Mais RPG independente! Terras de Shiang

A produção de RPG independente parece que finalmente chegou ao Brasil.
Impressionante a quantidade de lançamentos que estão acontecendo nos últimos meses.
Hoje, recebi o release do Terras de Shiang, o RPG de Leo Andrade, com uma proposta de fantasia bem diferente da tradicional. Dê uma olhada:

******************

“ Nos confins do universo existe um sol vermelho e frio, orbitado por sete planetas gélidos, inóspitos e desprovidos de qualquer forma de vida.

Sete, exceto um.

O primeiro astro deste sistema – aquele que orbita mais próximo do sol vermelho – tornou-se o berço de grandes e poderosas civilizações, erguidas por criaturas inteligentes que evoluíram de simples lagartos, macacos e tigres.”

Capítulo 1 – Introdução

O RPG Terras de Shiang começou a ser desenvolvido em 1993, por Léo Andrade. Co-autor do ReOps (antigo OPERA RPG), do cenário para o mesmo sistema “O Mais Longo dos Dias” e de vários ebooks, o autor nos revela nessa obra um cenário de fantasia medieval que não apresenta humanos, nem tampouco a influência de Tolkien e de sua mitologia consagrada no RPG do gênero.

As Terras de Shiang são o maior continente de um mundo distante, onde um sol vermelho e gigantesco brilha em um planeta com gravidade menor. Lá se desenvolveram raças humanóides diferentes, como os tireses (evolução dos tigres), símios (evolução de macacos) e lantros (evolução de répteis). Essas raças se envolveram em conflitos internos e externos, num cenário onde a arte da guerra e da magia são elementos chave para a construção da história.

Apesar de ter começado com o sistema de regras AD&D, desde 1994 o sistema utilizado vem sendo o OPERA RPG. Atualmente rebatizado de ReOps, o sistema evoluiu com o cenário, da mesma forma que as raças, a fauna e os deuses e divindades.

Segundo o autor “Atualmente o ReOps pode suportar os mais variados tipos de cenário, com a possibilidade de ajuste de acordo com a realidade desse cenário, com maior ou menor ênfase heróica (o Terras de Shiang utiliza uma ênfase intermediária). As possibilidades de personagens, que se restringia aos heróis tireses na época do AD&D, evoluiu juntamente com o ReOps para proporcionar a possibilidade de interpretação de guerreiros e magos poderosos, espíritos e até mesmo deuses e divindades. Isso faz com que qualquer personagem presente no cenário, possa ser representado por uma ficha de personagem. Essa possibilidade é vista raramente nos RPGs.”

A riqueza de detalhes impressiona bastante, onde diversos artistas trabalharam para ilustrar esse mundo fantástico. No início do livro temos uma história em quadrinhos e um livro de história escrito por um personagem do mundo. Depois temos o cenário e as regras, onde as raças, personagens, arquitetura, itens mágicos estão presentes em várias ilustrações, num número muito maior do que em outros RPG nacionais.

Para conhecer esse cenário, o autor disponibilizou um ebook cujo conteúdo textual é o mesmo do livro impresso. A diferença é que no livro impresso existem mais ilustrações e estas estão pintadas em escalas de cinza. No ebook existem menos imagens sendo a maioria apenas em preto e branco puro.

O livro impresso e com capa dura se encontra em pré-venda no site do RPG:

http://terrasdeshiang.com

Como planos futuros, o autor revelou que além de um romance (escrito por ele juntamente com jogadores de campanha do RPG), também está trabalhando numa animação ambientada nesse cenário.

Se você gosta de aventuras épicas, vale a pena conferir este RPG.

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Leonardo T. disse:

    Fera demais! Uma ótima oportunidade para que não conheceu conhecer o sistema OPERA!!! Já tem um comprador aqui! o/

  2. Mestre dos Magos disse:

    Li o netbook e fiquei impressionado. O q tem a mais no livro? :0

  3. Caro Mestre dos Magos,
    O livro RPG Terras de Shiang tem 180 paginas, capa dura HQ colorida e muitas ilustracoes (pintadas em escalas de cinza). Se vc gostou do netbook, tenho certeza de que gostara do livro impresso.
    []’s

  4. Alex Ricardo disse:

    Adoro qualquer coisa ligada ao OPERA RPG. Vou dar uma olhada nesse aí.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: