3D&T e a Música, ou: como trazer a música para seus jogos!

Hoje em dia, o RPG expandiu suas áreas de atuação, não limitando-se somente a mesas com dados e fichas (sendo o tradicional e o clássico xD): cartas de baralho, fichas de apostas, tabuleiros intrincados e outras bugigangas ajudam a tornar uma sessão de RPG bem única e divertida, deixando os jogadores ainda mais inseridos dentro do cenário e ajudar na imaginação das cenas. Dependendo do tipo de jogo, até fantasias são válidas! Hoje não precisaremos chegar a tanto.

Às vezes não são necessários tantos apetrechos para uma boa história, até pela demanda que eles necessitam, mas um recurso interessante e fácil de ser conseguido e usado pode tornar os momentos de campanha inesquecíveis: quem nunca colocou uma trilha sonora em suas campanhas levante a mão (o/)! O post de hoje vai falar um pouco sobre o uso da música na sua mesa de 3D&T, e como fazer dela um fator tão divertido quanto rolar dados e definir os poderes destruidores de mundos que só os nossos Defensores possuem! Então, let’s rock!

A Música e a Campanha: quando e como utilizar?

Usar trilhas sonoras, playlists, albúns e quaisquer outras formas de reprodução sonora numa sessão de RPG ajuda a manter o clima dentro da aventura, desde que seja bem organizada e colocada nas horas certas. Assim como nos filmes em que a escolha certa de efeitos sonoros e músicas estejam de acordo com o momento transmitido, no RPG também existem estes momentos de tensão, onde uma música soturna ou efeito épico transmite ainda mais a sensação de estar em uma aventura.

Brutal Legend: uma excelente história regada a puro Rock' n Roll

Brutal Legend: uma excelente história regada a puro Rock' n Roll

As músicas podem variar de acordo com o tipo de campanha, mas vamos nos focar nos temas abordado no sistema dos Defensores. Certo, 3D&T é um sistema genérico, logo cobre quase todos os tipos de campanhas possíveis, do drama ao horror, e tudo o mais, mas deve-se lembrar que ele é baseado em animes, mangás e games, que normalmente elevam estas séries a níveis bem absurdos! Portanto, seus efeitos sonoros, músicas devem seguir este patamar.

 

A dica ideal é procurar Trilhas Sonoras e grupos musicais que você acredite ter haver com a campanha. Algumas bandas podem ser consideradas “universais”, pois suas músicas podem ser usadas em todo tipo de aventura. Mas o interessante é procurar grupos cujo estilo realmente parecido com o de sua campanha. Outra dica importante é procurar grupos com gosto em comum entre mestre e jogadores, para não haver discussões desnecessárias, e neste âmbito, somente seus grupos podem fazer as melhores dicas e sugestões.

Vou colocar aqui uma rápida lista de bandas e trilhas sonoras de filmes e animes que conheço para vocês utilizarem em alguns gêneros de campanhas:

Medieval: Blind Guardian, Angra, Within Temptation, Dream Theater, Led Zeppelin, Record of Loddos War OST, The Twelve Kingdom OST, Claymore OST, Rurouni Kenshin OST, O Senhor dos Anéis OST, Dire Straits, Silverchair;

Gótico: Three Days Grace, Nine Inch Nails, The Cure, Nightwish, Alice Cooper, Marlyn Manson, Anjos da Noite OST, Entrevista com o Vampiro OST, Blood+ OST, Vampire Knight OST;

Futurista: Weezer, P.O.D, Star Wars OST, Eu Robô OST, Megaman OST, Gundam Wing OST, Xenogears OST,

Artes Marciais: Audioslave, Foo Fighters, Nirvana, Pearl Jam, Naruto OST, Bleach OST, Hajime no Ippo OST;

E se você têm dicas e sugestões, não hesite em enviar (inclusive para este que vos escreve)!

Efeitos em Jogo

Preparando toda a trilha sonora suficiente para uma aventura, ou campanha, o mestre pode considerar tais efeitos como fatores relevantes em mesa ou não. Mas como assim? Como efeitos narrativos podem ser levados em conta para uma aventura em regras? Na verdade, nenhuma, pelo menos mecanicamente falando. Exceto para testes da perícia Artes, usar músicas como efeitos mecânicos não é plausível, pelo menos em 3D&T. Mas e se tentarmos?

O que me vem à cabeça enquanto escrevo esta matéria são campanhas em que a música é parte fundamental dela, onde seus efeitos são importantes para um bom desenrolar (e neste sentido, eu indico sem medo nenhum de errar o netbook RockBand do BURP, que está aqui em 3D&Teca). Outra dica interessante é trazer algumas músicas como algum efeito de magias sonoras, como maneiras de reproduzir o som realizado por um bardo ou músico em mundos modernos (veja abaixo em personagens músicos para maiores detalhes).

Mecanicamente falando, a menos que você crie regras variantes, como no suplemento citado acima, a música deve ser mais usada como elemento narrativo do que ter efeitos em regras.

Personagens Músicos

Iconizados pelos bardos, os eternos viajantes de planícies acompanhados de seus bandolins, harpas e outros instrumentos musicais, personagens músicos podem se tornar uma variante interessante nas campanhas, como um personagem dramático tanto do ponto de vista positivo, como grandes animadores da moral do grupo, como negativo, compondo baladas melancólicos e apocalípticas.

Combinando com alguns dos gêneros citados acima, os músicos podem ser um fator interessante, e até crucial para campanha. Em mundos medievais, eles serão o único entrenimento em tavernas e praças nas cidades; em cenários mais góticos, suas composições serão mais profundas e fatalistas, podendo ser um elemento mais ao fundo de cena, como uma peculiaridade de um personagem, do que a estrela do cenário; histórias em mundos futuristas e das artes marciais eles serão apenas figuras curiosas e até estranhas em meio aos lugares onde vivem.

Em uma equipe de heróis, o músico ocuparia uma posição parecida com a do ladino, onde suas funções cobrem as lacunas da espada e da magia. Em alguns casos, podem até ser auxiliares de magos e lutadores à longa distância, com suas composições que causam fúria e medo aos seus inimigos. Muitas são as ideias a serem exploradas.

É isso galera. Espero que as poucas dicas tenham ajudado a pensar na ideia da música na campanha, ou abrir uma discussão para ampliar este tópico. Até breve xD.

Imagens: Leti03, EA Games

 

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Olá. Vim parar aqui por tê-lo seguindo o @Tarotetc, e devo lhe dizer que é um excelente espaço!!! Não tenho mais jogado RPG por falta de grupo, mas certamente fiquei inspirado em buscar um grupo novo, passando por aqui. Forte abraço!

  2. Rafael disse:

    Cara, muito interessante esse assunto. Eu já usei trilha sonora e ficou muito bom, eu joguei Naruto e usei as músicas de naruto, minha preferida é Battle music!.
    Fica muito bom mesmo, eu recomendo.

  3. Anão Defensor disse:

    Eu pensei na matéria enquanto tava planejando numa campanha de matrix, em que veio uma música do Nine inch nails na cabeça, e achei muito maneiro xD.

  4. The Fils disse:

    Não sei se a ideia parece maluca mas acho que Evanescence seria uma trilha ideal tanto pra Campanhas Medievais quanto Góticas.
    Na minha opinião ela cairia como uma luva na campanha da Libertação de Valkaria.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: