7 jogos antigos que valem a pena

Parece estranho pensar assim com apenas 21 anos, mas os velhos tempos eram divertidos. Os adolescentes de hoje em dia, acostumados que estão com essa leva de novos jogos e consoles, acham que Final Fantasy VII é apenas um filme legal com o subtítulo Advent Children. Pior, erguem as sobrancelhas em descrença quando algum de nós tenta dizer que o melhor RPG eletrônico de todos os tempos se chama Chrono Trigger, e não qualquer um dos novos RPGs e MMORPG que apareceram nos últimos anos.
O pior provavelmente são os nomes dos novos consoles: PS3, XBox 360, Wii… Quando foi que os consoles deixaram de ter nomes legais como Playstation, Mega Drive, Super Nintendo e outras coisas pronúnciaveis para ganharem essas coisas que mais parecem códigos?
Se você assim como eu é um velho de 20 anos e também sente saudades da boa e velha década de 90 e seus games, hora da nostalgia.
1. Chrono Trigger: Esta obra-prima da Squaresoft (para os jovens, atual SquareEnix) reuniu um verdadeiro panteão de grandes nomes da indústria de games e do entreterimento. O Dream Team, como a equipe criativa ficou conhecida, reunia nada mais nada menos que Hironobu Sakaguchi (produtor da série Final Fantasy), Yuji Horii (diretor da série de jogos Dragon Quest), Akira Toriyama (mankaká de Dragon Ball), o produtor Kazuhiko Aoki e Nobuo Uematsu (músico de Final Fantasy).
Lançado para o Super Nintendo em 1995, já no alvorecer da era dos consoles de 32 bits, Chrono Trigger revolucionou o modo como os jogos de RPG seriam feitos dali para frente. O sistema de batalha empolgante, história envolvente, personagens cativantes, belos gráficos e principalmente o inédito sistema de múltiplos finais para a história simplesmente não encontravam igual. Então se você ainda não jogou está maravilha, trate de conseguir logo uma cópia.
2. Final Fantasy VII: De longe o game mais amado da franquia Final Fantasy no console de 32 bits da Sony, e provavelmente o mais conhecido da atual geração, graças aos vários spin-offs como Dirge of Cerberus 1 e 2 (PS2 e Mobile, respectivamente), Crisis Core (PSP) e Before Crisis (Mobile), além do filme em computação gráfica Advent Children e do OVA Last Order. O último feito do jogo foi vender mais de 100 mil downloads na PlayStation Store em duas semanas.
A história de Final Fantasy VII foi um marco para o amadurecimento dos games. Seus personagens lidavam com problemas e questões que até então você só encontrava no noticiário. E o melhor: de um jeito legal.
3. Metal Gear Solid: In Kojima we trust.
4. Resident Evil 3: Certo, o primeiro Resident Evil era do caralho, o segundo era fenomenal, mas o terceiro tinha a Jill de mini-saia, diacho! E não era só isso, o filho da puta do Nêmesis conseguia dar ao game um ritmo frenético de perseguição e suspense até então inédito na franquia. Você nunca se sentia seguro ou com munição suficiente, porque a qualquer momento aquele viado maldito apareceria balbuciando “STARSSS” e você ou se cagava todo e corria feito louco, ou se preparava para gastar toda aquela preciosa munição e medicamentos que você havia guardado até o ponto.
Claro, para àqueles com bolas para enfrentar o gigantesco BOW que andava pra lá e pra cá com uma bazuca, havia um prêmio que valia o esforço: armas especiais. Uma pistola capaz de explodir a cabeça de um zumbi com um tiro e uma espingarda calibre .12 de ação rápida. Eram o orgulho de qualquer jogador, de mostrar pros amigos, porque significavam que a bunda do Nêmesis tinha sido chutada repetidas vezes ao longo do jogo.
Resident Evil 3 também tinha um sistema de esquivas inédito até então, apesar de confuso e nunca explicado, ele era vital para a sobrevivência no mini-jogo The Mercenaries que era habilitado quando se fechava o game. Jogar com Nicholai sem esquiva seria o pesadelo supremo! Aliás, The Mercenaries é outro motivo para Resident Evil 3 ser o melhor da série na era 32 bits, um mini-game tão bom que foi copiado em Resident Evil 4, de 2005.
5. Silent Hill: Antes de filmes como O Grito e outras pérolas do cinema de terror japonês pipocarem aqui no ocidente, Silent Hill veio para deixar todo gamer da época com medo. Era simplesmente impossível jogar sozinho a noite. A maior parte do jogo você tem que se virar contra criaturas sobrenaturais com coisas como um cano de ferro ou armas de fogo que não sabe manusear e com munição limitadíssima. Fazendo você correr por um lugar para se esconder. Só que a maioria das portas está fechada intencionalmente para aumentar a sensação de desespero do jogador.
E o pior é que, quando havia uma porta aberta, normalmente ela levava para um lugar pior. Silent Hill é puro medo e nenhuma das sequências conseguiu captar isto com a perfeição do primeiro.
6. Dino Crisis 2: Se o primeiro Dino Crisis era um Resident Evil com dinossauros no lugar dos zumbis, Dino Crisis 2 conseguiu criar realmente um estilo para este game da Capcom. Ação ininterrupta do começo ao fim, armas bacanas, uma boa história e personagens marcantes.
Anos mais tarde, a Capcom usou alguns elementos desde game para redesenhar Resident Evil em sua quarta encarnação, e finalmente dando um nome para o estilo criado em Dino Crisis 2 ? Survival Action.
7. Vigilante 8: Ok, Twisted Metal veio primeiro, é bem legal e tal, mas foda-se: Vigilante 8 tem mais estilo! Além de carros mais estilosos, gráficos melhores, especiais malucos e diversão de primeira qualidade, Vigilante 8 também tinha uma excelente trilha sonora ? porque você mesmo escolhia!
Na versão para Playstation, você podia retirar o CD do game, colocar o CD da sua banda favorita e continuar explodindo carros com mísseis ouvindo Highway to Hell. Ha! Tente competir com isso, Twisted Metal!

Nume Finório

Você sabe quem eu sou.

Você pode gostar...

82 Resultados

  1. balard disse:

    Nunca vou conseguir ver o que todo mundo vê no FF7… Acho o 6 superior em tudo, tirando os os gráficos…
    E Twisted Metal 2 é Muito Melhor que Vigilante 8 😉
    Resident e Dino Crisis nunca me chamaram a atenção
    Silent Hill é ótimo, mesmo eu preferindo a série Fatal Frame pelo terror mais sutil que q o gore do SH.
    Mas, a gente concorda com Metal Gear 😀 Quero muito jogar o 4 🙁
    E até hoje é difícil ver algum jogo mais Completo que Chrono

    • Nume Finório disse:

      Simples, ele foi o melhor Final Fantasy do console que predominou durante toda a segunda metade da década de 90. Mesmo que o VI seja melhor, mais pessoas jogaram o VII.
      Twisted Metal é legal, mas prefiro meus carros estilão anos 70 e ouvindo AC/DC. 🙂
      Ah, e o primeiro Dino Crisis era muito chato, passe longe. Fatal Frame foi um que nunca joguei. 😐

  2. Fabiano Neme disse:

    Eu definitivamente tô velho. Achei que ia ler sobre Streets of Rage, Toe Jam & Earl, Golden Axe… ok, Chrono Trigger é velhão, mas os outros… cheirinho de leite com pêra 😛
    Jogo velho pra mim é aquele que só funciona se assoprar o cartucho.

  3. Alex disse:

    Apesart do ótimo artigo, o comentário "viado maldito" é bem dispensável, não concorda?!

  4. Cassaro disse:

    1. Chrono Trigger: Foi relançado recentemente para DS, com uma sidequest extra envolvendo os Reptites. Ai de quem perder.
    2. Final Fantasy VII: Não entendi qual a dificuldade de todo mundo em levar a Tifa ao parquinho.
    3. Metal Gear Solid: Conheço um camarada que nunca terminou o game porque não tentou trocar os controles contra o Psycho Mantis.
    4. Resident Evil 3: Eu corria do Nemesis feito uma menininha.
    5. Silent Hill: Minha estratégia era apagar a luz e correr feito um demente.
    6. Dino Crisis 2: Uma palavra: giganotossauro.
    7. Vigilante 8: Eu não dirijo. Nada. Nunca.

    • Nume Finório disse:

      Essa versão pra DS do Chrono Trigger é muito safada. Tirando a sidequest, não tem mais nada de diferente da versão de 95 do Super Nintendo. Não é a toa que as vendas não foram dentro do esperado. 🙁

    • kendi disse:

      "Eu corria do Nemesis feito uma menininha. "
      Eu sabia que o Cassaro tinha um ponto fraco, nem que fosse virtual.

    • BURP disse:

      "3. Metal Gear Solid: Conheço um camarada que nunca terminou o game porque não tentou trocar os controles contra o Psycho Mantis."
      Eu conheço um camarada que venceu o Mantis sem trocar e controle e nem destruir as estátuas, só na raça mesmo…
      "5. Silent Hill: Minha estratégia era apagar a luz e correr feito um demente. "
      Putz… Nem me fala em Silent Hill. Jogar esse jogo de madrugada, com todas as luzes apagadas, foi uma das experiências mais tenebrosas que eu já tive na vida. Tiveram até ocorrências sobrenaturais na minha casa durante as partidas…

  5. Nume Finório disse:

    Ah, aproveitando pra vocês verem como são velhos, oia aí os anos de lançamentos dos games 😀
    1. Chrono Trigger (1995)
    2. Final Fantasy VII (1997)
    3. Metal Gear Solid (1998)
    4. Resident Evil 3 (1999)
    5. Silent Hill (1999)
    6. Dino Crisis (2000)
    7. Vigilante 8 (1998)
    Ou seja, o game mais novo aí tem 9 anos, o que me leva de volta aos 12 anos de idade @@

  6. Maury disse:

    Ah, eu achei que era jogo velho mesmo. Coisa como Tetris, Galaxy Attack, Double Dragon, Ninja Gayden, Didi na Mina Encantada… qual é, meu primeiro video game foi um Odyssey (era da época do Atari, ou até anterior), só depois ganhei um Top System da Nintendo (anterior ao SNES)…
    Mas sim, muitos dos mencionados aí era ótimos (com exceção de alguns que não joguei; nunca tive nenhum Play). Aliás, eu to jogando Chrono Trigger no emulador só pra matar a saudade :D.

  7. Fernando Augusto disse:

    Hmmm… Sei que os 7 ali citados são obras primas, mas preciso adicionar alguns jogos que deveriam levar, ao menos, a "Honra ao Mérito":
    1 – Zelda: Ocarina of Time. Na boa, o melhor Zelda. O Link to the past fica em segundo na listagem.
    2 – Chrono Cross: Chrono Trigger é TOP, mas o trabalho final do Chrono Cross chegou a ganhar nota máxima em diversos sites especializados. E a trilha sonora de Marbule (Versão Metal) ainda é o meu atual Ringtone. Merece ser ao menos citado.
    3 – Shining Force II: Melhor RPG da linha SEGA. Indiscutivel…
    4 – Parasite Eve: Como esquecer que a culpa de tudo é das Mitocôndrias?
    Fora outras sequencias memoráveis como "Grandia", "Alundra", "Breathe of Fire", "Tales of [qualquer coisa]", "Secret of Mana", entre outras que nós ocidentais não tivemos muito acesso, como "MÄR"…
    Meus $0,02… E tenho dito.

  8. Tek disse:

    Nossa, Double Dragon do Nintendinho era fenomenal. Junto com o primeiro Megaman e o Mario 3 (achava sensacional aquela roupa de guaxinim).

  9. Thyago disse:

    rapaz, eu sei que tou velho ao ver que nenhum pivete de hoje nem imagina o que é chrono trigger.
    o maior e melhor rpg de todos os tempos e quase ng jogou ç.ç

  10. Thyago disse:

    Agora que li com um pouco mais de atenção o post…
    cara… vc REALMENTE não jogou o Silent Hill 2 ou simplesmente não foi com a cara do jogo? SH2 é considerado o melhor da série pela maioria dos fãs O__O'

  11. Tive um videogame que os controles eram dois botões giratórios que eram fixo no console e as imagens eram bastões que iam para cima e para baixo e uma 'bolinha quadrada'. Não sei se era o Pong ou uma versão dele. Depois veio o Intelevision.
    Não somos dinossauros, alguns que são novos mesmo. Enfim, gerações diferentes. Mas eu curti muito os coloridos anos 80 e na adolescência os doidos 90.
    Gilson

  12. Arquimago disse:

    Não joguei muito em consoles sou mas Pc…. porque o item "3. Metal Gear Solid: In Kojima we thrust." só tem isso?

  13. Thiago disse:

    Também gosto muito do Chrono Cross. Aliás, umas das primeiras cantadas em japonês que realmente agradava era aquela do final, do Radical Dreamers.
    Outros jogos bons do Super Nintendo: Super Mario RPG, Battletoads (Sapos esquisitos dando golpes esquisitos),
    O Boogerman (um super herói que saía da privada!!!!) entre outros.
    Bons tempos aqueles.

    • Pedro Gabriel disse:

      Super Mario RPG: fantástico!
      Zelda também, mas os de SNES e Game Boy — não joguei os posteriores…
      E a música… muitas das melhores músicas que eu já ouvi foram as compostas para games antigos.
      Quem lembra de Donkey Kong Country 2, aquela fase do 3º mundo em que os protagonistas se transformavam em cobras-molas? A música da fase era muito boa!
      A musiquinha de Zelda também!
      Bons tempos…

  14. Gustavo Brauner disse:

    Se vocês não jogaram…
    1) Zelda: A Link to the past (no SNES);
    2) Super Mario 3 (no Nintendinho, não no SNES);
    3) Phantasy Star 1 (no Master System);
    4) Sonic 1 (no Genesis/Mega Drive);
    5) Streets of Rage (Fenesis/Mega Drive);
    6) Double Dragon (Nintendinho);
    7) Battletoads (Nintendinho);
    8) Golden Axe (Genesis/Mega Drive);
    9) Pac Man (Atari);
    10) River Raid (Atari),
    então eu tô mesmo velho… XP

  15. BURP disse:

    Nah, eu não sou "velho", só sou jovem há mais tempo que outras pessoas =P
    Mas pra mim faltou mesmo foi Prince of Persia (o original, claro). E o imbatível California Games do Master System, esse eu jogo até hoje em emulador…

  16. Fernando Augusto disse:

    Um pouco antes do Prince of Persia, ainda no tempo do finado PC-XT, tinha jogos legais como Montezuma (acho q saiu pra MSX tb), Novatron (Aquelas motos do filme TRON, alguem lembra?), Pressure Cooker (saiu pra atari)…
    Nos tempos do 386/486, tinha um dos melhores RPGs que eu ja joguei na minha vida: Darklands. Além dele, a serie X-COM, Ultima, alguns D&D (Eyes of Belholder, Forgotten Realms, Dark Sun, Ravenloft…)
    Tá ficando dificil não espirrar de tanta poeira… Vamo la, q ta cheio de jogo bom debaixo dessa poeirada toda…

  17. Fernando Augusto disse:

    A proposito… Alguem jogou NetHack???? Se jogou, já conseguiu o verdadeiro Amuleto de Yendor?

  18. Kuriboh disse:

    Alex Kidd. Sem mais.

    Zoeira. Tirando FF e Metal Gear [que não joguei], todos os outros jogos são fodas mesmo. Principalmente Chrono Trigger. O mais marcante do CT com certeza eram seus vários finais [Obs: eu achava mais difícil matar aquele monstro que te treina no End of Time, do que o Lavos].
    Joguei muito Vigilante 8, muito, até enjoar. Mesmo sendo a mesma coisa repetida de sempre, parecia que a cada partida tinha alguma coisa nova.
    Silent Hill era bizarro mesmo.
    Agora um detalhe especial para Resident Evil e Dino Crisis: Não importa o quão fudido, arranhado, mordido, dilacerado, mancando… Você sempre irá subir/descer as escadas em PERFEITAS condições, fato.
    Obs: Só faltou o Winning Eleven 2000.

  19. Pedro Gabriel disse:

    Mas se tem algo em que é preciso dar o braço a torcer para a nova geração, é Kingdom Hearts. Joguei o II, e posso dizer: Action RPG fantástico, um sistema de combate e evolução que mistura o melhor dos joguinhos de aventura (estilo Mario) com os RPGs clássicos. E o melhor: não muda para uma tela de combate! Bem, Chrono Trigger também não, mas o "mood" no game era muito diferente entre a caminhada e o combate, e em KH quase não muda.
    E é SquareEnix. E é Disney, também, mas o jogo ficou muito bom!
    E podiam lançar uma continuação direta de Super Mario RPG, com os mesmos personagens (o Mallow, o Geno, e o Bowser e a Toadstool na mesma equipe do Mario, haha! Só acrescentava o Luigi e o Yoshi) e a mesma história engraçada que fez eu virar fã. Detalhe: também Square, e Nintendo.

    • Maury disse:

      Tem meio que uma continuação do Super Mario RPG pro GBA, é Mario & Luigi Superstar Saga; não é uma continuação direta, mas tem uma mecânica similar, e tem até umas "homenagens" do Mario RPG escondidas por lá.
      Falaram de Battletoads, alguém lembre que existiu um jogo que era os sapos do Battletoads lutando junto com os irmãos do Double Dragon? Não lembro o nome, mas era alguma coisa tipo Double Dragon & Battletoads mesmo.
      Bah, e como eu fui esquecer os Megaman! Eu sempre fui fãzão do robô azul. Joguei quase tudo dele.
      Engraçado que ninguém falou em Street Fighter e Mortal Kombat. Ah, convenhamos, eles marcaram geração. Foi o ápice dos jogos de luta pra mim. Eu lembro que tinha uma vizinha minha, uns 10 anos mais nova (uma pirralha) que me dava um pau no Mortal Kombat…
      E esses jogos todos são anteriores à profusão dos computadores domésticos (ou pessoais, sei lá). No meu 386 eu jogava era a trilogia original do Alone in the Dark (muito melhor do que esse New Nightmare, que é quase uma cópia do Resident).

  20. Filipi disse:

    Cara, tinha um jogo que eu adorava para Mega Drive, o Shining Force, tanto o 1 quanto o 2… muito bons!!!
    Phantasy Star era de mais também!
    Isso sem contar Zelda e Streets of Rage!
    RE 3 foi muito bom! Do nada aquele fdp do Nemesis aprecia pra encher a porra do saco!
    Ótimos jogos!

  21. Talude disse:

    Citando apenas RPGs:
    * Zelda – série Oracles: Tô jogando para fazer final pela quarta vez.
    * Phantasy Star: Primeiro título em português (o segundo foi Futebol) viciante!
    Streets of Rage, Final Fight, Golden Axe, Double Dragon: Adoro jogos beat'em-up!
    Nãoi tão antigos: GTA III, VC, SA.
    Futebol: World Championship Soccer (Mega), International Superstar Soccer Deluxe (SNES, Mega, PSX), Winning Eleven 2002 (PSX), FIFA 98 (PC, PSX, N64, SAT).

  22. Pecado mortal não falar que o compositor principal de Chrono Trigger foi Yasunori Mitsuda.
    E listas são como sistemas de rpg, cada um tem seus preferidos 😀

  23. J-oker disse:

    Maioria desses jogos não são muito antigos ._. e são bem populares alguns.
    Sobre Twisted Metal, tematica dele é sombria, quando do Vigilante é algo mais retro. E também póssivel fazer isso de trocar de cd pra ouvir propria ost '-'

    • adao_pinheiro disse:

      É verdade, no Twistted também dava pra trocar e botar um CD de música. Mas, vejamos… No vigilante 8 tinhamos cenários que podiam ser destruídos (muitos jogos de HOJE não trazem isso, porra), além do dano que era mostrado nos veículos. Twisted tinha carros que pareciam de brinquedo, e olhe lá. Vigilante 8 foi com certeza um dos melhores do PS. Pena não ter continuações atualizadas no PC e consoles da nova geração. Imagina aquele especial do John Torque em alta definição e Double Surround de 987623.80945 canais…

  24. Nume,
    Faz um favor pra ti mesmo. Joga os Final Fantasy 4 e 6. Depois, substitui o 7 pelo 6 na tua lista. Porque Final Fantasy bom, é do Super Nes.

  25. kendi disse:

    Uma pena Chrono Triger ter dividido opiniões (apesar do sucesso até que alto) entre os não criticos de videogame. Acho que isso foi um dos fatores que impediu uma continuação com todo o elenco de estrelas do original.
    Quanto ao Kojima, nunca duvide da qualidade de um cara que aparece mais de cinco vezes nos créditos finais.

  26. Renato disse:

    Tenho orgulho de dizer que ja joguei todos e confirmo totalmente com o rank, porém falta alguns. FFVI, Tetris, Pokémon…

  27. Filipi disse:

    Cara. com certeza os FF do SNES eram muito bons!!! Viciantes!

  28. Taegos disse:

    Maldito Lavos.
    Nunca conseguia matar o desgaçado. Agora trabalho feito um condenado e não consigo me livrar do diabo do bicho….

  29. Rom_Machado disse:

    Pra mim os 7 são:
    Chrono Trigger
    Secret of Mana
    Zelda: A link to the past
    Gun.Smoke
    Full Throttle
    Civilization II
    Final Fantasy Tactics
    Não necessariamente nessa ordem.
    Tem muitos outros jogos bons que marcaram minha infancia (eu me amarrava em ver meu pai jogar), com certeza eu estou cometendo alguma injsutiça. (Prince of Persia, Sunset Riders, Street of Rage, Sonic, King's Quest 6 poderiam até entrar na lista)
    Acho que sou o unico que prefere os FF8 e Tactics ao 7 =P

  30. hackbarth disse:

    Dos sete jogos antigos, seis são jogos 3d?
    É isso que dá alguém com "apenas 21 anos" ficar falando bem dos
    "velhos tempos"… 🙂 Vou me recostar com meu pijama e pantufas no
    meu sofá, reclamar das dores nas costas, e curtir um pouco de CAT.EXE,
    Prince of Persia, Xcom, Civilization, Lemmings, Hot Roads,
    Wolfenstein3d…
    Caramba, olha que fantástico os gráficos 3d do Wolfenstein…

    • Tek disse:

      Lembrei do Monkey's Island e do Day of the Tentacle. Fiquei semanas pra zerá-los, na época não tinha Internet pra pegar os cheats, e acessar BBS era caro demais pra mim.

    • Fernando Augusto disse:

      CARACA!!!!! CAT!!!!! Como eu pude esquecer do CAT!!!!! Lembrando o que um pobre gato tem que fazer pra garantir o da noite….
      Day of the tentacle, Secret of Monkey Island I e II, Maniac Mansion, Indiana Jones and the Fate of Atlantis… Caraca, vou fazer dump da sarcofago.com.br de novo….

  31. Ao meu ver tu esqueceu de The Legend of ZELDA Ocarine of Time.
    Um jogo com alguns vários erros de gráficos como a maioria dos games do N64, mas mesmo assim foi o MELHOR jogo já lançado para o N64 (mesmo sendo lançado depois o Majora's Mask que era bem mais aperfeiçoado).
    Zelda oot foi o primeiro jogo que utilizou o sistema de trava para combate, aquqela "mira" que aparece no inimigo ou alguns outros pontos especiais do cenário em vários jogos depois que vc preciona determinado botão e serve principalmente para lutar frente a frente com um inimigo se o jogo não tem "mira automática".
    Zelda oot pode não ter sido lá grandes coisas como um verdadeiro jogo do estilo RPG, mas a história do jogo, a capacidade de percorrer a grande Hirule Field, ver o dia virar noite e mudar praticamente todos os acontecimentos do cenário, começar com um personagem com cerca de 12 anos e viajar no tempo até cerca de 20 (não sei as idades ao certo), cavalgar por quase tudo que é lugar á cavalo, entrar no castelo e espiar os quadros do Mário e outros personagens pela janela e ainda ser espulso do castelo e nunca mais poder entrar caso vc atire pedras nos vidros foram coisas inovadoras.

    • Taegos disse:

      O Ocarina of time realmente foi um marco. Nunca vão conseguir fazer um jogo tão bom quanto… o problema maior é que hoje em dia os gráficos falam mais alto, ninguém mais pensa em um jogo com roteiro bom. Qual é a grande sacada dos FF? A história.
      O FF6, tido por muitos como o melhor da história, leva esse título por causa do roteiro. Assim como outros jogos muito bons que foram "estragados" pela nova geração.
      Meu eRPG preferido é Breath of Fire. Que nunca mais terá continuação porque a CAPCOM acha que para fazer RPG bom você tem que investir nos gráficos 3D. Como eles não conseguiram exito com o Breath of Fire V : Dragon Quarter — que por sinal tem um roteiro muito fraco e uma jogabilidade e replay piores ainda — eles DESISTIRAM.
      Breath of Fire IV tem um roteiro tão bom, tão bom, que quando eu comecei a jogar pensei que houvesse um anime sobre a história…
      Gastei muitas horas na frente do Playstation jogando aquele RPG.

  32. Rom_Machado disse:

    Lembrei de outro que marcou: Time Commando
    Pena que esses jogos antigos de PC não rodem mais aqui…

  33. Uma coisa sobre Chrono Trigger:
    Em vários momentos do jogo dá vontade de chorar e de ficar fulo da vida com os monstros.
    Quem nunca se emocionou quando o Robo leva uma surra dos irmãos e não não revida e nem deixa os outros atacarem pq não quer ferir seus irmãos?
    Ou quando o Froggy recebe a Masamune reparada, ou quando o personagem principal MORRE! E vc faz tudo pra ele voltar!
    Definitivamente, CT(que não é Coubnter Strike, hehe) é o melhor jogo pq foi um dos primeiros, senão o primeiro jogo a explorar tanto as emoções do jogador!
    Sim, eu jogo CT pelo menos uma vez por ano!

  34. Counter Strike*

  35. Moreau do Bode disse:

    Caramba!
    Como em uma lista dessas não tem Castlevania: Symphone of Night,Synpho filter(?) Rock n Roll Racing, Crash, The King of Fighters, Metroid, Metal Slug 😀
    essa lista teria que ser bem maior…

  36. Kuriboh disse:

    Blood Omen*

  37. Tênis do Pong: dois bastões e uma bola quadrada. Controle giratório, para cima e para baixo.
    Gilson

  38. Francisco disse:

    Gosto muito do FF5, pois o estilo de classes lembra muito um jogo classico de D&D, a trama do jogo tbm é bem interessante. Estou procurando algum jogo pra pc desse estilo mais está meio dificil encontar. O ultimo jogo que realmente me empolguei foi Diablo 2, se me recomendar algum jogo bom de rpg pra pc que não necessite de uma maquina de ultima geração pra rodar o gamer’ eu agradeço. ;D

  39. luiz junior disse:

    Joguei bastante resident evil 3,época boa em que eu passava horas jogando e com o maior medo rs,silent hiil tambe e muito bom.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: