas está repleta de situações, lugares e personagens que renderiam mais uns cinco livros pelo menos! Toda a cultura, a vida em Lamnor e o que Thwor conquistou ao longo dessas duas décadas, amarradinho e de presente para todos os leitores.

Mesmo que você nunca tenha lido nada de Tormenta, este é um livro ideal para ser apresentado ao universo. O que o Caldela conseguiu fazer nesse tomo é impressionante. E justifica, inclusive, o tamanho monstruoso que ele tem. xD

Abaixo, o release da editora desse épico goblinpunk!

Uma antiga profecia esconde a última esperança de um povo… E a ruína de outro.

Ele está chegando.

A profecia nos avisou que, com o eclipse, viria o Arauto da Destruição, tingindo os campos de vermelho. Ele já destruiu o Reino dos Elfos com seu exército de monstros. Só existe uma coisa que pode detê-lo, mas ninguém sabe o que é.

Passei minha vida toda estudando a profecia. Todos nós dedicamos cada minuto a tentar decifrá-la, em busca de uma arma, de uma esperança. Mas a última barreira caiu e ele está chegando.

A sombra da morte cobrirá nossos reinos, a menos que alguém responda a pergunta que nos atormenta desde o início.

O que é a Flecha de Fogo?

Leonel Caldela (A Lenda de Ruff GhanorOzobO Código Élfico) volta ao cenário de Tormenta para desvendar um mistério de décadas. A Flecha de Fogo narra o embate épico entre a civilização humana e a monstruosa Aliança Negra, num romance de volume único que conquistará tanto veteranos quanto recém-chegados ao maior universo de fantasia do Brasil.

O livro já está disponível no site da Editora Jambô.

As ilustrações deste post são de André Valle e Caio Monteiro.

About Marlon Teske

Marlon "Armageddon" Teske é de Timbó, Santa Catarina, onde vive isolado do resto do mundo traçando planos de conquista enquanto cursa uma faculdade de regente do universo por correspondência.