Encontro Internacional de RPG é cancelado

O Encontro Internacional de RPG (EIRPG) não acontecerá este ano. O evento acontecia anualmente desde 1993, e em 2009 teria sua 17ª edição. O EIRPG era um marco do “cenário RPGista” brasileiro e, em seu auge, chegou a ser considerado o segundo maior evento de RPG do mundo (atrás apenas da GenCon, realizada nos Estados Unidos). Diversos convidados internacionais importantes passaram pelo Parque do Ibirapuera, Mart Center e, finalmente, pelo Colégio Marista Arquidiocesano de São Paulo, locais onde o evento foi realizado ao longo dos anos. O público do evento chegou a mais de 10.000 pessoas em uma mesma edição.
Isso, no entanto, em sua época áurea. Nos últimos anos, o evento vinha diminuindo,  com cada vez menos atrações e, principalmente, menos público. A 14º edição, de 2006, aconteceu no mesmo fim de semana de um evento de anime — que foi a escolha da maior parte do público jovem. Quando o Brasil foi eliminado da Copa do Mundo pela França, havia poucas pessoas no Colégio Marista para ficarem tristes. Desde então, o evento só encolheu. A edição de 2009 já estava ameaçada, e levantava suspeitas à medida que o meio do ano se aproximava e a Devir não liberava nenhuma informação sobre a realização do evento. Houve uma série de boatos — um deles, de que o evento seria terceirizado — mas enfim, a confirmação veio em uma mensagem de um colaborador da editora paulista. O evento deste ano realmente não será realizado. Entretanto, esta situação não é resultado de nenhuma espécie de crise generalizada no mercado brasileiro de RPG, mas de problemas internos à própria empresa.
Não foi a primeira atividade da Devir cancelada este ano. Só na data de hoje, 9 de maio de 2009, além do EIRPG, a editora paulista cancelou também os torneios de pré-lançamento e os Launch Party de Alara Reunida, a mais nova coleção de Magic: The Gathering. Provavelmente não será a última.

Você pode gostar...

50 Resultados

  1. John Diamond disse:

    EU JÁ SABIA.

  2. Rafael disse:

    Putz… acordei de madrugada para dar uma olhada nas novidades, e aparece isso. Fico triste…

  3. Jorir, o Lich disse:

    Tão mortos quanto eu…

  4. Embaixador Persa disse:

    THIS IS MADNESS!

  5. Leônidas disse:

    MADNESS? MADNESS? THIS IS DEVIR!!!

  6. Gustavo Brauner disse:

    Pena. Era um evento tradicional…

  7. Pinocchio disse:

    Eu ouvi dizer que tudo isso é uma conspiração. O EIRPG 2009 VAI ACONTECER, SIM!
    E digo mais, vai ser o melhor evento de RPG do Brasil 🙂

  8. Rey_Ooze disse:

    Bem que a Jambô, que não está em crise podia bancar um evento daquele porte pra galera. O Gui ia rachar de ganhar dinheiro, pq esses eventos dão lucro á pampa.

  9. Jamil disse:

    Ok, isso parece MESMO um hoax. Principalmente com comments bizarros como o do "Pinocchio".

  10. Sahib Bahuan disse:

    Are baba! Mas onde estão as lamparinas do juízo da Devir? Tic, tic…
    Só podia ser coisa de Dalets!!!
    E minha oportunidade de conhecer as firangs estrageiras foi pelos ares.
    Isso não é auspicioso…

  11. Tiago Lobo disse:

    Olha Rey_Ooze, eu não sei sobre a Jambô, mas eu quero, faz tempo, produzir eventos de RPG em SP, RJ e MG. Agora me parece um bom momento, mas vamos aguardar um parecer oficial da Devir.

  12. Tek disse:

    Não cara, infelizmente não é. Até porque a fonte é o Jaime e ele não ia pisar na bola com a galera.
    O grande problema é não vir por canais oficiais da Devir, mas até aí sempre foi assim…

  13. Moreau do Bode disse:

    Só pode ser zica!
    No ano que minhas aulas acabam antes do evento, no ano que minha mãe iria bancar minha viagem, no ano que meu irmão começou a morar a uns 10 minutos do Arquidiocesano… E o evento não vai acontecer T.T

  14. Tsu disse:

    NÃÃÃÃÃÃÃÕOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO…..

  15. Armageddon disse:

    Bahuan, Pinóchio, Leônidas… putz, teu blog tá mesmo com uns leitores famosos, hein Nume? XDXDXD

  16. Quer saber? Já vai tarde, o rei está morto, vida longa ao rei.
    Se tem mesmo esse público todo a fim de um encontro, outro tomará o lugar do EIRPG. Senão, não há nada o que fazer.
    Sou totalmente a favor de renovações. Coisa que dura por anos e anos sempre acaba ficando previsível mesmo.

  17. Pyromancer disse:

    Maldita Devir, Maldita Devir, Maldita Devir, está acabando com a minha vida. Destruiu Magic, Destruiu Pokémon, Destruiu D&D, Destrói RPG… Porra Almir!

    • Douglas3 disse:

      Magic e Pokémon são card games. Quem acabou com a viabilidade deles foi a Receita Federal. Dungeons & Dragons retorna dia 23 de maio, no dia Mundial de D&D.
      E você não precisa da Devir para jogar RPG.

  18. Triste. Muito triste
    Pelo jeito o Tche vai ser o maior encontro do pais agora…

  19. Jaime_Daniel disse:

    E quem disse que não haverá mais encontros em São Paulo??? 😉

  20. Wallace disse:

    Bem, eu estou pensando seriamente em montar um evento em Sao Paulo ainda este ano. Se a Devir não vai fazer o evento, eu estou pensando em montar algo.

    • Jaime_Daniel disse:

      Envento do porte do EIRPG não deve acontecer em lugar nenhum do Brasil, este ano… se fosse, teria que começar a divulgar agora…
      Wallace, vai em frente que se eu puder ajudar, ajudo! Como disseram em outro lugar, não sou de ficar embaixo do edredon… 🙂

  21. Tiago Lobo disse:

    Shingo, eu acho que não vai. Não podemos esquecer do ERPGA, que acontece em Araquara e me parece muito bem organizado. Inclusive a galera *ainda* tem duas opções: ou vir pro Tchê ou ir pro ERPGA. Viram, a coisa não está tão feia assim 😉

  22. Tiago Lobo disse:

    Ninguém disse, mas esse ano eu acho improvável que role um evento do porte do EIRPG em SP.
    E tem outra coisa: o Internacional não aconteceu esse ano, não quer dizer que ano que vem ele não possa acontecer.

  23. Jaime_Daniel disse:

    Relaxa, Tiago! Eu entendi…
    O que eu quis dizer é que realmente algo como o EIRPG não rola, mas nada impede uma tentativa de algo diferente. Acho que já tá passando da hora de se tentar um novo evento, com novas idéias… 😀

  24. Tiago Lobo disse:

    "Envento do porte do EIRPG não deve acontecer em lugar nenhum do Brasil, este ano… se fosse, teria que começar a divulgar agora…"
    Concordo contigo Jaime, isso é um fato.
    Mas o que eu disse foi que em SP não vejo possibilidades de, ainda esse ano, surgir um evento do porte do EIRPG. Até pode aparecer um outro evento, mas preencher a lacuna do EIRPG é uma tarefa complicada, acho muito improvável que isso, um dia, aconteça. Em outras cidades é senso comum que isso, atualmente, é impossível.

  25. renatorecife disse:

    O revoltante é esperarem 2 meses antes do encontro pra informar que não vai haver.
    Eu já estou com passagens compradas e hotel reservado =S a sorte é que me programei pra passar cerca de 10 dias em SP, não ia só pelo encontro mas também pra conhecer a cidade e alguns amigos de orkut, fóruns e blogs então não vai ser um desperdício de dinheiro, mas o ponto alto da viagem pra mim seria o EIRPG.
    Ontem eu passei numa livraria e quase comprei o livro Antagonistas pra usar com o WoD, mas aí pensei "eu é que não dou mais um único centavo para essa empresa", prefiro pagar mais caro importando livros de D&D e WoD do que dar um único centavo do meu dinheiro suado para uma empresa que não tem nenhuma consideração pelo seu público, quando digo isso não me refiro somente ao cancelamento do encontro (esse fato foi pra mim a gota d´água) mas ao fato das péssimas traduções, os preços elevados, a falta de atualizações do site e do blog (esse último é uma verdadeira piada), o descaso total na comunicação com o cliente (quem já tentou dar uma opinião, fazer uma crítica construtiva ou simplesmente fazer uma pergunta por e-mail ou pelo blog sabe disso), o D3 sempre foi acessível na medida do possível, mas ele não fala pela empresa e agora nem está mais responsável pelo D&D.
    Eu pelo menos não comprarei mais NADA da Devir, tudo que quiser do D&D 4ed ou do WoD eu vou comprar pela Amazon, em português só material da Jambô.

    • Jaime_Daniel disse:

      Olha, como isso me afeta indiretamente, vou responder:
      O blog NÂO É uma piada. Eler responde as perguntas do Mundo das Trevas sim. Tanto que até críticas são colocadas lá, como no caso do livro de Lobisomem com cadernos trocados. O fato de dúvidas de D&D não serem esclarecidas é OUTRO problema, causado pela troca de editores. Já o atraso na resposta do Mindo das trevas é por causa de uma licença-Marternidade, que só acaba daqui a dois meses, e mesmo assim esta sendo atualizado. E TODOS os e-mails de Storytelling são respondidos, mesmo alguns mal educados. Não quer dar dinheiro para editora é um direito seu, e exerça-o! Mas não vem atirando pra qualquer lado porque foi prejudicado. Atire no alvo certo! 🙂

      • renatorecife disse:

        OK Jaime, me expressei mal e reconheço isso, a parte de WoD é BEM DIFERENTE da de D&D.
        Caso a editora do WoD dê uma olhada por aqui, eu formalmente peço desculpas pelo meu comentário generalizado sobre o blog.
        Mas cara, com mudança de editor ou não, o mínimo que a editora podia fazer é dar satisfação aos seus clientes, da linha WoD eu comprei apenas o módulo básico meu foco sempre foi o D&D, tem um comentário meu no tópico Casa de Vidro (muito educado e cortês, diga-se de passagem, bem diferente do que escrevi aqui) que está DESDE FEVEREIRO esperando moderação, caramba será que mesmo com a troca de editor não dá pra alguém chegar e dizer aos clientes o que está acontecendo, o blog (pelo que entendi, se estiver errado por favor corrijam-me e desculpem-me) deveria ser um canal de comunicação com o público, mas é pelos blogs de RPG que a gente fica sabendo das coisas, o cliente que não acompanha os blogs de RPG e só olha o site e blog da Devir deve estar até agora sem saber da mudança de editor, da previsão de lançamento do LdJ 4ed no dia 23 e o pior, sem saber do cancelamento do EIRPG

  26. Wallace disse:

    Renato, eu acho que você está certo mesmo. Se a Devir trata os seus clientes de qualquer forma, nada mais justo que você não comprar o material dela. A história está cheia de casos de empresas que ignoraram seus clientes e morreram afogadas na própria arrogância.
    Se o pessoal, por exemplo, boicota o 4E a Devir vai sentir um pouco mais isso tudo.
    E lembre-se que muitos quadrinhos também são deles, então, um boicote precisa ser um pouco mais amplo. Rs.

  27. Tiago Lobo disse:

    Gente, eu acho o seguinte: a Devir é uma empresa. Todo mundo concorda com isso, ok?
    Empresas possuem questões financeiras e administrativas que impedem determinadas ações. O que eu percebo é que o pessoal que trabalha na editora, ou colabora com ela tem muito boa vontade de traduzir os livros, lançar nas datas anunciadas que a editora estipula e etc. Mas a empresa, como um todo, não dá esse suporte pros seus funcionários. Então o pessoal passa por mentiroso e a Devir acabou virando piada com o tempo.
    Os livros são traduzidos, editados e diagramados. Mas parece que o problema todo é ter grana pra mandar pra gráfica e fazer uma tiragem que venda seus 30%, não seja muito cara para o consumidor e não dê prejuízo.
    Mas pra deixar claro essa a minha opinião pessoal, baseada no meu "achismo e especulacionismo".

    • renatorecife disse:

      Você disse tudo Tiago, a Devir é uma empresa e qualquer empresa eficiente e de qualidade sabe que seu bem mais precioso é o cliente, se o cliente está satisfeito ele consome e faz propaganda de graça, se ele está insatisfeito não consome e faz propaganda negativa.
      A impressão que tenho (veja bem, estou falando de impressões pessoais) é que a Devir "se garante" no fato de ter os direitos sobre as duas principais linhas de RPG (D&D e WoD), se o RPGista não tem domínio do inglês e não tem recursos pra importar livros ele tem que comprar os livros da Devir para poder jogar, então ela não se preocupa em dar um bom atendimento porque se você não comprar dela não poderá comprar de mais ninguém.
      Não tenho nada contra os funcionários da Devir como pessoas, o D3 e a editora do WoD (cujo nome não sei) parecem ser bons profissionais e preocupados em manter uma boa relação com o público, mas como você disse não recebem suporte da empresa.

  28. Se vocês pretendem fazer algum evento no Rio de Janeiro (sou carioca e moro aqui, ainda) procurem a Gibiteria (http://www.gibiteria.com.br), no Centro do Rio. Eles estão com planos de eventos regulares no Rio, aproveitando que foram os primeiros realizadores das RPGRio`s a mais de 10 anos!!!
    Quanto ao problema da Devir, comentei em meu blog, indicando este post, e acredito que o trabalho da Jambô, primeira concorrente de peso e qualidade, e a taxação dos cards como binquedo, devem ter dado duas boas pancadas na Devir!

  29. Ohama disse:

    Caras tantoo Jaime do Terra do Nunca quanto o silvio do roleplay.com.br falaram disso faz tempo. Basta ir la ler o que rola, noticia antiga essa ja, alias no site do jaime ou do silvio eles ate falam de algumas boas alternativas. vamos la ver,moscada!

  30. Jaime_Daniel disse:

    Salve!
    Eu acho que não consegui inseriri meu comentário, então vai de novo…
    Wallace, Leandro Delmanto trabalha com quadrinhos a mais tempo que qualuqer um aqui é jogador de RPG. Eu tenho 40 anos e desde menino leio quadrinhos com o nome dele na equipe.
    Ele se desdobra para conseguir licebnças de quadrinhos importados difíceis, trabalha com vários quadrinistas brasileiros, coleciona prêmios HQMix todo ano com seu trabalho na Devir… e o que vc diz é que o trabalho dele deve ser boicotado por causa das besteiras que alguem fez e que nada tem a ver com a área em que ele sua pra fazer um trabalho decente?
    Não, isso não me parece nada justo, mas cada um com seu modo de pensar…

    • Nume Finório disse:

      Pô, eu acho o trabalho com quadrinhos da Devir bem legal, especialmente os álbuns que vez ou outra encontro nas bancas.

    • renatorecife disse:

      Não tenho nada contra as traduções ou o trabalho gráfico da Devir em RPGs e nem contra os quadrinhos.
      Minha bronca é contra o trabalho dela de comunicação com o cliente, nem sei mais quantos e-mails sobre GURPS 4ed eu já mandei, todos muito educados e bem diferentes dos meus comentários aqui, mas nunca recebi uma resposta.
      Sei que o D3 já comentou sobre isso nos tópicos Casa de Vidro e Casa de Vidro Blindado nos fóruns da RedeRPG e da Spell, mas os tópicos são gigantescos e quando me cadastrei nesses fóruns, há alguns meses atrás, os tópicos já haviam sido fechados para que o contato com o público fosse feito através do blog da editora.
      Os jogadores e mestres de WoD têm sorte de não serem mantidos "no limbo" como os de D&D e de GURPS.
      Eu me considero um cara muito chato e teimoso, mas não sou inflexível, se no futuro eu perceber que a empresa passou a dar mais atenção ao contato com seus clientes, com certeza voltarei a ser um, mas no momento acho que não vale a pena.

    • Wallace disse:

      Jaime, me desculpa.
      Eu acho, como bom capitalista que sou, que se uma empresa não se comunica com o seu cliente e não gera uma relação de confiança, ela tem que pagar por isso sim.
      Acho que a partir do momento que o consumidor se sente lesado, desrespeitado, ignorado e etc, a melhor forma de diálogo e deixar de comprar os produtos dessa empresa.
      Acho justo sim, que um cliente de RPG indignado não compre mais quadrinhos, cards ou o que quer que seja.
      Não use o meu discurso para colocar o trabalho do Leandro DelManto em xeque. Eu não fiz isso e nem vou fazer. Acho infantil alguém atacar diretamente um funcionário, um membro de uma empresa qualquer, por conta de sua insatisfação.
      Mas tampouco é factível que eu me veja na obrigação de aceitar um setor de uma empresa que me ignora em outro. É questão de respeito mesmo, cara. 🙂

      • Jaime_Daniel disse:

        Como eu já disse, cada um pensa como quer…
        E eu confirmo o que acho e digo mais. Quando vc desmerece o trabalho de TODA a empresa, desmerece o trabalho da minha mulher, que dá um duro danado (inclusive trabalhando durante a licença-maternidade, por puro amor a camisa) e ao meu, que estou prestando serviços na tradução de CoC, na organização de atividades como o Halloween no MdT e o concurso Eu Criatura.
        Eu não sei no que vc trabalha, Wallace, mas no seu ponto de vista, o trabalho de qualquer funcionário da empresa em que vc trabalha pode desqualificar o trabalho de todos os outros? Vc aceitaria isso?
        De novo, não estou de bronca, mas o outro lado de uma questão não é uma entidade ou um nome sem rosto. Tem gente que tem problemas, aspirações, sonhos e frustações que nem vcs. Se a porcaria do meu microondas cisma em dar problemas, eu não vou ficar berrando com o primeiro funcionário da empresa que eu encontrar, ou xingar o técnico que vier em minha casa para consertar o aparelho. Eu reclamo com o atendimento ao cliente.
        Mas, como eu já disse, cada um pensa como quer… e quem não tem respeito, não dá nenhuma satisfação…
        abçs!

        • Wallace disse:

          Jaime pelo amor de deus, onde é que eu disse que acho certo xingar funcionário de empresa, técnico ou qualquer coisa do tipo?
          Agora, se eu comprar um microondas da brastemp, reclamar e nego não me responder, eu nunca mais compro nada da brastemp na vida. Nem máquina de lavar, geladeira, o que quer que seja.
          Podem existir as melhores pessoas do mundo lá dentro, pode até ter um amigo que vai na minha casa comer churrasco, mas isso não me vai fazer comprar o ventilador dos caras.
          Acho que você tá confundindo o meu direito de consumidor de boicotar a empresa que eu quiser com o meu poder de compra contra o respeito a pessoas integrantes do corpo produtivo de uma empresa.
          Eu queria que você apontasse onde, nos meus textos, eu estou deixando a entender isso.

          • Jaime_Daniel disse:

            Como eu já disse, cada um pensa como quer…
            Wallace, vc tá certo!
            Depois de umas coisa hoje, cansei de argumentar.
            abçs!

          • Wallace disse:

            Óbvio que estou certo. Só não acho maneiro que se coloque palavras na minha boca e se use isso pra desabafar.
            Respeito é coisa que vem dos dois lados e eu ainda estou esperando pra saber onde fui desrespeitoso com alguém.
            Não gostei disso não.

          • Jaime_Daniel disse:

            "Óbvio que estou certo" Claro, que absurdo seria se vc estivesse errado…
            Um zilhão de desculpas por colocar palavras na sua boca.
            O que vc disse é que devemos boicotar a empresa por ela tratar os clientes de qualquer forma, seja lá qual a forma que vc esta se referindo…
            Tipo, mão de obra infantil ou matar golfinhos, algo do gênero
            E desculpe por insinuar que vc queria maltratar o técnico ou qualquer outro.

  31. Jaime_Daniel disse:

    "Óbvio que estou certo"… claro, que absurdo seria vc estar errado… um zilhão de desculpas por ter colocado palavras em sua boca.
    Melhor assim?
    abçs

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: