Companhia Mercenária – Os Castella

Os Castella, no passado eles foram a honrada guarda da família real, agora no presente se tornaram uma pérfida companhia mercenária. Passado A casa de Castella teve o seu nome […]

Os Castella, no passado eles foram a honrada guarda da família real, agora no presente se tornaram uma pérfida companhia mercenária.

Passado

A casa de Castella teve o seu nome manchado após falhar em proteger a família real durante um golpe de estado. Destituídos de sua honra e glória passadas, restou a eles assumirem o papel de uma companhia de mercenária.

Desde esta trágica queda, os membros desta antiga casa nobre vivem no lar ancestral da família, a Torre das Escamas, uma região infestada por basiliscos. Os anos seguintes lhes foram duros, forçando os Castella a abrirem suas portas para tipos sem sangue-azul. Alianças e concessões precisaram ser feitas para garantir a sobrevivência, mas um pouco da sua linhagem ainda é preservada nos seus capitães.

Companhia Mercenária

Como uma companhia mercenária, os Castella se especializaram em eliminar grandes ameaças e principalmente a lidar com os indesejáveis aventureiros. Logicamente, cobrando vultosas quantias em peças de ouro por cada um destes serviços.

A unidade base dos Castella é formada por um esquadrão de 4 a 8 membros, sempre liderada por um capitão experiente. Normalmente, a habilidade de cada esquadrão é sempre superior a missão que lhes é designada. Tal modus operandi, lhes garantiu a fama de serem eficientes e rápidos para resolverem os serviços contratados.

O símbolo dos Castella ainda é o Basilisco Negro, uma alusão ao antigo brasão de armas da casa, quando ainda era parte da nobreza. O splitt, uma escama de basilisco petrificada, também é usado para identificar os seus membros, sendo concedido para aqueles que se já provaram no campo de batalha.

Um conselho de capitães administra o dia a dia da companhia mercenária, enquanto o comando dos Castella é feito pelo capitão-mor. Tal posição só pode ser alcançada por mérito e com o apoio dos demais capitães

Capitães dos Castella

Archibald de Castella (Humano, Druida)

A aparência ameaçadora de Archibald, fruto do seu tamanho descomunal, olhos reptilianos e pele semelhante a escamas, destoam frente a sua conhecida calma e placidez. A décadas, ele é o responsável pelo treinamento dos novatos, acumulando também a função de guardião da Torre das Escamas e protetor dos basiliscos da região. Archibald é extremamente protetor em relação a sua filha Petrias e assuntos relativos a ela são a única coisa que lhe tiram do sério.

Federus de Castella (Humano, Ladino)

Ardiloso, sem escrúpulos e belo como os deuses, são algumas das qualidades pelas quais Federus é conhecido. A sua habilidade com venenos é excepcional, em especial os tipos capazes de causarem uma morte lenta e agonizante. Ele tem uma certa rixa com sua irmã, Lady Hest, fruto dela ter sido apontada como a herdeira da família, mas reconhece a sua aptidão.

Lady Hest de Castella (Humana, Ranger)

A beleza de Lady Hest é conhecida por todo o continente, em igual patamar a fama do seu olhar petrificante, a prova incontestável do seu sangue Castella. Além disso, ela é uma combatente habilidosa, especializada em lutar com duas espadas curtas e em armas de arremesso. Por fim, a notícia de um jardim de estátuas dos seus pretendentes já a começa a se espalhar entre os reinos, sendo raros aqueles dispostos a cortejá-la.

Morkansh “O Basilisco”, Capitão-mor Castella, (Humano, Guerreiro)

O capitão-mor da companhia mercenária é conhecido como o Basilisco e poucos são os guerreiros dispostos a se arriscar em um embate contra ele. Mestre nas artes dos Castella, até hoje é contada o dia que ele petrificou uma tribo de ogros que ameaçavam a Torre das Escamas. Ele é o irmão mais velho de Archibald e tem atuado como o pai de seus sobrinhos, Federus e Hest, desde o dia que a sua irmã abandonou a família. O peso dos anos não parece incomodar o velho basilisco e ele se deleita com as disputas internas entre os seus capitães.

Petrias de Castella (Humana, Maga)

A jovem e curiosa Petrias é um prodígio na magia arcana desde a sua infância, tendo sido treinada pelos melhores tutores arcanos que o ouro pode pagar. A sua especialidade é tanto a transmutação como a criação de itens mágicos, o que a torna um dos mais valiosos membros dos Castella. Ela é a filha única de Archibald e os dois compartilham um grande apreço pelos basiliscos.

Sir Luges de Castella, o Cavaleiro de Pedra (Humano, Guerreiro)

O cavaleiro de pedra é o mais antigo capitão dos Castella em atividade e, segundo boatos, ele estava presente no evento que levou à queda da casa. Sir Luges ainda mantém parte da pompa e da educação de um nobre, mas um ódio pétreo pode ser visto em seus olhos quando perguntado sobre o passado. Ele é o principal conselheiro da família e normalmente atua como seu líder na falta do capitão-mor.

Uso em Aventuras

Os Castella são perfeitos antagonistas para aventureiros de nível médio ou maior, eles não tem escrúpulos e estão dispostos a trabalhar para quem tem o ouro necessário para contratá-los. Um outro uso para eles é como parte do background de um dos personagens, que pode até mesmo pertencer a família ou ser um dos inúmeros órfãos adotados por eles.

About Cavaleiro Morto

Mestre de RPG eclético, fã tanto de fantasia medieval como de RPGs Eletrônicos das antigas, e que tem o hábito de levar os seus jogadores a uma TPK.