Re.Ação!: Sistema de Regras Alternativo para d20

Vocês já devem ter notado que volta e meia postamos alguma regra diferente, que cobre ou facilita alguma parte de um sistema de regras já existente. Pois bem, o Nume já havia comentado sobre um sistema “caseiro” que usamos. Não, não é nenhum sistema novo, na verdade. A gente simplesmente começou a combinar regras de True20, d20 Modern, D&D 3.5, Pathfinder, etc (assim como muitos fazem). Para não ficarmos perdidos, fizemos um “livreto básico”, com as regras que usavá-mos.

Depois de uns dois ou três anos, começamos a notar que o tal livreto estava ficando com uma cara própria, até o ponto em que, definitivamente, era outro jogo. Ainda era o Sistema d20, mas era diferente, nosso próprio jogo.

Muita coisa foi feita de lá pra cá e decidi que não adiantava ficar com tudo aquilo só pra meia dúzia de jogadores (talvez uma dúzia). Por isso disponibilizamos para download o Livro de Regras Básicas Re.Ação!: gratuito, feito por amadores, incompleto e não-revisado. É sem dúvida o livro com mais adjetivos que já feito! Ainda estou trabalhando nas imagens e nos textos, para ficarem mais explicativos e com mais cara de livro mesmo.

Por ser uma versão Beta, está com falhas e ausências. Eu e o Nume estamos trabalhando para a finalização do Re.Ação!, mas acredite, é trabalhoso e demorado. Mas, enquanto isso, quem sabe o que está pronto não ajude seu grupo de jogo?

Link alternativo

Você pode gostar...

15 Resultados

  1. WGdS disse:

    Pessoal, parabéns pela iniciativa. Vou olhar com maior atenção e se tiver alguma consideração útil passo para vocês.
    Só o esforço para reunir todo o material em um documento e liberá-lo para a “comunidade” já é digno de elogios.

  2. valberto disse:

    Achei muito boa a iniciativa, mas acheia o livro muito complexo. Não é uma boa substituição ao Ação!!! Especilamente não aima imprimir aquili tudo colorido e cheio de imagens.

  3. WGdS disse:

    Concordo com o Valberto. Acho que essas versões beta (alfa, gama, kappa…) deveriam ser texto puro para facilitar a impressão. Nesse momento o que importa é o conteúdo.

  4. Gun_Hazard disse:

    Eu já gostei da diagramação como está. (Não iria imprimir mesmo)
    A Dica seria depois fazer a versão amigável para impressão também…
    Quem fez as ilustrações?

  5. Adão Pinheiro disse:

    Olha, pra ser sincero, eu coloquei as imagens pra deixar com “cara de livro”, mas já que estão atrapalhando, vou ver o que eu faço aqui, talvez deixar tudo em tons de cinza. E as ilustrações em preto e branco do início de cada capítulo fui eu mesmo que fiz, qdo tinha 18 anos e tempo pra desenhar até que saía algo que prestasse.
    E sobre ele ser complexo, vou colocar alguns quadros explicativos a mais, e trabalhar melhor o texto, garanto que vai ficar fácil! 😛

  6. Gun_Hazard disse:

    Eu apenas folhei por cima, não fiz ainda uma analise 100% Critica.
    Mas observei algumas coisas:
    – É um livro com intenção de ser Genérico?
    A mim ele pareceu muito bom para ser um jogo “contemporâneo/futurista” faltam alguns elementos para que ele fique com cara de jogo aplicável para “Fantasia Medieval”, aquí fica a dica de não mudar muito o que já tá feito ele tá no caminho legal para ser “Contemporâneo/futurista”, mas mudar muito para acomodar o Medieval pode extragar um pouco o que já tá bom.
    A Dica que eu daria seria muito trabalhosa: 1º Manter este como está. 2º Fazer uma mais lite para ser enquadrado como Genérico. 3º Montar um terceiro com a intenção de ser mais Medieval.
    – Voce sitou “True20, d20 Modern, D&D 3.5, Pathfinder” como referencias, embora eu tenha notado por enquanto só o D20 Modern e o TRUE20, algumas coisas extranhas saidas do Vampiro no meio dos poderes aquilo voce não achou fora de lugar não? Será que só os poderes de forma genérica e a “sugestão de combinações dos poderes” para “Caracterizar” poderes como Serpentis, Vicissitude, etc, não seria mais simples?
    – Para a versão Impressa voce poderia simplesmente deixar preto e branco e as imagens com efeitos de transparência (Mas em tons de cinza também), já economiza na hora de imprimir e sem perder a diagramação já pronta.

  7. Heitor disse:

    Não tem jeito. Sistemas caseiros são sempre os melhores (se não fossem, quais seriam?).

  8. Adão Pinheiro disse:

    Na verdade eu só coloquei os poderes de vampiro ali no final, pra me lembrar de adaptá-los pro Reação (alguns estão com um “Rever” ao lado, inclusive). Eles não ficarão com aqueles nomes (Viscissitude, Tenebrosidade, Serpentis, imagina um novato lendo isso sem saber de onde vem…), e nem tão específicos para o Mundo das Trevas. Eles terão nomes simples (normalmente o efeito do poder em jogo) e fácil de usar em qualquer cenário. O sistema de Influências em Reputação vem direto do Leis da Noite, um livro pra Vampiro pra se jogar RPG Live Action. Quem gosta de jogar com personagens sociais, seja um advogado, político ou bardo, vai curtir bastante!
    O Reação é focado em ambientes modernos e futuristas, mas nada impede que seja jogado em campanhas medievais, uma vez que o capítulo Equipamentos explica como se criar equipamentos variados, normais e superiores, e o custo deles. Depois de finalizar o Reação, criaremos um complemento para campanhas medievais, com os equipamentos corretos, e progressões baseadas nas classes básicas do D&D, mas sem mecher nem um pouco nas regras em si.
    Sobre a influência do Pathfinder, temos a quantia maior de talentos por nível, as regras sobre manobras de combate, e provavelmente mais algumas coisas que não me lembro agora 😛
    Esperem pra ver os capítulos sobre Veículos, Mechas e Monstros! Vai dar vontade de chutar bundas dracônicas a bordo de uma Harley e ouvindo AC/DC! (vai ter jogador xiita babando de raiva com isso… mas que é estiloso, é!)

  9. WGdS disse:

    “(…) chutar bundas dracônicas a bordo de uma Harley e ouvindo AC/DC (…)”… ou Steppenwolf – Born to be wild… =)

  10. Adão Pinheiro disse:

    Clááááássica, WGdS! Seteppenwolf comanda! Indispensável em qualquer jogo no mundo moderno, ou melhor, em QUALQUER jogo!
    Isso me fez lembrar deum game velho pra caralho, o Cadillacs & Dinossaurs…

  11. jrnmariano disse:

    Por acaso eu e o Rui no Ideonauta andamos com vontade de escrever material de RPG para o True20 ou para um sistema d20 de segunda ou terceira geração. Tinhamos descoberto num blogue brasileiro uma tradução do True20 mas infelizmente estava incompleta. O projecto do Re.Ação! parece-me uma boa alternativa.
    No que é o Re.Ação é diferente dos demais? Ou seja que é que vocês regras acharam importantes/interessantes mudar no d20 e porquê? Com que propósito?
    sopadorpg.wordpress.com – Um roleplayer entre Santarém e Almeirim /ideonauta.wordpress.com – Viajando pelos mundos do RPG! / “Se alguma vez sou coerente, é apenas como incoerência saída da incoerência.” Fernando Pessoa

  12. Adão Pinheiro disse:

    A nossa idéia é criar um sistema genérico pra campanhas focadas no mundo moderno ou futurista, mas que seja um genérico “transparente”, onde tu sabe de onde e por que vem cada ponto na tua planilha. Não queremos um sistema com o formato “receita de bolo”, como o D&D. Queremos um “faça o seu próprio bolo”, como é o True20, e o Unearted Arcana, por exemplo.
    O True20 é um excelente sistema, e serviu como base pra muito do que está no Re.ação!. Apenas deste nome, ele não necessariamente é um substituto do Ação!!!, pois ele pode ser jogado em conjunto do D&D, por exemplo (nós fazemos isso em nosso grupo de jogo, e simplesmente ninguém mais quer saber da maldita CA…).
    As principais mudanças no Re.ação! são o sistema de Combate (ataque e defesa, decisivios relativos ao invés de fixos, ataques localizados), e a ausência das Resistências (Reflexos caiu fora, substituído por Esquiva, Fortitude é uma defesa de Vitalidade e Vontade é uma defesa de Poder), e também os equipamentos.
    Temos ainda o sistema de Influências, que é um uso avançado da Reputação do personagem (ago que sempre faltou no sistema d20, e tivemos que “puxar” do Vampiro: Leis da Noite), e os poderes, que apesar de usarem uma mecânica parecida com os do True20, são diferentes em vários aspectos.
    Cara, qualquer materia que achar interessante, pode mandar que eu ou o Nume damos uma olhada. Se couber no “conceito” do Re.ação!, nós colocamos ele com os devidos créditos. Nós somos jogadores comuns, então qualquer idéia pode ser tão (ou mais) boa que as nossas.
    Nós colocaremos contos no início de cada capítulo. Se alguém tiver um texto bacana, e quiser mandar, será creditado.

  13. Gun_Hazard disse:

    Jão Paulo e Adão… não vou prometer nada pois toda vez que me envolvo com fazer algo eu fico sempre no projeto e dificilmente passo de uma prévia…
    Mas se voces quizerem me adcionar no MSN ou mandar e-mail para discutirmos regras e sistemas parece que temos assunto.
    Atualmente eu tô mexendo também com um D20 Variante, muito mais pro lado do UA e do SWSE que pro TRUE20… e também muito mais voltado pro medieval que pro moderno…
    [email protected]

  14. Adão Pinheiro disse:

    Blz!

  15. Meus parabéns aos dois jogadores que estão desenvolvendo esse novo Sistema. Achei muito interessante. Parabéns!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: