Iniciativa 3D&T – Natal

Os Espíritos do Natal

A Iniciativa 3D&T segue a mesma linha de várias outras iniciativas voltadas para sistemas de RPG. Ou seja, um bando de desocupados amigos se reúnem em torno de um único tema ou idéia e desenvolvem material de jogo. No nosso caso, os textos são para o 3D&T Alpha, ou pelo menos, algo vagamente relacionado com o mesmo. Alguma dúvida que o tema da vez seria Natal?

Como estou bastante ocupado e atrapalhado em vários sentidos, vou me aproveitar covardemente de um texto da wikipédia sobre um livrinho que, caso ainda não tenham lido, devem conhecer de algum filme ou adaptação. Trata-se do famoso Conto de Natal, de Charles Dickens, onde o rabugento Ebenezer Scrooge é visitado por três espiritos, dos Natais Passados, do Natal Presente e dos Natais Futuros. Segue um resumão:

Ebenezer Scrooge ? um homem avarento que não gosta do Natal. Trabalha num escritório em Londres com Bob Cratchit, seu pobre, mas feliz empregado, pai de quatro filhos, com um carinho especial pelo frágil Pequeno Tim, que tem problemas nas pernas.

Numa véspera de Natal Scrooge recebe a visita de seu ex-sócio Jacob Marley, morto havia sete anos naquele mesmo dia. Marley diz que seu espírito não pode ter paz, já que não foi bom nem generoso em vida, mas que Scrooge tem uma chance, e por isso três espíritos o visitariam.

O primeiro espírito chega, um ser com uma luz que emanava de sua cabeça e um apagador de velas embaixo do braço à guisa de chapéu. Este é o Espírito dos Natais Passados, que leva Scrooge de volta no tempo e mostra sua adolescência e o início da sua vida adulta, quando Scrooge ainda amava o Natal. Triste com as lembranças, Scrooge enfia o chapéu na cabeça do espírito, ocultando a luz. O espírito desaparece deixando Scrooge de volta ao seu quarto.

Espírito dos Natais Passados
F0 H3 R1 A0 PdF0
5pvs 5pms
Fantasma, Magia Elemental (Espírito), Ponto Fraco (a luz na cabeça)

O Espírito dos Natais passados é capaz de Viajar no Tempo ainda que não possa afetá-lo diretamente juntamente com outras pessoas como se estivesse sob efeito da magia Visão do Passado Distante sem qualquer custo em PMs. Ele conhece instintivamente os segredos mais ocultos de cada um e pode utilizar-se disso para causar-lhes um poderoso sentimento de remorso e culpa. Testes de Resistência contra os efeitos das magias do Espírito são realizados com um redutor de -3.

O segundo espírito, o do Natal Presente, é um gigante risonho com uma coroa de azevinho e uma tocha na mão. Ele mostra a Scrooge as celebrações do presente, incluindo a humilde comemoração natalina dos Cratchit, onde vê que, apesar de pobre, a família de seu empregado é muito feliz e unida. A tocha na mão do espírito tem a utilidade de dar um sabor especial a ceia daqueles que fossem “contemplados” com sua luz. No fim da viagem, o espírito revela sob seu manto duas crianças de caras terríveis, a Ignorância e a Miséria, e pede que os homens tenham cuidado com elas. Depois disso vai embora.

Espírito do Natal Presente
F5 H3 R4 A2 PdF0
20pvs 20pms
Modelo Especial, Boa Fama, Magia Elemental (Água), Assombrado (por Ignorância e Miséria), Arma Especial – Tocha da Alegria.

O Espírito do Natal Presente é um poderoso gigante de aspecto bonachão e sorridente. Nunca se deixa abalar pela tristeza, e sente-se especialmente feliz em tornar os outros mais alegres. Possui um item mágico chamado A Tocha da Alegria, capaz de encantar os alimentos. Ingerir alguma coisa que foi abençoada por esta luz recupera todos os pontos de vida e magia imediatamente.

O terceiro espírito, o dos Natais Futuros, apresenta-se como uma figura alta envolta num traje negro que oculta seu rosto, deixando apenas uma mão aparente. O espírito não diz nada, mas aponta, e mostra a Scrooge sua morte solitária, sem amigos.

Espírito dos Natais Futuros
F0 H0 R0 A0 PdF0
1pv 1pm
Fantasma, Invulnerável a Força e Poder de Fogo, Magia Elemental (Espírito), Maldição (Incapaz de falar), Imortal.

O Espírito do Natal Futuro é apenas um espectro vestido com uma mortalha sem rosto ou voz. Em meio a treva que é seu corpo, apenas uma mão pálida e translúcida aponta na direção em que deseja mostrar. O Espírito tem a capacidade de predizer o futuro de uma pessoa se ela continuar agindo da mesma forma, guiando-lhe pelo caminho até o dia de sua própria morte. Talvez por isso (por conhecer a data da morte de todas as pessoas) é que ele seja mudo, incapaz de revelar tal coisa (ele não contaria de qualquer maneira, é um insensível, esse garoto). Uma vez conhecido, o Futuro pode ser alterado pela pessoa que recebeu a visão meramente agindo de outra forma.

Após a visita dos três esp?ritos, Scrooge amanhece como um outro homem. Passa a amar o espírito de Natal, e a ser generoso com os que precisavam, e a ajudar seu empregado Bob Cratchit, tornando-se um segundo pai para Pequeno Tim. Diz-se que ninguém celebrava o Natal com mais entusiasmo que ele.

Utilizando os Espíritos em Campanha

Mesmo que não haja natal em seu mundo de jogo, seria interessante mostrar os erros do passado e um provável e triste destino aos seus jogadores em qualquer momento da história, para que estes possam tentar mudar seu próprio futuro. Apesar de possuírem alguns poderes estranhos, a idéia por detrás dos personagens não é o confronto direto, e sim as possibilidades narrativas que as visitas sobrenaturais permitem.

E é isso, Feliz Natal pra turma toda =)

Outros Artigos Sobre Natal

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: