Novo livro – Desvendando o RPG: História, definição e prática

Acaba de ser publicado o livro: “Desvendando o RPG: História, definição e prática”. O livro é resultado de uma pesquisa de mestrado.
O cenário: meia dúzia de jovens em torno de uma mesa cheia de livros, papéis e dados. Muitas vozes de todos os tipos e horas e mais horas sentados, concentrados. Eles estão jogando RPG.
Mas afinal, o que é RPG? Por que tanto se fala neste jogo? O que ele tem de especial?
Todas estas perguntas são respondidas por Mateus Souza Rocha neste livro pioneiro. Neste estudo, Mateus tem uma proposta clara: explicar o que é esse jogo, como surgiu e como ele mobiliza diversas esferas de conhecimento, deixando os jogadores (de todas as idades) menos tímidos, mais interessados na leitura, com melhor vocabulário, com maior cultura geral e mais interessados em aprender coisas novas.
O livro se trata de um esforço em desvincular a imagem do RPG a crimes e satanismo, uma pesquisa séria e abordagem claras são marcas registradas do título.
Disponível em pré-venda: http://www.2ab.com.br/Produtos.asp?ProdutoID=671
Certeza de comprar esse livro! R$34,00 no site da 2AB!

Você pode gostar...

9 Resultados

  1. Muito bom!
    Inicio meu mestrado dia 15 abordando o RPG, sobre linguagens, narrativas e juventudes.
    Gilson

  2. O Goblin disse:

    Alexandre,
    Conhece o Autor? Tem alguma info mais detalhada do livro? Algum preview? Algo?
    Porque assim ao que me parece é um livro para o iniciante, mas um livro pro iniciante de 192 paginas é meio “pesado”, então queria saber mais do livro se enfoca tambem para nós dinossauros do RPG, para poder comprar o bicho sabendo o que eu to comprando de verdade né 😀
    Se tiver um preview ou se o autor liberar um preview nem que seja só das 2 primeiras paginas, seria uma grande ajuda.
    Valeu

  3. Guilherme, a quantidade de páginas se deve, pelo o que está no release “O livro é resultado de uma pesquisa de mestrado”, por ser a própria dissertação. Ou não, mas um derivado dela.
    O livro da Andréa Pavão publicado pela Devir, “Aventura da Leitura e da Escrita Mestre de RPG”, é assim, por exemplo. Este não recomendo para quem quer ler sobre o RPG, mas para quem quer conhecer a abordagem científica.
    Gilson

  4. Alexandre disse:

    Exato. Acho que é um livro excelente para você entregar a quem não conhece o hobby, por exemplo, exatamente para desmistificar o jogo.
    Pais de jogadores, imprensa, ou mesmo amigos…
    Além disso, claro, o livro vai ajudar os jogadores antigos a criarem um discurso bacana sobre o jogo.

  5. Mateus disse:

    Pessoal, vou tomar a liberdade de opinar, sou o autor do livro!
    Realmente o livro é resultado de uma pesquisa de mestrado ou seja, tem uma abordagem científica até mesmo para validar as afirmações que faço, estou verificando com a editora a possibilidade de liberar algumas páginas em pdf para facilitar o acesso.
    Embora seja resultado de uma pesquisa de mestrado desde sua concepção foi pensado para sair dos muros da academia, ou seja, com uma linguagem acessível e de fácil leitura, exatamente para atingir pais, professores, interessados no jogo, mídia etc.
    Aos jogadores experientes, constatei na pesquisa, por exemplo que muitos relataram ter sofrido alguma forma de preconceito, assim serve como nosso amigo Alexandre colocou, para elaborar um discurso apropriado sobre o jogo, no livro são listadas cerca de 14 esferas do conhecimento (paciência, tolerância, leitura, escrita, criatividade, raciocínio, atenção, experimentação do real pela fantasia, etc..), que verifiquei serem mobilizadas pela simples prática do jogo, mesmo sem fins educativos, isso já vale como um excelente argumento para tentar resolver os estigmas que o rpg carrega por falta de informação.
    Aos jogadores que realmente viveram a evolução do jogo no Brasil, ou seja, os jogadores de longa data como eu, se torna interessante pelo capítulo que abordo a evolução do rpg, passando por diversas publicações, trato de alguma forma dos problemas gerados pela mídia sensacionalista, como por exemplo caso Ouro Preto, também abordo com notícias do New York Times, o primeiro caso de problema vinculado ao RPG, demonstrando que esses vínculos na maioria das vezes ocorrem por falta de informação adequada.
    Outro aspecto interessante para os jogadores é a retomada histórica do conceito de jogos, passando pela antiguidade com os Gregos, Romanos e Astecas, depois pela era Medieval, Romantismo, até chegar na concepção moderna e finalmente a contemporânea do jogo.
    Enfim, pode agradar iniciantes e os mais experiêntes, depende muito do interesse dos dois públicos. Geralmente jogador de RPG tem uma sede por conhecimentos gerais, cultura etc, nesse caso o livro também é interessante pela passeio pela história.

  6. Eu já tinha decidido comprar, agora irá para minhas referências com certeza.
    Parabéns!
    Gilson

  7. O Goblin disse:

    Mateus,
    Se me permite sua explicação aqui me deu muito mais vontade de comprar o livro do que a propria sinopse do livro. Agora ele esta entrando para a minha lista de proximas aquisiçoes, claro que se conseguir esse preview vai ser melhor ainda e o amigo Alexandre (Cabra doidimais) pode por ai pra gente ver e conhecer melhor.
    Mateus show de bola e valeu por todas as explicações, quem sou eu pra falar alguma coisa mais as explicaçoes das esferas que o livro aborda e a tomada do conhecimento historico tem que ser obrigatoriamente colocadas na sinopse. Fazem você ficar com vontade de comprar.
    Abraços
    O Goblin

  8. Mateus disse:

    Aqui neste link tem mais alguma coisa sobre o livro, um trecho da introdução que mostra como o livro está dividido: http://w2ab.tempsite.ws/2ablog/2010/03/desvendando-o-role-playing-game/

  9. Bibliografia RPG e Educação no Brasil:
    Organizei mestrados, doutorado e livros que abordam RPG e educação nesta postagem:
    http://rpgsimples.blogspot.com/2010/07/bibliografia-rpg-e-educacao.html
    Gilson

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: