Seqüestro

Finalmente vou jogar novamente numa campanha de Mutantes & Malfeitores. Nas últimas vezes eu fui mestre (conto no plural porque incluo tentativas frustradas), então fiquei cheio de idéias diferentes para o jogo. Hoje mostro o personagem que pretendo usar no jogo. Mostro aqui com o histórico original, para ser mais genérico. No jogo mesmo é provável que isso mude, já que teremos alguns jogos antes dos personagens adquirirem os poderes.

Seqüestro (Hijack)

Jack Porter sempre foi um garoto problema. Ele era uma daquelas pessoas difíceis de lidar. Nunca deu a devida atenção para os estudos, nunca ligou muito para o que seus pais diziam. Este garoto estava destinado a ser um fracasso, passar o resto da vida trabalhando numa lanchonete ou pulando de bico em bico.
Mas o destino tinha algo reservado para ele. Jack desenvolveu a habilidade de sair de um ponto no espaço e chegar em outro sem percorrer a distância entre eles – teleporte. E isso mudou muito em sua vida. O garoto que antes não tinha perspectiva nenhuma começou a encher-se de um sentimento de soberba. Achava ser intocável. E com isso veio uma enorme fome por desafios. Afinal, por que contentar-se com o mundano quando você é sobre-humano?
Jack começou a divertir-se com seus poderes. Roubava coisas só pelo prazer de conseguir fazer esse tipo de coisa sem ser pêgo. Espionava os outros pelo mesmo motivo. Até mesmo foi preso em alguns países estrangeiros. Afinal, para quê fazer essas besteiras em casa se você está a meros segundos de qualquer ponto do globo?
Mas felizmente o jovem Jack Porter irritou pessoas poderosas. E elas foram no encalço dele. É isso mesmo. Felizmente. Estas pessoas poderosas eram funcionários de uma empresa especializada em financiar Novas, seres dotados de poderes como ele. E seu dono, conhecido como Sr. Glass, afeiçoou-se bastante pelo ímpeto de Jack. Ele o caçou, o prendeu e então o acolheu. Não por bondado, mas sim porquê viu alí potencial para ser explorado.

HIJACK (NÍVEL DE PODER 10)
FOR
+1
12
DES
+2
14
CON
+1
12
INT
+1
12
SAB
+2
14
CAR
+1
12
Resistência
+1/+10
Fortitude
+4
Reflexos
+9
Vontade
+7
Perícias: Blefar +11, Furtividade +12, Intuir Intenção +14, Notar +14.
Feitos: Ataque Acurado, Ataque Furtivo x4, Ataque Poderoso, Equipamento x2, Foco em Ataque (corpo-a-corpo) x5, Evasão x2, Iniciativa Aprimorada x2, Rolamento Defensivo x9.
Poderes: Piscar*; Teleporte 10 (300m/qualquer lugar da terra, CD 20 (Reflexos), Feitos: Fácil, Moving Feint**, Mudar Direção, Mudar Velocidade, Progressão x3 e Rebater; Extras: Exato.
Combate: Ataque corpo-a-corpo +10, Ataque à distância +5, Dano +1 (desarmado) ou +6 (ataque furtivo), Defesa +10, Inciativa +10
Equipamento: Receptor GPS, Lanterna, Multiferramenta, Óculos de Visão Noturna, Telefone Celular e Uniforme.
Habilidades 16 + Perícias 11 + Feitos 30 + Poderes 48 + Combate 30 + Salvamento 15 = Total 150
* poder novo, veja abaixo
** feito do Ultimate Power, deixa usar o dobro das graduações de um poder de movimentação no lugar de Blefar para testes de finta em combate

Poder Novo: Piscar

Na necessidade de representar a habilidade deste personagem de teleportar-se rapidamente para o mesmo lugar, a fim de tornar-se mais difícil de acertar, “criei” este pequeno poder. Coloco entre aspas por ele não passar de uma variação de Camuflagem.

PISCAR
Efeito: Camuflagem total, Limitada Ação: Livre (ativo) 
Alcance: Pessoal Duração: Sustentado
Salvamento: Nenhum Custo: 10 

Você é capaz de deixar de existir e reformar-se constantemente no mesmo local, ou até 1,5m de onde desapareceu, literalmente “piscando” da existência. Isto não atrapalha suas ações, porém lhe confere camuflagem total, já que seus inimigos têm 50% de chance de falha toda vez que tentam atacá-lo e é difícil discernir sua localização exata (siga as linhas gerais de funcionamento da descrição do poder Camuflagem). Este poder não é tão útil quanto uma camuflagem total contra todos os sentidos, já que seus inimigos sabem que você está nas imediações, apenas não conseguem saber quando desaparecerá e onde estará quando voltar.

Uso em Jogos

Apesar de ser um personagem que fiz para uma campanha de Mutantes & Malfeitores baseada no universo de Aberrant, é sempre possível aproveitar este personagem em outros jogos. Ele pode ser um outro herói para ajudar os personagens ou um vilão para enfrentá-los.
Brincadeira de Risco

Vários assaltos estão ocorrendo em partes diferentes da cidade (ou do mundo, de acordo com o escopo da sua campanha) ao mesmo tempo. Mas em todos eles o modus operandi do criminoso parece ser o mesmo: ele entra, brinca para a câmera, dispara o alarme e depois some. A diferença de tempo entre os assaltos é de meros instantes.
Isso pode ser tudo obra de um teleportador atrevido, ou quem sabe uma organização inclinada em incriminar alguém inocente. E se há incriminadores, pode ser que eles queiram manchar a reputação de mais de um super-humano nesta brincadeira. Ou talvez estejam apenas querendo incitar as pessoas certas para tentarem resolver o caso. Talvez isso seja apenas a isca para uma cilada bem maior.
Estranhos em Terra Estranha

Sob o pretesto de pegar um ou mais dos personagens jogadores para um interrogatório, um cientista louco contrata Seqüestro para levá-lo(s) até seu laboratório secreto, onde realizará experiências terríveis com eles. Entretanto, no laboratório a real intenção do vilão é descoberta e Jack une-se aos heróis para evitar a terrível armadilha daquele malfeitor.
Entretanto, devido a uma radiação especial que permeava o laboratório do cientsta, a habilidade de teleporte de Jack é afetada, o que joga o cientista, os heróis e o pobre teleportador em um lugar inóspito em outra dimensão/linha temporal. Para piorar, os heróis chegam num lugar diferente do cientista e/ou do teleportador. E agora eles têm de encontrar um dos dois (ou os dois) para poderem voltar para casa.

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. valberto disse:

    Gostei desse. Muito bom.

  2. Avoloch disse:

    poderia botar o nome de de “jumper” heheh
    piadas a parte o personagem ta show

  3. CF disse:

    É. Quando o personagem ficou terminado eu notei que havia sem querer refeito o personagem do filme. O que é engraçado, porque eu realmente me baseei no filme na hora de definir o que ele seria capaz de fazer com o teleporte, mas todo o resto do histórico na verdade foi baseado na história do Homem Invisível, da Liga Extraordinária (uma versão com menos estupros e mais roubos).
    É que o mestre pediu para que todo mundo tivesse algum “defeito”. Sem ter conseguido pensar em algo relacionado diretamente aos poderes – não! eu não vou peidar quando teleporto – me sugeriram trabalhar com a impunidade que esse tipo de poder trás à pessoa. Afinal, muito do medo de ser preso some quando você sabe que pode sumir antes que praticamente qualquer um te pegue.

  4. xanditz disse:

    Quero só saber se vai ter jogo quando eu estiver ai! =p

  5. Demiurgos disse:

    Kra, bem legal o NPC. Gostei de vc ter usado a fabrica de herois pra fazer a imagem dele, nota 10!
    Tipo, o poder “Piscar”, poderia ser mais simples. Pq vc naum usa a camuflagem total e acresenta uma limitação: os inimigos percebem a sua localização, ou algo do tipo. Axu k uma limitação jah resolveria.
    Flw kra! Boa sorte no jogo.

  6. CF disse:

    Xanditz: Tenho quase certeza de que o Eduardo está providenciando isso.
    Demiurgos: Mas é exatamente isso o que eu fiz para o poder. É Camuflagem de todos os sentidos com o defeito de as pessoas saberem que você está lá. Na realidade, muitos dos poderes do M&M não passam de modificações de poderes mais básicos. Por exemplo: Raio e Golpe são o mesmo poder, só que o Raio tem o Extra Alcance.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: