EIRPG 2008 I: 10h14 em São Paulo e tudo bem

Pois é. Cheguei vivo em São Paulo. Essa caminhada toda foi de matar…

Brincadeiras às parte, a viagem transcorreu bem. Quase perdi o avião pela minha total falta de atenção no aeroporto, mas por sorte não estava sozinho. Foi engraçado quando uma funcionária do portão me perguntou o porquê do atraso. Na hora, no lugar de responder a verdade – que eu estava aguardando dar o horário e não ouvi a chamada – resolvi testar uma teoria que já conhecia há algum tempo: “Estava no banheiro” respondi, num tom meio “não foi minha culpa” e tentando também fazer parecer que é a coisa mais normal do mundo (de fato, ir ao banheiro é algo normal). Rapidamente a funcionária abriu o portão para o avião e me deixou passar.
Realmente, caganeira é a maior desculpa já inventada pelo homem. Acho que é porque se você já venceu a vergonha de dizer que estava fazendo exercícios peristálticos e/ou clamando por sua vida não há muito o que contestar. O que a pessoa poderia perguntar depois de uma dessas? “Limpou-se direito?”
Mas enfim. O vôo foi tranqüilo. Ainda sobrevoamos São Roque porque o avião tinha de deixar um velhinho que não ia conseguir chegar até lá à pé. Hehehe. Não. Mas seria legal se isso acontecesse.
O que aconteceu é que por algum motivo X qualquer o avião teve de enrolar um pouco mais no ar, aí o piloto nos levou para um passeio por cima de São Roque enquanto aguardava o sinal para descer. A espera foi meio chata, mas aproveitei o tempo para terminar de ler a Marvel Millenium que comprei no aeroporto e escrever um pouco mais sobre uma super-agência governamental existente no cenário de Venture City.
Mas enfim, com pouco mais de uma hora de atraso, o avião aterrisou em São Paulo. Liguei para o Tek para avisar que cheguei e que ele podia vir me buscar (afinal, estou hospedado na casa dele) e para casa, para avisar que cheguei inteiro e que eles podiam dormir sossegados.
O resto da noite foi bem tranqüilo. Assisti o Tek continuar uma raid de Karazhan com alguns amigos de Brasília – quem não entendeu o que eu falei leia apenas “jogar World of Warcraft” – dando alguns pitacos enquanto assistia, já que também conhecia bem os esquemas dos chefes para aquela instância e sou pitaqueiro por natureza.
Depois disso fui dormir. E assim encerrou-se a minha primeira noite em sampayork city na viagem para o EIRPG deste ano.
Bom, vou nessa. Pretendo tomar um banho, sair para tomar um café, aproveitar que acabou o meu cooldown e fazer mais shadowcloth – leia “jogar World of Warcraft”. Acho que no próximo post poderei falar mais de RPG.
PS: E claro, o Phil ainda me inventa de pedir dever de casa para o pessoal que vai participar do encontro de blogs no EIRPG. Nem faço idéia do que vou fazer, se é que vou fazer. Talvez, se eu comprar umas canetinhas…

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Phil Souza disse:

    Deixa de ser chato CF!!!
    Eu não vou me convencer se perguntar cade a apresentação do Covil e você falar que tava de caganeira 😀

  2. Armageddon disse:

    A hora do almoço foi o ponto alto do encontro ahuahu ;D

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: