Jogos de Amor: RPG de relacionamentos?

Ontem eu vi no meu e-mail uma link acompanhado das letras WTF? logo abaixo. Acontece que a Petit Editora, cujo lema é “sinônimo de bons livros espitiras“, lançou o livro Jogos de Amor.

Em Jogos de Amor, do doutor Américo Canhoto, você poderá participar de uma inesquecível experiência, repleta de sentimentos, emoções, prazer e espiritualidade. Assuma o papel de um personagem e vivencie a busca da felicidade e do amor. Com a orientação do autor, que utiliza o RPG – Role Play Game, jogo de interpretação de papéis -, você descobrirá quanto e como suas escolhas amorosas podem influenciar sua vida e a de outras pessoas. Nessa experiência virtual, improvise à vontade para que você tenha a oportunidade de realizar um sonho possível: viver um grande amor…

PQP! Confesso que vou adquirir meu exemplar deste livro só para ver como é que o autor conseguiu usar o RPG com um objetivo tão… Romântico?

Apesar do estranhamento inicial, achei uma idéia interessante considerando que o público alvo deste livro são mulheres e homens sozinhos de meia-idade que tipicamente são pais de adolescentes e jovens adultos, onde se concentra a grande parte dos RPGístas. Então, imagine a surpresa da sua mãe ao descobrir uma leitura positiva do RPG no livro de auto-ajuda que ela comprou semana passada?

Sobre o autor, a biografia no site sugere um senhor de lá seus cinqüenta e poucos anos, natural de Portugal, médico espírita e autor de diversos livros de auto-ajuda e espiritismo. Não é exatamente o que se espera de um autor de RPG, certo?

Nume Finório

Você sabe quem eu sou.

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. João Mariano disse:

    Uau!, um livro de auto-ajuda amorosa que usa os RPGs como alegoria para explicar os seus conceitos apesar de estar um pouco “trocado” e usar expressões de videojogos como “Pause” e “Game Over”? Estranho, mesmo!
    Por outro lado jogos de RPG sobre relações amorosas ou encontros românticos já existem e até possuo um deles e tentei-o jogar com a minha namorada e tudo: o Breaking the Ice da Black Green Games.
    Se derem uma vista de olhos na página do jogo (aqui, http://www.blackgreengames.com/bti.html) descobrem que é o Breaking the Ice é pequeno jogo de rápida preparação onde um casal improvável combina três românticos entre si. Só depois várias peripécias e descobertas mútuas é que se “joga” o desfecho feliz da relação “para todo o sempre até que a morte os separe”ou se aqueles encontros ficam presos num passado de dúvidas e lamentações.
    Da mesma editora existe outro jogo, o “Shooting the Moon”, é sobre dois pretendentes a disputarem a mão de um amado, enfrentando obstáculos e tentativas de sabotagem mostrando o quanto são capazes de superar a adversidade pelo amor. Dêm uma vista de olhos aqui, http://www.blackgreengames.com/stm.html .

  2. Arquimago disse:

    Tema interessante, deu vontade de olhar, mas não estaria o autor procurando mais lugares apra conseguir dinheiro?
    Os outros que o Joçao falou, parecerem bem interessantes!

  3. Opiumseed disse:

    Cara, essa parada é linda. Também coloquei no observatório assim que vi.
    http://observatoriodorpg.blogspot.com/2008/10/o-rpg-do-amor.html

  4. wefferson disse:

    Mesmo que o cara esteja apenas procurando mais um nicho pra juntar dinheiro, deixa.
    Jesus Cristo mesmo disse: “quem não é contra nós é por nós.” e esse cara não parece querer denegrir o RPG como os “cristãos” que recusaram uma doação só por causa da venda de D&D…

  5. rsemente disse:

    Antes tarde do que nunca: Já tive essa ideia, de como introduzir romance num RPG normal? Os jogadores acharam Trash, mas não sei se alguma jogadora acharia legal. Ainda publico algo sobre isso 🙂

  6. leandra disse:

    vendo-se um carro da formula 1 ele tem motor ele tronico e marjas
    o meu nome e leandra

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: