Player’s HandBook 2: E aí, valeu a pena?

Dois dias após o lançamento doPlayer’s HandBook 2 lá na gringa e o PDF do livro já pode ser encontrado na internet, isso quer dizer que, no minímo, metade dos admiradores da 4E já leu pelo menos superficialmente o livro. E a grande pergunta é: valeu a pena a espera?

O PHB 2 foi motivo de discussões intermináveis aqui e lá fora durante os últimos meses. Seja por causa das (nem tão) novas classes básicas, seja por um caminho exemplar bacana como o do Bárbaro Frenético. É praticamente um fato que a campanha publicitária da Wizards para promover o livro foi um sucesso, ao menos não se fala de outra coisa em toda a internet, até mesmo lançamentos que em outras épocas seriam a bola da vez, como o Arcane Power, ficaram relegados ao papel de figurantes do grande lançamento do ano.

Em quase todos os previews o PHB 2 parece ser um grande livro e espero que isto seja verdade e não o sucesso absoluto da publicidade dos magos da costa.

Sobre Nume Finório

João Paulo Francisconi, entre outras enormes perdas de tempo, é blogueiro há dez anos, escreveu para a finada Dragon Slayer, publicou alguns livros de RPG e assistiu quatro episódios de Punho de Ferro.