O fim da One Bad Egg

A One Bad Egg foi criada por medalhões do cenário de jogos indie, como Spirit of the Century e Don’t Rest Your Head,  no ano passado com o objetivo de fornecer material de qualidade para D&D 4ª Edição. Depois de quase um anoa empresa anunciou o fim de suas operações.
O motivo? Baixas vendas, falta de tempo dos autores e impossibilidade de competir com o D&D Insider e suas ferramentas. Faz sentido. Citando o pessoal da One Bad Egg numa tradução livre:

Criar classes — atualmente um trabalho duro — logo se torna questionável quando não há maneira de prover uma “definição de classe” para uso com o DDI Character Buider, e criar monstros (mesmo um tão divertido como a Death Mother) começa a se tornar questionável quando uma sólida ferramenta de construção de monstros (DDI Monster Builder) é lançada pela editora principal.

Os produtos da One Bad Egg continuarão a venda e o website da empresa não será desativado este ano nem no próximo, e logo a empresa deve transferir seus produtos para a Highmoon Games para garantir a continuidade das vendas.

Nume Finório

Você sabe quem eu sou.

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. @Korrozive disse:

    E se for verdade que o fator tempo interferiu também… que sobre mais tempo para The Dresden Files RPG. 😀

  2. Thiago Vieira disse:

    Meio tenso isso, porque acaba restringindo ainda mais as opções dentro do D&D 4E.
    Uma pena que as empresas pequenas estejas sendo engolidas, isso é meio triste, mas há de ser superado.

  3. Renato Trimegisto disse:

    Droga, adoro Spirit of the century = |

  4. Talude disse:

    Spirit of the Century é bem legal, com a tradução feita pelo +4 ficou mais acessível.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: