Rato de Sebo – Jurassic Park

Dinossauros!

A maioria de nós conhece a história de Jurassic Park, e talvez seja estranho para alguns ler um livro cujo final já é conhecido. Entretanto, eu gosto particularmente de livros que vão parar no cinema, pois geralmente o livro tem uma qualidade descritiva e de história muito superior a que é utilizada no filme.

Jurassic Park, no entanto, se não está abaixo, fica no mínimo no mesmo nível da versão tela grande. O autor Michael Crichton, (talvez superestimando a biotecnologia na época em que o livro foi escrito), viajou longe e desenvolveu uma história de terror onde os dinossauros são reconstruídos através de DNA fossilizado em insetos presos no âmbar. O intento dos criadores da técnica é construir uma atração turistica, o zôo mais incrível de toda a Terra.

Em dado momento, fica claro que a vida não pode ser contida desta forma, e que o poder destas criaturas está além do mero controle humano. E então começa a correria, com pessoas caçando dinos, e muito mais dinos caçando as pessoas no parque. As descrições dos dinossauros caçando e fugindo uns dos outros são o ponto alto do livro. Em vários momentos fica claro que são eles os protagonistas da história, e não os demais personagens (numerosos, aliás, pois dinos comem muito)

A história pela ficção em si é bem divertida, vale a leitura sem dúvida, especialmente para pescar os pontos da trama que foram adaptados. Porém, a tradução do livro que eu tive em mãos era bem fraquinha, com vários erros de digitação e diagramação, com direito a palavras faltando no meio do texto.

Autor: Michael Crichton
Lido: 20/02/09
Avaliação: 😀  😀  😀  😐

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: