Iniciativa 4e: O Falso Sacerdote

Hoje é sexta-feira, dia dos artigos da Iniciativa 4e! Onde você encontrar o selo ao lado, esteja certo que encontrará material escrito e revisado para a 4ª edição do D&D, com posts conjuntos, temáticos, a cada quinzena.
O tema dessa semana é a Mentira. E para esse tema eu resolvi criar um mentiroso bastante interessante para você usar em seus jogos.

Os deuses do bem muito se agradam quando surgem indivíduos dotados de um fervor e devoção que os destaca dos outros sacerdotes. Estes normalmente são presenteados com dons especiais, suas preces são atendidas com maior eficácia, tudo para tornarem-se verdadeiros exemplos vivos das virtudes que estes deuses representam. Homens santos. Os deuses aguardam bastante destas pessoas.

Tirado do Disciples of the Dark Gods, suplemento para Warhammer 40.000

Tirado do Disciples of the Dark Gods, suplemento para Warhammer 40.000


Mas os mortais são falhos por sua própria natureza, e a embriaguez causada pelo poder pode levar mesmo o mais santo dos homens a dar as costas para suas crenças. Seja num ato impensado e sem volta, ou num processo lento de decadência, sempre há aqueles indivíduos que terminam voltando-se para o mal apesar de todo o investimento que os deuses fizeram em sua pessoa. Pudera. São estes os que as forças malignas tentam com as melhores ofertas.
A ira dos deuses do bem não é algo a ser subestimado. Estes traidores normalmente são punidos no fim de suas vidas, amaldiçoados a caminhar pelo mundo na forma de mortos-vivos. Os deuses do bem ficam vingados e as forças do mal garantem que aquela alma com tanto potencial não sirva para aumentar o poder de seus oponentes.
Mas alguns destes indivíduos especiais atraem a atenção de entidades poderosas das forças do mal. Sejam deuses malignos ou lordes dos nove infernos, o ser que voltou sua atenção para o devoto caído resolve adicionar injúria ao insulto. Quando o pobre pecador morre e é amaldiçoado pelos deuses com a morte em vida, seu diabólico patrono o reveste de poderes sombrios. E assim nasce o Falso Sacerdote, um morto-vivo raríssimo, criado para infiltrar-se em ordens religiosas bondosas e lá dentro enganar e manipular.
Disfarçando sua natureza real, eles entram nas instituições e usam suas mentiras doces para assegurar uma posição de poder. Estão sempre dispostos a ajudar, ouvir os problemas das pessoas e oferecer um pouco de sua sabedoria – coisa que parecem sempre ter de sobra. De lá espalham sua influência nestas organizações como um câncer, na esperança de levar a decadência e a corrupção o mais longe que puderem. Eles tentam subverter lentamente as pessoas ao seu redor, influenciando-as a serem mais brutais e egoístas, levando a fome e guerra para onde quer que se instalem.
É difícil descobrir um Falso Sacerdote. Suas mentiras doces e modos discretos evitam que as pessoas ao seu redor desconfiem de sua santidade, e comumente eles conseguem rapidamente a confiança de governantes e homens santos, que podem atestar sua confiabilidade.

Falso Sacerdote

FALSOS SACERDOTES SÃO CRIADOS PARA ESPALHAR A CORRUPÇÃO dentro de instituições religiosas e tentar seus membros a fazerem atos malignos. Grandes manipuladores e enganadores, estes mortos-vivos comumente servem de espiões e sabotadores para entidades malignas poderosas.

Falso Sacerdote
Controlador Solo Nível 10
Humanóide Médio Natural (Morto-vivo, Sombra)
XP 2500
Initiativa +8 Sentidos Percepção +18; visão no escuro
Fanatismo Frente à Morte Aura 5; aliados de nível mais baixo que o Falso Sacerdote (exceto capangas) permanecem vivos quando reduzidos a 0 pontos de vida. Uma criatura afetada morrerá no final de seu próximo turno se até lá permanecer com 0 pontos de vida ou menos.
Manto da Tumba (Necrótico) Aura 5; todos os mortos-vivos a até 5 quadrados do Falso Sacerdote perdem qualquer vulnerabilidade a dano radiante.
PV 408; Sangrando 204
CA 26; Fortitude 26, Reflexos 22, Vontade 29 (veja Defesa em Grupo e Inabalável)
Resistência 10 necrótico
Teste de Resistência +5
Pontos de Ação: 2
Velocidade 6
Toque Necrótico (padrão; à vontade) Necrótico
+15 vs CA; 1d8 + 5 de dano
Raio Sombrio (padrão; à vontade) Necrótico, Sombra
À distância 10/20; +15 vs CA; 1d8 + 5 de dano
Chamas Demoníacas (padrão; recarrega 6) Fogo, Necrótico
Estouro Próximo 3; +12 vs Reflexos; 3d8 + 5 de dano. Todas as criaturas na área recebem dano, exceto criaturas mortas-vivas, que recuperam uma quantidade de pontos de vida igual ao dano causado por este poder.
Dominação (padrão; recarrega 6) Encanto
À distância 5; +14 vs Vontade; O alvo é dominado (salvamento termina)
Manto da Tumba (necrótico) aura 5
Todos os mortos-vivos a até 5 quadrados do Falso Sacerdote perdem qualquer vulnerabilidade a dano radiante
Fanatismo Frente à Morte aura 5
Aliados de nível mais baixo que o Falso Sacerdote (exceto capangas) permanecem vivos quando reduzidos a 0 pontos de vida. Uma criatura afetada morrerá no final de seu próximo turno se até lá permanecer com 0 pontos de vida ou menos.
Defesa em Grupo
O Falso Sacerdote recebe +1 em todas as suas defesas para cada aliado adjacente a ele.
Inabalável
O Falso Sacerdote recebe um bônus de +4 para todas as defesas contra efeitos de encanto e medo.
Escapada Esperta (movimento; recarrega 5 6)
O Falso Sacerdote pode mover o dobro de seu deslocamento. Ele só pode mover-se assim para quadrados que estão mais distantes de seus inimigos que sua posição atual. Este movimento não provoca ataques de oportunidade.
Chamado da Tumba (padrão; encontro)
À distância 10; quatro capangas mortos-vivos do nível do Falso Sacerdote ou menor surgem em qualquer quadrado desocupado dentro do alcance do poder. Estes capangas mortos-vivos agem imediatamente depois do Falso Sacerdote.
Aparência Agradável (menor; à vontade) Ilusão
O Falso Sacerdote pode usar ilusões inteligentes para esconder o aspecto cadavérico de sua aparência e assumir a aparência de um humanóide médio. Um teste de Intuição bem sucedido (contra um teste de Blefe por parte do Falso Sacerdote) consegue revelar sua verdadeira natureza, para aqueles que sabem o que procurar.
Tendência: Maligno Idiomas: Comum, Supernal
Perícias: Blefe +15, Diplomacia +15, Intuição +13
For 14 (+7) Des 16 (+8) Sab 16 (+8)
Con 18 (+9) Int 18 (+9) Car 21 (+10)

Táticas dos Falsos Sacerdotes

Os Falsos Sacerdotes sempre tentam cercarem-se de seguidores fanáticos, que irão atestar sobre sua santidade e até mesmo sacrficarem-se para proteger sua vida. Se esta proteção não estiver disponível, e ele estiver em algum lugar público, o Falso Sacerdote tentará usar seu poder de dominação em algum inocente próximo , de forma que os heróis tenham de enfrentar o dilema moral.
Caso seja pego sozinho, definitivamente a melhor situação, ele tentará dominar um dos heróis.
Normalmente o Falso Sacerdote não usará seu poder chamado da tumba a menos que esteja sozinho ou esteja sangrando. Numa tentativa de preservar sua identidade falsa o máximo possível.
Sempre móvel, o Falso Sacerdote sempre tentará manter seus capangas ou o personagem dominado entre ele e o perigo.

Conhecimento dos Falsos Sacerdotes

Com um teste bem sucedido de Religião, um personagem pode saber o seguinte a respeito de Falsos Sacerdotes:
CD 20: Um mortal é transformado em Falso Sacerdote quando ele é revestido de poder pelos deuses do bem e os trai em favor de juntar-se às forças do mal. Ele é amaldiçoado pelos deuses com a condição de morto-vivo, mas isso abre a porta para que um patrono diabólico possa transformá-lo neste ser nefasto. A maioria dos Falsos Sacerdotes foi um clérigo ou invocador quando vivo.
CD 25: Falsos Sacerdotes em sua maioria servem Orcus, mas é possível que eles sirvam qualquer entidade maligna. Vecna é talvez o deus que mais empregue este tipo de morto-vivo. É muito comum o Falso Sacerdote carregar consigo um símbolo da entidade à qual serve, escondido sob suas ilusões. Encontrar este objeto pode facilitar o desmascaramento do morto-vivo.

Outros Artigos da Iniciativa 4e #7:

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Rey Ooze disse:

    o Seu post ficou muito foda.
    O melhor da iniciativa, IMFHO.

  2. Vill disse:

    Parece um sith medieval 🙂
    Ficou mesmo muito bacana.

  3. Parabéns,cara!
    Nota 10 para sua criação!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: