Iniciativa 4e: A Vingança do Apanhador de Ratos

Hoje é sexta-feira, dia dos artigos da Iniciativa 4e! Onde você encontrar o selo ao lado, esteja certo que encontrará material escrito e revisado para a 4ª edição do D&D, com posts conjuntos, temáticos, a cada quinzena.
O tema dessa semana é Fadas/Contos de Fadas. E para esse tema eu resolvi criar uma idéia de encontro/proto-mini-aventura bem legal.

YANN RECHSTEINER FOI UM JOVEM APANHADOR DE RATOS NASCIDO NA INFESTADA CIDADE DE OBERENGSTRINGEN, A PRINCIPAL EXPORTADORA DE GRÃOS DA REGIÃO. Filho de uma família humilde, ele sempre trabalhou muito duro para conseguir sustentar seus pais doentes. Infelizmente, graças à praga de ratos que assolava sua cidade natal, sua família foi vitimada pela peste bubônica.
Sem ter mais raízes em Oberengstringen, Yann aceitou o convite de um bardo andarilho e seguiu este para tornar-se também um menestrel. Durante seu período de aprendizado o jovem descobriu ser capaz de encantar pequenos seres com sua música e fazê-los seguirem-no. E logo percebeu que isso poderia ser uma esperança de limpar a cidade de Oberenstringen da terrível infestação de ratos que a assolava por tanto tempo.
Yann retornou à cidade e conversou com seus líderes. Ofereceu seus serviços a eles em troca de uma grande soma em dinheiro. Nada mais justo pela solução de um problema tão atroz. Os líderes aceitaram, e então o jovem menestrel fez aquilo que fazia de melhor: usou a música de sua flauta para encantar os ratos e levá-los para fora de cidade. Por horas ele tocou e tocou, cruzando as ruas de Oberengstringen e juntando uma quantidade inacreditável de ratos encantados pela música.
Fora da cidade e liderando a marcha dos ratos da cidade, Yann levou-os até um rio, hoje conhecido como Rio dos Ratos, onde os pequeninos afogaram-se todos, ainda hipnotizados pela música.
Mas quando Yann voltou para exigir o pagamento, a aristocracia local negou-lhe qualquer centavo que fosse.
Enfurecido, Yann voltou à cidade de madrugada e tocou mais uma vez sua música. Uma melodia doce e suavel, que embalou ainda mais o sono dos cidadãos de Oberengstringen. Entretanto, esta mesma melodia encantou e atraiu todas as crianças da cidade. A exceção foi um menino surdo, que não sofreu os efeitos da música, mas ainda assim acordou a tempo de ver seus amigos caminhando pelas ruas da cidade.
Este menino acordou seus pais, que imediatamente saíram às ruas acordando seus vizinhos num levante para recuperar as crianças da cidade.
Mas a esta altura Yann e as crianças já estavam longe. Ele havia levado-as até uma caverna, onde as manteria de reféns enquanto negociava um resgate com a cidade.
A sorte foi uma menininha aleijada, que os adultos encontraram andando com suas muletas já bem fora da cidade. Eles a seguiram até a caverna, onde encontraram as crianças e seu seqüestrados. Enfurecidos e armados com suas ferramentas de trabalho (ancinhos, foices e porretes de pilão), os cidadãos de Oberengstringen espancaram o apanhador de ratos até a morte, recuperaram as crianças e voltaram para morar em sua cidade livre de ratos.
Este foi o fim da história do apanhador de ratos.

A Hora da Vingança

Mas alguma coisa sobreviveu àquele ataque dos cidadãos. Uma porção de Yann não foi destruída. Alimentando-se da sede de vingança ao longo dos anos, dentro da caverna a essência do apanhador de ratos foi fortalecendo-se. E agora, uma geração completa depois de sua morte, quando as crianças de Oberengstringen já possuem seus próprios filhos, Yann voltará para exigir sua vingança.

Yann (Assombração)
Controlador Nível 7
Animado Médio de Sombras (morto-vivo)
XP 300
Initiativa +6 Sentidos Percepção +12; visão no escuro
PV 77; Sangrando 38
CA 21; Fortitude 19, Reflexos 19, Will 20
Imune a doencas, venenos; Resistência 10 a necrotico, insubstancial; Vulnerável 5 radiante
Deslocamento vôo 6 (planar)
Toque da Decadência (padrão; à vontade) * Necrótico
+12 vs CA; 1d8 + 5 de dano necrótico e o alvo é enfraquecido (save ends).
Dominação (padrão; à vontade)* Psíquico
À Distância 5; +11 vs Vontade; 1d8 + 5 de dano psíquico, e o alvo fica dominado até o final do próximo turno do flautista.
Sacrificar Inocente (Interrupção Imediata, Recarrega 5,6) * Charm
Se há uma criança adjacente ao flautista quando este recebe um ataque, ela se colocará na frente, a fim de proteger o flautista. Qualquer criança que receba 13 de dano ou mais desta forma será considerada morta.
Tendência: Caótico e mal Idioma: Comum
Perícias: Blefar +12, Furtividade +9
For 16 (+6) Des 16 (+6) Sab 13 (+4)
Con 13 (+4) Int 13 (+4) Car 19 (+7)

Yann agora é uma assombração. Numa madrugada ele irá cantar uma melodia similar à que tocou quando atraiu as crianças da geração anterior. Uma vez encantadas, as crianças seguirão para a caverna e passarão a brincar por lá. Nada será capaz de tirá-las do transe.
Lá na caverna ele aguardará a chegada dos cidadãos (ou um grupo de aventureiros de 3º a 5º nível enviado pela cidade). Onde está pronto para matá-los, junto com as crianças da cidade, em retaliação pela injustiça que sofreu há mais de vinte anos.
Yann é apenas um dos componentes deste encontro, que o mestre deverá terminar de preencher com animais da floresta que ele possa ter encantado (leve em conta os poderes e habilidades de seu grupo na hora de equilibrar este encontro).

Outros Artigos da Iniciativa 4e #10:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: