Tormenta 4e: Raças de Personagem VI – Nagahs

E chegamos à última raça de personagem de Tormenta que irei adaptar por agora. As outras ou não são tão básicas assim do cenário (e portanto têm uma prioridade menor) ou eu ainda não bolei direito como lidar com eles dentro das regras do Dungeons & Dragons 4ª Edição.

Nagahs

Seres exclusivos de Arton, nunca foi desenhada uma nagah feia.

Seres exclusivos de Arton, nunca foi desenhada uma nagah feia.


Poderosos caçadores que combinam traços humanos e ofídios

TRAÇOS RACIAIS

Altura Média: 2,25m – 2,45m
Peso Médio: 400Kg – 440Kg
Tamanho: Médio
Velocidade: 6 quadrados
Visão: na Penumbra
Idiomas: Comum, escolha um segundo
Natureza Ofídia: Nagahs são considerados répteis para fins de efeitos que afetem seres com esta palavra-chave.
Cauda: Nagahs não possuem pés. e portanto não podem usar itens mágicos que ocupem o espaço dos pés. Entretanto, elas possuem um espaço especial para itens na cauda, que pode ser usado tanto para anéis mágicos quanto para anéis de cauda.
O anel de cauda é um tipo exclusivo de item, que apenas nagahs podem usar. Qualquer item que ocupe o lugar dos pés pode ser convertido em um anel de cauda e vice-versa sem a necessidade de gastar componentes, através do ritual Encantar Item Mágico.
Resistência a Venenos: Você tem resistência a venenos 5 + metade do seu nível
Cauda Constritora: Você pode usar cauda constritora como um poder por encontro.

NAGAHS FÊMEAS

Valores de Habilidades: Inteligência +2, Sabedoria +2
Bônus de Perícias: Natureza +2, Religião +2

NAGAHS MACHOS

Valores de Habilidades: Força +2, Sabedoria +2
Bônus de Perícias: Atletismo +2, Intimidação +2

Cauda Constritora Poder Racial de Nagah
Inesperadamente você enrola sua cauda em torno de seu oponente, impedindo-o de agir
Encontro
Ação Padrão Explosão contígua 2
Alvo: Uma criatura grande ou menor dentro da explosão
Ataque: For ou Des vs Reflexos
Acerto: 1d6 + modificador de Força de dano, e o alvo estará agarrado. Você não precisa manter-se adjacente ao inimigo agarrado, pode ficar a uma distância de até 2 quadrados dele e ainda assim manter o agarrão.
Nível 11: +2 no ataque e 2d6 + modificador de Força de dano
Nível 21: +4 no ataque e 3d6 + modificador de Força de dano
Sustentação Menor: Você pode sustentar o agarrão como uma ação menor e causar seu modificador de Força de dano no alvo.
Especial: Uma vez escolhido se você fará o ataque deste poder com Força ou Destreza, esta decisão não poderá mais ser mudada.

Nagahs são indivíduos com torso e cabeça humanos e cauda de serpente. Criados por Alihanna, eles são caçadores natos. Apesar de serem julgados como primitivos pelos outros povos, eles já mostraram mais de uma vez extremamente capazes no manuseio de ferramentas complexas (inclusive armas), habilidade que eles não têm medo de usar em batalha.
Jogue com um nagah se você quiser . . .

  • ser capaz de usar seu poder físico ou intelectivo superior para vencer desafios.
  • ser um indivíduo capaz de viver em sociedade, mas ainda em contato íntimo com sua natureza selvagem.
  • ser membro de uma raça que favorece as classes clérigo, guerreiro, mago e patrulheiro.

Traços Físicos

Apesar do dimorfismo sexual, tanto o macho quanto a fêmea nagah apresenta a metade anterior do corpo humana, e a metade posterior como serpente. São maiores que um homem, apesar de boa parte de seu corpo ser usado para a susentação e locomoção, de modo que sua altura aparente é a de um humano alto. De fato, esforçando-se um pouco o nagah pode aumentar ou diminuir sua altura aparente em cerca de 1 metro, de acordo com a forma que ele escolher acomodar a parte reptiliana de seu corpo. Coisa que os machos freqüentemente fazem quando precisam intimidar seres de outras raças.
Nagahs são répteis. Têm sangue frio, escamas e a parte posterior de seu corpo tem todos os órgãos internos comuns às cobras, com algumas poucas diferenças. Sua parte anterior possui os órgãos internos, pêlos e cabelos iguais aos dos humanos, com algumas poucas diferenças. As fêmeas consideram seus cabelos uma questão de honra, sempre mantendo-os bastante longos e bem-cuidados. Similar à barba dos anões.
Seus crânios são ligeiramente mais alongados que os dos humanos. Suas faces geralmente apresentam traços orientais, lembrando um pouco as feições alongadas dos elfos. Alguns inclusive apresentam orelhas pontiagudas. Os olhos, de cores variadas, são como os de répteis, com pupilas fendadas e verticais.
Nagahs não possuem uma audição muito boa. De fato, surdez parcial é uma característica comum entre elas.
Nagahs têm o mesmo tempo de vida de um elfo, mas existem casos de nagahs ainda mais velhas, com idade quase duas vezes maior do que se imagina que um elfo seja capaz de viver.

Jogando com um Nagah

Nagahs aventureiros costumam se dedicar ao clericato como druidas ou xamãs da Grande Nagah (um aspecto de Alihanna), estudo da magia ou combate. Os machos sempre seguem caminhos mais combativos, por acreditarem que a principal ferramenta de um homem deve ser a arma que ele empunha.
Nagahs possuem grande paixão pela música, mesmo que não consigam escutar muito bem. Isso porque o que as atrai não é o som, mas sim a vibração gerada. Entre as Nagahs os grandes músicos são considerados quase bruxos.
Características dos Nagahs: Bestial, dedicado, elegante, espiritualisado, fanático, hedonista, introspectivo, místico, predatorial, sábio, sedutor.
Nomes Femininos de Nagahs: Anoushza, Ayszel, Desszirinda, Fasra, Kandassia, Karess, Luksa, Ssaphira, Sstelara, Szevan, Vesspera.
Nomes Masculinos de Nagahs: Aram, Arselios, Bedros, Haig, Hovsep, Narerk, Sahak, Szevan, Taniel, Vahan, Yethan.
– – –
Aí está a minha versão para os nagah. O que acham?

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Nibelung disse:

    “Alvo: Uma criatura do seu tamanho, uma categoria maior ou uma categoria menor”
    Seria melhor escrito como:
    “Alvo: Uma criatura grande ou menor dentro da explosão.”
    Além disso, na linha acerto, você poderia simplesmente dizer “o oponente está agarrado”, e poupar a cópia completa das regras de agarrar. Também recomendo escalar o ataque automaticamente, já que ele não é um ataque nem de arma, nem de implemento. For ou Des +2 no 11° nível, e For ou Des + 4 no 21° nível. Só que apenas agarrar a 2 quadrados de distância, embora bom, não creio que valha um poder racial. O que você acharia de adicionar uma Sustentação mínima: Cause 1d8 de dano no alvo agarrado (2d8 no 11° nível, 3d8 no 21°). Incentivaria os nagah a utilizarem armas de alcance, e teriam uma excelente forma de manter um inimigo afastado sem ameaçar os aliados. Além de incentivar o uso da manobra agarrar, que é considerada fraca porque imobilizar um oponente adjacente é uma péssima opção.

    • CF disse:

      Pior que está certo, Nibe. Não há porque limitar o tamanho do alvo da mesma forma que ocorre numa situação normal de agarramento. Até porque é um poder.
      Sobre simplesmente fazer referência à manobra, no lugar de copiar o texto: eu achei por bem colocar tudo de uma vez porque as pessoas têm mania de não ler as regras. Mas esta decisão ainda não está totalmente fechada. O que você acha? A gente dá este voto de confiança para os jogadores?
      E vou também acatar a sugestão de escalonar. Foi algo que me passou batido, e que é realmente necessário. Inclusive, a minha idéia é justamente incentivar os Nagahs a usar armas de alcance mesmo (culpa dos Naga do Legends of the Five Rings, eu suspeito).
      Valeu mesmo pelas críticas, cara.

  2. Spell, corre que o Cassaro vem aí! 😉

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: