Diablo – A História

A Guerra do Pecado

A chegada do Grande Conflito ao reino mortal ficou conhecida como a Guerra do Pecado. Anjos e Demônios misturaram-se aos homens enquanto viajavam pelos reinos mortais tentando atrair e converter secretamente os Homens às suas respectivas causas. Ao longo do tempo, as forças das trevas comprovaram que os mortais curvavam-se muito mais à força bruta do que a coerção sutil, e assim aterrorizaram o homem com sua crueldade e malícia. Os Anjos lutaram para defender a humanidade contra a opressão demoníaca, mas, muitas vezes, os seus métodos austeros e castigos severos conseguiam apenas alienar aqueles que procuravam proteger.

As violentas batalhas da Guerra do Pecado ocorriam o tempo todo, mas raramente eram presenciados pelos olhos olhos do homens, em sua maioria incapazes de reconhecer nos guerreiros a fagulha do Grande Conflito. Apenas alguns poucos “iluminados” podiam discernir a diferença entre um homem e um anjo ou demônio. Estas pobres almas estavam cientes dsa presença dos seres sobrenaturais que caminhavam ocultas entre as massas da humanidade e muitas vezes aceitavam o desafio da Guerra do Pecado, aliando-se aos inimigos buscando um fim ao derramamento de sangue.

As ações destes guerreiros mortais se tornaram lendárias e serviram tanto para ganhar o respeito quanto o ódio dos Grandes Demônios. Embora os demônios menores caissem de joelhos perante os Três e lhe prestassem honrarias e respeitos quanto sua decisão de dominar a humanidade, internamente amaldiçoavam a existência do homem mortal. Estes demônios acreditavam que o impasse trazido pela chegada do Homem foi uma perversa ofensa a seu  papel “superior” no grande esquema das coisas.

Motivados pela inveja, coordenaram atrozes atos de violência contra a mortal reino. E como ódio alimenta ódio, os homens também foram tomados pelo rancor e revidaram, usando a ira contra os habitantes do submundo. Um desses mortais, Horazon O Invocador, usava de magia para atrair os demônios e, em seguida, controláva-os para que obedecessem a sua vontade. Horazon, juntamente com seu irmão Bartuc, eram membros do clã dos magos orientais conhecido como o Vizjerei. Este clã místico estudava as formas de demônios e catalogavam o que aprendiam para que as gerações futuras tivessem maiores chances de combatê-los.

Habilitadas por este conhecimento, Horazon foi capaz de levar o trabalho da Vizjerei e a perverteu para auxiliá-lo em seus planos excusos. Os habitantes do inferno procuraram vingança contra este mortal, mas Horazon conseguiu manter-se bem protegido dentro do seu santuário arcano.

Bartuc, o irmão de Horazon, acabou atraído para o lado das Trevas. Foi-lhe concedido excepcional resistência e longevidade, e lutou ao lado das legiões do inferno contra os amaldiçoados Vizjerei, e eventualmente o seu próprio irmão durante toda a Guerra do Pecado. Embora Bartuc fosse famoso entre os guerreiros de vários reinos, a sua posição dominante no campo de batalha veio com um preço terrível. Um insaciável desejo por sangue mortal permeou todo o seu pensamento. Bartuc bebia e banhava-se com o sangue de seus inimigos, recebendo por isso a alcunha de Lorde Guerreiro do Sangue.

Diablo é um produto da Blizzard Entertainment ®. Regras do Projeto Diablo no Roleplayer

Você pode gostar...

5 Resultados

  1. d.darkangellus disse:

    Nossa,a história acabou logo quando estava ficando boa.

  2. Armageddon disse:

    Na próxima parte da história os Três grandes demônios são exilados em Santuário Darkangellus =D
    Provavelmente essa semana já sai junto com as primeiras fichas de monstros.

  3. d.darkangellus disse:

    Opa,beleza cara.
    Estou aguardando o restante.

  4. Ceffas disse:

    Cara… tá meio confuso encontrar todo o material nesse blog. Sou eu que tô cego ou não existe uma ferramenta de busca aqui? A gente vai ter que ficar fuçando o blog todo e juntando as partes da adaptação? Como é que funciona isso?

  5. Dellhintis disse:

    Estamos atualizando o site, volte mais tarde.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: