Gun Fu!

Mega City chegou, e com ele um punhado de novas formas de jogar 3D&T! Seja você um artista marcial do Torneio das Sombras ou um policial de Mega City Contra-Ataca, há espaço para se aventurar pelas ruas da Cidade das Cidades. Droga, você pode até mesmo ser os dois se quiser!
Sim, isso mesmo. Já ouviu falar de gun fu? É a arte marcial dos revólveres e pistolas, presente em filmes de ação chineses, mas mais conhecido pela sua presença na trilogia Matrix e alguns outros mais recentes. É o que você precisa para arrebentar criminosos de maneira mais impressionante e explosiva nas ruas mais sombrias da metrópole.
O material a seguir, assim, é uma forma de usar as regras de golpes e técnicas de O Torneio das Sombras em um ambiente mais moderno, recheado de armas de fogo. As 17 novas técnicas são adquiridas através da mesma vantagem, Técnica de Luta, e funcionam de forma exatamente igual. Você pode usá-las, assim, para policiais e outros personagens de Mega City Contra-Ataca, limitadas ou não pelo nicho do personagem, ou, se achá-las exageradas demais, adotá-las como base para o seu próprio novo mini-cenário.
Gun Fu
Como qualquer um com um mínimo de conhecimento de inglês deve ter notado, o termo gun fu surgiu da mistura de gun, ou pistola / revólver em inglês, e kung fu, a arte marcial tradicional da China. Pode-se dizer que ele é o que acontece quando você mistura os golpes e acrobacias de uma arte marcial com revólveres e outras armas de fogo. Mais do que uma arte marcial real, no entanto, ele é na verdade uma forma de tornar os tiroteios mais impressionantes e visualmente impactantes, usado principalmente no cinema e, mais recentemente, também em videogames; foi desenvolvido por diretores de ação chineses justamente para atrair o público acostumado com os filmes de artes marciais tradicionais do país.
A origem do gun fu remonta ao cinema de ação de Hong Kong na década de 1980, em diversos filmes dirigidos por John Woo e com Chow Yun-fat no papel principal. A Better Tomorrow (sem versão brasileira), de 1986, é considerado o primeiro filme a transformar as batalhas de pistolas em praticamente duelos de artes marciais; e foi seguido em diversos outros filmes com a dupla, como Rajadas de Fogo, de 1991, e Fervura Máxima, de 1992, entre outros. Outros diretores chineses também não demoraram a incluir o gun fu em suas produções, e ele se expandiu até mesmo para a produção de animes do país vizinho – Cowboy Bebop, por exemplo, é conhecido por fazer muitas homenagens e referências aos filmes de Woo e Yun-fat.
No ocidente, o uso de gun fu em filmes vem desde a década de 1990, e não demorou em se tornar um clichê de filmes de ação. Robert Rodriguez fez uso dele no seu faroeste moderno A Balada do Pistoleiro e também na sua continuação, Era Uma Vez no México; e o próprio John Woo chegou a se arriscar deste lado do Pacífico com filmes como O Alvo e Missão Impossível 2. O grande responsável por tornar o gun fu popular no cinema ocidental, no entanto, foi a trilogia Matrix, de longe. Outra menção honrosa vai para o filme O Procurado, que, apesar de estuprar violentamente a série em quadrinhos do qual foi adaptado, trouxe algumas ideias interessantes dentro do tema.
Um comentário à parte deve ser feito para os filmes do diretor Kurt Wimmer, em especial a ficção científica Equilibrium. Nela existe uma arte marcial amplamente praticada chamada gun kata, que utiliza movimentos pré-estabelecidos para prever o posicionamento de inimigos e a trajetória mais provável dos seus tiros. Ela também aparece nas cenas de ação do filme Ultravioleta, do mesmo diretor.
Nos videogames o gun fu também tem sido bem popular, pelo menos desde o primeiro Max Payne. Alguns jogos que o utilizam incluem o pouco conhecido Wet e Stranglehold, que é inspirado no universo e personagens do filme Fervura Máxima. E exemplos mais exagerados e explosivos de gun fu também podem ser encontrados na série Devil May Cry e em jogos como Bayonetta.
Técnicas de Gun Fu
Acrobacia
Você pode realizar acrobacias impressionantes, como saltos, deslizar pelo chão ou mesmo correr por paredes, evitando tiros com mais facilidade. Gastando 1 PM, você pode receber um bônus de +2 em uma jogada de esquiva.
Bala Extra
Caso você possua a desvantagem Munição Limitada, ou ela seja obrigatória na campanha, você pode gastar 1 PM para realizar um ataque extra com PdF mesmo depois da sua munição se esgotar.
Bullet Time
O famoso “efeito Matrix.” Você pode gastar 1 PM para realizar um ataque com um movimento, ao invés de uma ação.
Choque de Balas
Você é capaz de atirar nas próprias balas dos inimigos para bloqueá-las antes delas atingirem você. Você pode gastar 1 PM para trocar a Habilidade pelo seu Poder de Fogo em um teste de esquiva. As demais regras e limitações da esquiva continuam valendo normalmente.
Cobertura
Você é capaz de achar cobertura facilmente em um tiroteio, se escondendo atrás de paredes, usando mesas e bancadas como proteção, etc. Você pode gastar um movimento e 2 PMs para dobrar a sua Armadura contra ataques feitos com PdF até a sua próxima rodada.
Desviar Tiros
Você é capaz de desviar dos tiros de seus adversários de forma que eles atinjam outros inimigos em volta de você. Sempre que tiver sucesso em uma esquiva contra um ataque feito com PdF, você pode gastar 1 PM para fazer com que aquele ataque, com a mesma FA original, seja direcionado contra outro personagem à sua escolha.
Duas Armas
Você ataca usando uma arma diferente em cada mão. Assim, você pode gastar 1 PM para adicionar 1d à sua FA contra um inimigo; ou para realizar um segundo ataque na rodada contra um inimigo diferente.
Gun Kata
Você é treinado em uma arte marcial moderna, que utiliza movimentos pré-estabelecidos para prever a trajetória de tiros dos seus oponentes e assim evitar seus contra-ataques. Sempre que você causar pelo menos 1 ponto de dano em um alvo, você pode gastar 1 PM para receber um bônus de +3 em jogadas de FD ou esquiva contra o seu próximo ataque.

Headshot
Você pode gastar 2 PMs para mirar diretamente na cabeça ou outro ponto fraco do inimigo. Se você conseguir um acerto crítico, e a sua FA vencer a FD inimiga, ele deverá fazer um teste de Armadura: em caso de falha, morrerá automaticamente, como se o ataque tivesse sido Vorpal.
Mira Certeira
Quando você utiliza a manobra Ataque Concentrado (Manual 3D&T Alpha, pg. 1d+72) para um ataque com PdF, você pode gastar 1 PM por rodada para aumentar o bônus recebido para +2 (ao invés do +1 normal). O seu bônus máximo ao utilizar esta manobra é igual ao dobro da sua Resistência.
Na Mosca!
Você possui uma mira extremamente precisa. Gaste 1 PM e faça um ataque à distância. Se a sua FA for maior do que a FD do alvo, ele sofre 3 pontos de dano adicionais. Por exemplo, se a sua FA foi 9 e a FD do oponente 7, ele sofre um total de 5 pontos de dano.
Rajada de Tiros
Você pode realizar uma sequência de tiros contra os seus oponentes. Utilize um movimento e 2 PMs, além da sua ação normal, e realize uma quantidade de ataques com PdF igual à sua Habilidade, que podem ser dirigidos todos contra o mesmo alvo ou contra alvos diferentes. No entanto, cada ataque possuirá FA = PdF + 1d apenas.
Ricochete
Você pode ricochetear suas balas nas paredes, pegando alvos desprevinidos. Se estiver lutando em um ambiente fechado, como um armazém ou corredor estreito, você pode gastar 2 PMs para ignorar a Habilidade do alvo na jogada de FD contra um ataque feito com PdF.
Recarregar
Você pode recarregar suas balas rapidamente. Caso você possua a desvantagem Munição Limitada, ou ela seja obrigatória na campanha, você pode gastar um movimento e 4 PMs para recarregar a sua munição de volta para o valor máximo.
Saque Rápido
No início de um combate, você pode gastar 1 PM para receber um bônus de +3 na sua rolagem de Iniciativa.
Tiro à Queima-Roupa
Quanto ataca com PdF um alvo que esteja à distância de um ataque com Força, você pode gastar 1 PM para aumentar a sua chance de crítico para 5 ou 6 na rolagem de FA, ao invés de apenas 6. Este poder é cumulativo normalmente com outras formas de aumentar a chance de crítico – um Ataque Especial Perigoso feito à Queima-Roupa, por exemplo, teria um crítico com 4, 5 ou 6 no dado!
Tiro em Curva
Você pode fazer com que suas balas façam curvas na sua trajetória, evitando obstáculos e barreiras. Você pode gastar 1 PM para impor um redutor de A-1 ao alvo para um ataque. Você também pode gastar mais PMs para aumentar o redutor de Armadura do alvo.

Você pode gostar...

11 Resultados

  1. Sascha disse:

    Jet lee olha para isso, uma lagrima escorre de seu oho e ele diz: “este é o paraíso”, muito bom

  2. Griffith disse:

    Acho esse tipo de coisa legal (a adaptação) porém desnecessária, algo que começa a entupir o 3det e remover o clima dele de jogo genérico e narrativista!

  3. Eddie J. disse:

    Achei muito legal, acho que vou até copiar e vender. Ha ha ha ha! XD
    Brincadeira, brincadeira…
    Mas a parte de copiar (leia-se “guardar”), isso, sim, eu vou. Ficou bem legal.

  4. Deko disse:

    essa da bala fazer curva me lembra muito “o procurado” gostei pacas XD

  5. Hebert disse:

    Ele continua sendo genérico. ‘-‘
    Agora, “narrativista”? Como assim?D;

  6. Griffith disse:

    Narrativista não é narrativa compartilhada, um genérico gamista é GURPS ele aborda toda a gama possivel de regras. 3DET é narrativista, ele não se propõe a criar um ataque especial de cada elemento (por exemplo) você adquire o ataque especial e o interpreta (narra) caracterizando-o da forma que achar melhor. Muitas destas manobras poderiam ser simplesmente isto! Sem necessidade de bônus e similares! Apenas o Fluff já serviria!

    • BURP disse:

      Eu concordo contigo, na verdade. Nada disso é realmente necessário pro 3D&T. Mas tem uma diferença entre ser necessário e ser, bem… Legal. Eu tentei fazer uma coisa legal, pra quem quiser colocar um elemento extra nos seus jogos, e ganhar um efeito de jogo a mais ou dois pra usar e se divertir. Tem gente que gosta disso, de ver a diferença entre um soco e um chute na hora de rolar os dados. Outros não se importam tanto assim. No fundo nenhum deles tá errado, nem é obrigado a usar esse material se não achar necessário pra suas partidas.

  7. Griffith disse:

    É tipo isso mesmo! Eu acho que ao invés desse tipo de coisa podiamos juntar um pessoal e escrever o 3det de modo desvinculado de anime e games! Porque tava vendo bem o seu (excelente) BD&T e também a adaptação de game of thrones pra 3det, seria legal um manual resumido (acredito que sem poder de fogo e sim com a vantagem alcance) mais destaque para as pericias e menos poder para aventuras mais reais seria uma ótima alternativa!

    • vekariel disse:

      Eu acho que o material do Burp esta redondinho, na verdade se tu quer algo assim bote mão na massa e faça, eu ja não vejo motivo para desvincular o defensores de anime e games, existem jogos espetaculares que ja são assim… e ae como ficamos? =D
      Parabens Burp o Gun fu ta muito bom… =DDD

    • vekariel disse:

      Um ano depois mas deixo um comentario aqui caso ainda sirva… o defensores NÃO É um jogo narrativista, ele falta ferramentas que tu encontra muito em jogos indie para levar pra esse lado, ele é sim um jogo simples que exige e entrega esta parte de criação da historia ou seja os detalhes de como as coisas ocorrem aos jogadores e mestres por não trazer ferramentas para tal. Tem uma diferença ai… Não que seja ruim apenas que tem diferenças profundas ao se usar o termo…

  8. Sascha disse:

    Desvincular 3d&T de anime/gams é imposivel eles fazem parte da história do sistema, mas não do sistema em si, alem das ilustrações do manual abordarem muito este tema e boa parte dos jogadores do sistema gostarem deste tema, mas é claro que 3d&T nem precisa ser vinculado a estes temas, o próprio capitulo tentando enfiar termos de anime na cabeça das pessoas e os nomes japoneses para as escalas de poder são absolutamente dispensaveis (e olha que sou otaku hardcore assumido)
    no final vai depender tudo do grupo de jogo, para mim adaptações como esta mostram o quão amplo é 3d&T

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: