Raças de Skyrim para 3D&T Alpha

Skyrim ganhou muitos fãs no final do ano passado, e o game vem crescendo em quantidade de jogadores desde então e colecionando prêmios. Bom, você não conhece? Ok. Faremos uma breve apresentação do cenário para que você não fique “perdido” em meio a todo o cenário. Mas antes, um vídeo pra entrar no clima!

História
Skyrim se passa duzentos anos depois dos eventos de Oblivion, na província de Skyrim, no norte de Tamriel. A província irrompeu em uma guerra civil depois que um de seus reis foi assassinado. Paralelamente, o deus Alduin (“Devorador de mundos”, também conhecido em outras partes do Império como o mais importante dos Nove, Akatosh), que assume a forma de um enorme dragão, surgiu para destruir o mundo. O personagem do jogador é um dos últimos “Dovahkiin” (Dragonborn, ou Nascidos do Dragão), que deve derrotar o dragão Alduin para salvar Skyrim da destruição.
Skyrim, também conhecida como “o Reino Antigo” ou “Pátria”, é o lar dos nords. Foi a primeira região do continente Tamriel a ser povoada pela raça humana, que migrou para lá vindos de Atmora, no extremo norte, cruzando o Mar dos Fantasmas. Atmora seria um continente situado a extremo norte de Tamriel, o lugar de origem dos homens conhecidos como neds, os antepassados dos humanos, entretanto, existem pouquíssimas informações sobre Atmora, pois nada foi escrito em linguagem conhecida pelo povo antes da Grande Migração.
A data da Grande Migração é desconhecida, mas ocorreu antes da total proliferação da civilização élfica no continente de Tamriel. De acordo com a lenda, Ysgramor (o primeiro humano a pisar em Tamriel, um guerreiro ned desembarcou em Cabeça de Hsaarik no extremo norte do Cabo Quebrado de Skyrim.
Conta-se que ele e seus companheiros estavam fugindo da guerra civil em Atmora, que na época tinha uma população considerável. Eles chamaram a terra recém-descoberta de Mereth, pois seus estranhos habitantes (os elfos) chamavam a si próprios de mer (em élfico “mer” quer dizer “pessoa” ou “nós”, e era usada pelos elfos para designarem a sua raça, assim como usamos a palavra “homem” para designar toda a raça humana).
Durante muito tempo as relações entre os elfos das neves e os humanos eram relativamente pacíficas. No entanto, os elfos das neves viram que os nords, com sua expectativa de vida muito mais curta, taxas de maturação física e ciclos de reprodução mais rápidos, iriam eventualmente ultrapassa-los se não fossem controlados.
Na época, os humanos eram vistos pelos elfos das neves como seres primitivos, que se assemelhavam a animais, portanto, aos olhos dos elfos não parecia grave impedir a proliferação de uma espécie potencialmente desastrosa e invasiva que iria desestabilizar o ecossistema de Tamriel. Assim, os elfos iniciaram uma campanha genocida para diminuir a população dos humanos, em um ataque noturno foram mortos quase todos os homens na cidade de Saarthal (a capital do primeiro império dos nords, criada por Ysgramor), sobrevivendo apenas Ysgramor e seus dois filhos que voltaram para Atmora, no que ficou conhecido como a Noite das Lágrimas.
Retornando a Atmora, e vendo a tênue paz que se desenvolveu entre as várias facções enquanto estava fora, Ysgramor reconheceu a oportunidade de transformar a sua difícil situação em uma força unificadora da raça humana. Dentro de alguns anos, Ysgramor retornou a Skyrim com um exército conhecido como “Os Quinhentos Companheiros”, composto por heróis da guerra civil de Atmora, que, sem muita resistência, expulsaram os elfos das neves de Saarthal e foram nomeados cavaleiros durante a formação do Primeiro Império. Os elfos das neves foram continuamente perseguidos e escravizados. O restante deles foram viver nas cavernas onde, com o tempo, foram se corrompendo e acabaram se transformando nos falmers que odeiam a raça humana. Os elfos das neves ainda persistiram nas fronteiras de Skyrim até o reinado do décimo terceiro rei da Dinastia Ysgramor, o Rei Harald, no começo da Primeira Era. Rei Harald foi o primeiro a abrir mão das relações com Atmora (até aquele momento os nords de Atmora e de Skyrim eram considerados do mesmo grupo), proclamando que o povo de Skyrim era um povo independente.Todos os humanos de Tamriel são descendentes desses nords, apesar de algumas linhagens sanguíneas serem menos puras. Vrage, “O Talentoso”, foi o rei da Primeira Era Nórdica, e começou a expansão que eventualmente iria levar ao Primeiro Império dos Nords. Nos cinquenta anos de seu reinado, os nords dominaram toda Skyrim e também algumas partes de High Rock, Cyrodiil e as terras dunmers de Morrowind. A aquisição de Morrowind foi particularmente sanguinária, ainda relembrada em Morrowind nos dias de hoje.
Geografia
A região de Skyrim muitas características diferentes tipos de terreno, incluindo tundra, planícies, florestas e montanhas. É a terra mais acidentada no continente; além de conter os cinco dos picos mais altos em Tamriel, Skyrim é também muito frio, e a neve é muito comum. Apenas no oeste existem terras planas, onde a maioria da população reside. O resto do Skyrim é vertical; montanhas, penhascos e vales profundos.

Mapa de Skyrim

Clique para ampliar


 
As cidades de Skyrim
A região tem cinco principais cidades, além de um sem número de pequenas vilas e aldeias espalhadas por todo o reino.
Dawnstar
Junto com Solitude e Winterhold, Dawnstar é uma das cidades mais ao norte de Skyrim. É a capital da terra de The Pale. Trata-se de uma cidade armada, sob lei marcial. É governada pelo Jarl Skald, o Velho, que detesta a Legião Imperial. Aparentemente, Skald apoia o esforço dos Stormcloaks contra o Império.
Falkbreath
Esta cidade no sudoeste de Skyrim fica perto da fronteira com Cyrondiil e também com Hammerfell. É a única cidade de grande porte, sendo assim, capital de seu líder, o Jarl Siddgeir.
Markarth
A cidade mais a oeste de Skyrim. Também é a capital das terras chamadas The Reach, que são governadas pelo Jarl Igmund.
A cidade é dividida em duas: Markarth (onde ficam as casas e lojas) e Understone Keep, onde fica a morada do Jark, os Salões dos Mortos, o Museu Dwemer e o sítio arqueológico de Escavação Nchuand-Zel.
Diferente das outras cidades, Markarth não foi construída com metal, e sim com pedras, devido a abundância das montanhas de Skyrim.
Morthal
Localizada nos pântanos de Hjaalmarch, Morthal fica isolada de outras cidades. Mesmo assim, há tropas do Império aqui, e o líder da região, o Jarl Ravencrone, parece apoiá-las.
Riften
A cidade fica no sudoeste de Skyrim, perto da fronteira com Cyrindiil e Morrowind. Abriga a Guilda dos Ladrões. A população é pobre, e para entrar em Riften o visitante precisa pagar a “taxa dos visitantes”, que varia de acordo com a fama e a experiência de cada um.
Solitude
É o maior centro de influência do Império. Fica bem a nordeste da região, de onde recebe navios de todas as partes do mundo. Todo tipo de negócio, aventura e intriga pode ser encontrado em Solitude.
Whiterun
A cidade é governada pela facção conhecida como “The Companions”, parecida com a Guilda dos Guerreiros de Cyrondiil. O chefe da região é o Jarl Balgruuf, o Grande.
Winterhold
Localizada na costa norte de Skyrim, passa por tempos difíceis. Era tida como uma das principais cidades em termos políticos, econômicos e culturais.
Windhelm
Embora a cidade hoje não tenha o glamour de outras épocas, o palácio da dinastia Ysgramor ainda hoje domina a paisagem do centro da Cidade Velha de Skyrim. Windhelm foi saqueada durante a Guerra da Sucessão e de novo pelo exército akaviri de Ada’Soom Dir-Kamal. O Palácio dos Reis é um dos poucos prédios do Primeiro Império que continua de pé. O Jarl de Windhelm não é ninguém meno que Ulfric Stormcloak.

Fonte: Reprodução / Bethesda


Povos de Skyrim
Todas são Vantagens Únicas, e no mundo de Skyrim, custam 0 pontos cada.

Altmer

Seus poderes com o Arcano ultrapassam os Bretons, e são uma das raças mais inteligentes. São também os mais altos, mas essa grande estatura fisica os deixa consequentemente mais lentos que seus “parentes” Bosmers. Eles residem as Summerset Isles, que ficam ao oeste do resto de Tamriel. Eles ainda mantem a aparência de seus ancestrais, os Aldmer, graças a um processo seletivo de reprodução. Sofrem preconceito dos Nords, principalmente dos Stormcloacks pois Thalmor, um grupo de Altmer proibiu o culto a talos. 

  • Habilidade +1. Os altmers são mais ágeis que os humanos e uma das raças mais inteligentes de Tamriel.
  • Infravisão.
  • Resistência +1 para testes relacionados à doença; anos de reprodução selecionada deram aos Altmer um poderoso sistema imunológico.

Argonian

Os Argonians são provenientes de Black Marsh, região no sudeste de Tamriel, predominantemente composta de pântanos. Apesar de se parecerem répteis, possuem características de anfíbios e peixes, como a respiração embaixo d’água
É uma raça ágil e leal, mas difícil de se ganhar a confiança. Percebe-se isso principalmente pelo pouco que se conhece da raça. Poucas vezes demonstram expressões e até mesmo os gêneros são um pouco misteriosos, sendo algumas vezes mencionados como fases de vida, o que indicaria uma possibilidade de trocarem de gênero durante a vida.
Alguns Nórdicos não confiam nos Argonians, tanto que na maioria não são permitidos a entrar em Windhelm.

  • Resistência à Doenças. Argonianos são resistentes, e recebem +2 em Testes de Resistência para doenças.
  • Anfíbio. Podem respirar em baixo d’água como uma habilidade comum.
  • Histskin. Como habilidade natural da raça, uma vez por dia podem utilizar a vantagem Energia Extra.

Nord

Grandes navegadores e incrivelmente resistentes ao frio, os Nords são os humanos do norte, referência explícita à cultura Nórdica. São conhecidos também por sua aptidão em combate, tanto como soldados, ou como mercenários.
Os nords compõem a maior parte do povo de Skyrim, principalmente no grupo dos Stormcloaks.

  • Resistência ao Frio. Nords recebem +2 para testes de Resistência relacionados ao frio não-mágico.
  • Grito de Batalha. Uma vez por dia, um nord pode utilizar um grito quando em combate capaz de afugentar os inimigos. Os alvos devem fazer teste de Resistência -2, e em caso de falha, correrão do combate.

Imperial

Conhecidos pela disciplina e respeito às leis, os educados Imperiais são nativos da província Cyrodiil, lar do civilizado Empire. São considerados uma raça com foco na diplomacia e comércio. Apesar de não possuírem características de força como as outras raças, seu exército é famoso pela habilidade da Infantaria leve.
O resultado desta combinação de qualidades é a hegemonia que perdura há eras.

  • Sorte Imperial. Uma vez por dia, um Imperial pode repetir um teste de característica que resultou em falha, pelo custo de 1 PE.
  • Voz do Imperador. Os aliados do Imperial durante uma batalha, se sentem mais confiantes. Uma vez por dia, pode utilizar esta habilidade. Os aliados do Imperial são imunes à magia Pânico e recebem +2 para testes relacionados a concentração, durante um combate.

Manmer

Os Manmer, ou Bretons, são os descendentes humanos dos Aldmeri-Nedic Manmer da Era Merethic e agora habitam a região High Rock, uma região dividida politicamente. Apesar da divisão política, são unidos em cultura e língua.
Com uma certa proficiência natural no campo de magias, os Breton podem ser magos eficazes, principalmente conjuradores. Apesar de possuírem ascendência élfica, são na realidade muito mais parecidos com Nórdicos e Imperiais, porém menos musculosos, geralmente.

  • Resistência à Magia. Idem a vantagem de mesmo nome.
  • Pele de Dragão. Uma vez por dia, durante um combate, você converte em PMs recuperados metade de todos os PMs gastos para conjuração das magias hostis.

Khajiit

Provenientes de Elsweyr (não sei se é proposital, mas a pronúncia pode parece com elsewhere, que em inglês significa ‘de outro lugar’), os humanóides felinos são chamados de Khajiit. Apesar de não possuírem aptidão para magia, os Khajiit são muito eficientes como ladrões e acrobatas por possuírem uma agilidade superior às outras raças.

  • Garras. Recebe FA+1 quando luta desarmado.
  • Infravisão.

Dunmer

Conhecidos como High Elves pelos imperiais, os Altmer são os elfos arrogantes da pele dourada, provenientes de Summerset Isle. Eles se consideram os mais cultos e civilizados de toda Tamriel, principalmente porque todas as linguagens e a maioria das formas de arte imperial são provenientes de suas tradições.
São a raça mais inteligente e longévida, com o maior talento nato para mestrar a magia.

  • Magia e Vida no Sangue. O Altmer recebe vantagem Pontos de Magia Extra x1 e Pontos de Vida Extra x1

São essas as raças. Foi divertido desenvolver as habilidades delas e conhecer um pouco de todo este cenário. Espero que curtam!
Fonte: http://www.guiaskyrim.com.br/

LIPE SOARES, que ainda não começou a jogar, mas se sente lá!

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Osh disse:

    massa, ficou bem feito ;D

  2. Daniel disse:

    Dunmer não são os Dark Elves? E eles não deveriam ter Resistência ao Calor?
    Altmer que são os High Elves.

  3. Danilo Paiva disse:

    Muito bom mesmo!
    Já passou por minha cabeça em fazer um rpg de Skyrim baseado em 3D&t, mais por falta de mapas eu cheguei ate desistir, porque sou muito perfeccionista e não deixar passar nada.
    Seria ótimo juntar aquela galera que participou da Aliança Negra para 3D&t e a galera que ainda joga, para criar aventuras, aprimorar o sistema de 3D&t para Skyrim.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: