Voltar a Viver

Keith Baker falou em seu blog um pouco sobre a disponibilidade de Reviver os Mortos em civilizações de fantasia:

Na 4e é dito especificamente que você não pode trazer da morte a maioria das pessoas. Via de regra, quando o destino corta a sua linha acabou – você é mandado para qualquer que seja o seu destino final. Você só pode ser ressucitado se ainda possuir algum destino não-concretizado – e ao que parece, isto é algo que a maioria dos PCs (e a maioria dos vilões, eu presumo) por acaso tem. Isso é algo ENORME em termos de lidar com o impacto lógico de reviver os mortos em uma civilização. Eu sempre me senti importunado pela pergunta básica de “Se existe reviver os mortos, como as pessoas ricas morrem de outras causas que não velhice?”. A 4E dá a resposta: reviver os mortos é um dom divino que só chama de volta aqueles tocados pelo destino; ao passo que quando o Rei Jarot é assassinado, este É o destino. Trazê-lo de volta simplesmente não é uma opção.

Fonte: EnWorld.org

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Nibelung disse:

    Só uma correção rápida: Raise Dead é Reviver os Mortos, e não Animar os Mortos. Animar os Mortos é usado pra criar mortos-vivos, e não pra ressuscitar.

  2. CF disse:

    Opa! Valeu pelo aviso, Nib! Vou editar agora mesmo.

  3. Diego disse:

    Muito legal o texto. Ao menos uma explicação bacana pra explicar pq não ressuscitar alguns NPCs importantes de um cenário que morrem.

  4. valberto disse:

    Bring me baaaaaaaaaack to liiiiiiife – esgoela a vocalista do Evanescense…

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: