Manacca: O Bairro submerso de Rygar (EDITADO)

Originalmente pensado para Rygar, esse lugar pode ser adaptado para qualquer cenário.
Manacca era um bairro situado na orla de um lago salgado, que era a entrada para o mar submerso de Rygar. Há cerca de 5 anos atrás, o bairro inexplicavelmente afundou sobre suas estruturas, e foi inundado pelas águas do mar.
Não demorou para que criaturas subaquáticas, que moravam no antigo porto subaquático da cidade, tomassem posse dos destroços das construções e trouxessem para essa parte da cidade seu próprio estilo de vida e costumes.
Arquitetura:
Apesar de ter afundado há 5 anos, o bairro foi apenas parcialmente reconstruído. Muitas edificações também afundaram por completo, e permaneceram da mesma forma que estavam antes, sendo apenas aproveitadas pelos novos moradores.
O mapa da cidade também permaneceu praticamente o mesmo, embora algumas ruas tenham sido interditadas por prédios que caíram pelo caminho e não foram desimpedidas (já que os moradores podem nadar por cima dos destroços).
Duas pontes que cruzavam o bairro foram destruídas durante o incidente e, infelizmente, ainda não foram reconstruídas, já que seus pilares de sustentação não podem ser alcançados pelas equipes construtoras da cidade.

Problemas:

O bairro é um problema para os burocratas de Rygar, já que todos os seus habitantes se apossaram das construções simplesmente, sem nenhum processo de legalização, compra, registro, etc.
Na verdade, os poderes legais da cidade mal conseguem acessar o bairro para registrar sua nova demarcação (como o mapa de suas novas ruas, ou o nome de seus moradores p.ex.).
Pelas informações que a Ordem dos Burocratas possui, um poder paralelo criminoso se estabeleceu no bairro, e isso seria o motivo pelo qual é tão difícil adentrar os limites de Manacca.
Existem patrulhas criminosas que não permitem a aproximação de não-moradores, e se conveniente, atacam estranhos sem muitas perguntas.
Até mesmo a guilda dos informantes tem problemas para entrar em Manacca. Pessoas poderosas não querem que segredos saiam do fundo do mar.

Vida e comércio:

Na prática, o bairro se tornou a nova via de acesso ao antigo porto submerso da cidade. No entanto, todos os carregamentos e entregas são feitos nos limites do bairro.
Muitos habitantes anfíbios de Manacca tem suas vidas divididas entre o bairro e o restante de Rygar, como normalmente acontece em qualquer cidade. E o bairro é habitado por todo tipo de criatura marinha. Na verdade, Manacca acabou se tornando um verdadeiro refúgio para criaturas aquáticas e anfíbias que precisam visitar Rygar.
Manacca possui uma vida própria, típica de regiões subaquáticas, mas interage com o restante da cidade – bem como o mundo exterior – com a venda de peixes, pérolas, e outros produtos advindos do fundo do mar. Para todos os fins, trate o bairro portuário como um lugar funcional, com hospedarias, lojas, artesanato, etc.

A história por trás (informações para o mestre):

Existem registros de aventureiros que foram contratados pela Alta Burocracia para darem conta de uma infestação de homens-crocodilo nos esgotos do bairro, próximo ao antigo porto. Os aventureiros estavam em missão quando o bairro inteiro ruiu.
Manacca não ruiu por acidente.
Uma visita às antigas estruturas do local e exame mais atento demonstrarão que o lugar ruiu de forma planejada.
Além disso, logo após a submersão de Manacca, Ukupan (um Homem-Tubarão) adentrou os limites do bairro e se estabeleceu como um poder paralelo à burocracia reinante de Rygar.
Com diversos seguidores, Ukupan assumiu o comando do bairro, instituindo uma verdadeira organização mafiosa que domina o novo porto da cidade, e que agora é bem maior que o anterior. Ninguém entra ou sai de lá sem sua permissão. Além disso, os moradores, bem como mercadores que passam por lá, são obrigados a pagarem por sua segurança. Ukupan instituiu uma “taxa” informal, para que sua gangue zele pela segurança das naves aportadas.
Além de dominar Manacca, Ukupan possui conexões com gangues criminosas que atuam nos esgotos (e subterrâneos de forma geral) da cidade. Seus principais aliados terrestres são homens-crocodilos e homens-rato.
Não há dúvida de que o Homem-Tubarão pretende expandir sua influência e território na cidade.

Ukupan:

Ukupan é o líder de uma facção criminosa que domina o bairro afundado de Rygar.
Um aventureiro que iniciou sua carreira nos oceanos abertos do mundo, e conquistou poder e riqueza com a exploração do mundo submerso.

Se chegarem a enfrentar Ukupan, os PCs terão que enfrentar um guerreiro forte, ágil, ameaçador e experiente, além de equipado com artefatos antigos e poderosos.

  • Lança cauda de arraia– Uma lança afiada, capaz de envenenar toda criatura atingida por ela.
  • Braceletes de força de baleia – Força extraordinária (Ukupan JÁ É forte como um Ogro, os braceletes o tornam mais forte ainda)
  • Cinto de proteção do molusco – Regeneração e mimetismo

Todos esses itens precisam ser banhados em água salgada diariamente por, pelo menos 12 horas, para continuarem ativos. Caso os itens deixem de ser banhados, rapidamente enferrujarão e em 2 dias virarão pó completamente.
Habilidades naturais (similares a um tubarão):

  • 4 metros de comprimento
  • Força superior (força natural como a de um ogro)
  • Velocidade na água 3 x superior a de um PC na terra
  • Ataque cortante com seus dentes (capaz de rasgar metal)
  • Pele grossa e cortante como uma lixa
  • Sentidos aguçados (especialmente para cheiros e vibrações na água)

Táticas de combate:

Apesar de ser um oponente muito forte, Ukupan já lutou por tempo demais para saber que o ideal é evitar uma luta. Se souber que existem inimigos buscando um combate, Ukupan enviará seus seguidores e sairá de onde estiver para buscar novo abrigo.
No combate corpo-a-corpo, ele preferirá o ataque sorrateiro, e sempre que possível atacará de surpresa seus inimigos, usando uma velocidade incrível para isso (na prática, ele pode atacar e continuar se movimentando). Além disso, seu cinturão lhe dá a capacidade de mimetismo com o ambiente. Para utilizá-lo, basta sair da linha de visão do oponente. Com isso ele estará automaticamente camuflado novamente.
Uma desvantagem dessa tática é que Ukupan, quando se utiliza da tática de camuflagem, ataca circulando seus oponentes, o que o torna previsível em combate (já que ele é grande e rápido, dificilmente muda de direção durante o combate).
Veja outras contribuições de Rygar aqui.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: