Christian Children's Fund recusa doação vinda da venda de livros de RPG!

Todo ano nos EUA, durante o prêmio Origins e a Gen Con, a casa de leilões de jogos Live Games Auctions doa cem por cento dos seus lucros para a caridade, uma versão mais hard da arrecadação de alimentos para entidades assistenciais que vai rolar no Tchê RPG.

Este ano, a Christian Children’s Fund (Fundação para as Crianças Cristãs, em tradução livre) foi escolhida para receber a doação mas recusou, dando como justificativa que parte do dinheiro vinha das vendas do jogo Dungeons & Dragons.

Para quem não lembra, Caverna do Dragão foi cancelado nos EUA na década de oitenta graças ao lobby negativo de organizações cristãs, que consideravam o desenho animado “maligno”. Principalmente depois do episódio em que as crianças decidem matar o Vingador.

Perante a negativa da fundação cristã, a doação foi revertida para a Fisher House Foundation, que empresta casas para as famílias de militares que desejam manterem-se próximas aos mesmos em momentos difíceis como hospitalizações por estresse, doença e ferimentos de combate.

Apesar da notícia negativa, acho que devemos tirar o melhor dela, se lá eles conseguem reunir dezessete mil dólares para a caridade em um evento de RPG, por que não pode ser assim aqui também? O Tchê RPG e outros eventos anteriores já deram o primeiro passo neste sentido. Resta então aumentar o foco e aproveitar a decisão humanitária para conseguir dividendos publicitários (sim, sou mau feito o Pica-Pau e penso em tirar proveito de situações assim).

Nume Finório

Você sabe quem eu sou.

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. valberto disse:

    Nem todo mundo esta disposto a entender o verdadeiro cristianismo.

  2. Diogo disse:

    Nada de religiosidade, mas uma Fundação que vive de doações recusar uma, acho que não devem realmente precisando de doações.
    Com religiosidade: tomara que DIMINUA MUITO a quantidade de doações para as crianças cristãs. Pena que elas não saberam de quem foi a culpa….

  3. rodrigo disse:

    ISso é ridículo!
    Então morram, crianças cristãs!
    Se fosse doação da Estrela ou outro ente q faz bonecas e jogos de tabuleiros, eles aceitariam!
    Gente…
    O RPG é um jogooo
    Joooooooooogoooooooooooo!
    Não é demoníaco
    Não é satanista
    Não é anticristão!
    pqp!

  4. Nume Finório disse:

    Calma aí.
    Essa fundação faz um trabalho que nós devemos admirar e honrar, sua recusa em receber a doação é um erro de julgamento que se originou de uma enorme falta de conhecimento prévio do assunto em questão, é verdade.
    Mas esse erro não invalida as ações da fundação que nos últimos setenta anos vem salvando crianças da pobreza em todo o mundo.

  5. Jagunço disse:

    “Então morram, crianças cristãs!”
    “O RPG é um jogooo
    Joooooooooogoooooooooooo!
    Não é demoníaco
    Não é satanista
    Não é anticristão!”
    Tem “liberdade de expressão” que não ajuda…
    Como disse o Nume (felizmente), não tem cabimento misturar as coisas. O preconceito da Instituição não invalida o trabalho dela (não completamente). No mais, nem preciso dizer que criança alguma de lá tem culpa disso.
    Pensar antes de escrever não dói, não, viu?

  6. rsemente disse:

    De duas uma:
    Ou os diretores da oganização devem ser muito cegos;
    Ou o pessoal do evento não se esforçou para tentar explicar os fatos.
    Mas posso dizer com quase 100% de certeza que a primeira é o que aconteceu.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: