Tormenta: Épico! Quais são os desafios mais difíceis de Arton?

Nunca achei que ia ver algo assim: alguém reclamando que Arton não tem muita coisa pra fazer para personagens de nível alto. Como é mesmo a música? Is this real […]

Nunca achei que ia ver algo assim: alguém reclamando que Arton não tem muita coisa pra fazer para personagens de nível alto. Como é mesmo a música? Is this real life? Or just a fantasy? Se há algo que precisa ser dito sobre Tormenta, é que não faltam desafios épicos no cenário, começando pela ameaça que dá nome ao cenário. Se você fizer uma média do ND dos lefeu, provavelmente vai ficar próximo a 20, e os Lordes da Tormenta tem todos ND 40+. Mas mesmo descontando os lefeu, há uma abundancia de desafios para personagens de nível alto em Arton.

Para começar, temos Sckharshantallas, meio que a Coréia do Norte de Arton exceto que o ditador realmente é tão cheio de poderes sobrenaturais quanto a propaganda estatal diz que ele é. Kin Jong-un deve ter um ciúme danado de Sckhar. O dragão-rei tem ND 31 e um exército que caça dragões como se isso fosse um atividade lúdica. Se isso não é aterrorizante, nada mais é.

Falando em dragões, lembram do Deserto da Perdição? Tempestades planares, saqueadores das dunas e os monstros padrão de lá não são o bastante para desafiar seu grupo de alto nível? Bem, caso tenham esquecido, há um Dragão do Deserto que ronda a região, ND 28, e você pode encontrar a ficha dele aqui mesmo no RPGista. Não é invenção nossa não, o Dragão do Deserto ficou meio esquecido desde o lançamento de Tormenta RPG em 2010, mas é oficial do cenário. Provavelmente foi deixado de lado porque é difícil enfiar um bicho de ND 28 numa tabela de encontros aleatórios de NE médio 9.

Mas chega de dragões, vamos pensar sobre algo mais inofensivo, fadas! Ah, merda, é mesmo. Fadas são mais aterrorizantes que dragões. A Rainha das Fadas/Rainha Negra, Thantalla-Dhaedelin, tem ND 33. Dois a mais que Sckhar. Além disso, há a Caçada Selvagem. Sim, aquela mesma do The Witcher 3. A qualquer momento, as fadas podem mudar de humor e uma Caçada Selvagem pode acontecer numa região. É como uma horda de zumbis de The Walking Dead, destruindo tudo que encontram no caminho deles, exceto que as fadas sabem abrir portas. Exceto que elas não precisam abrir o diabo da porta porque elas podem explodir a casa inteira com magia já que o ND médio de um cavaleiro feérico é 13 e existem milhares deles durante a Caçada Selvagem. Puta merda, como fadas são aterrorizantes…

Falando em hordas… Lembram dos goblins, hobgoblins, bugbears e outros monstrinhos de ND baixo? É… Eles meio que conquistaram um continente inteiro? Sim, estou falando do diacho da Aliança Negra. Os comandantes de cada raça tem níveis altos, 15~18 se me lembro bem das fichas que aparecem do comandante hobgoblin numa antiga matéria da revista Tormenta, mas eles ainda estão abaixo do épico pelo menos, exceto por dois caras: Thwor Ironfist e Gaardalok. O primeiro tem ND 25 e é completamente imortal e o segundo tem ND 24 e é um lich, o que o torna quase que completamente imortal. O que é pior que um inimigo de ND épico? Um inimigo de ND épico que controla um exército de milhões e não fica morto.

Mas ei, podia ser pior, você podia estar em Galrasia. Não apenas a ilha é cheia de dinossauros e entusiastas de sadomasoquismo, mas tem pelo menos 3 criaturas épicas por lá: Divina Serpente, Galron e o diacho do Tarrasque! A Divina Serpente é uma deusa menor, então embora não exista uma ficha dela, a gente sabe que ela tem um ND de pelo menos 23 (21+ mínimo pra ser deus menor, +2 no ND do modelo deus menor), e além disso a caverna dela é cheia de criaturas parecidas com ela de ND 15. Galron tem ND 28 (e você pode encontrar a ficha dele aqui no RPGista!), e um um monte de servos eiradaan de ND alto na Torre da Morte em que ele mora. E tem o Tarrasque, com seu ND 31, que basicamente faz parte dos encontros aleatórios da ilha. Sim, você pode encontrar um Tarrasque em Galrasia sendo azarado na rolagem do encontro aleatório (que tem NE médio de 8). Galrasia realmente merece a alcunha de Inferno Verde…

Aliás, a gente falou da Aliança Negra, né? Bem, sabiam que eles não são o único império de criaturas malignas lideradas por líderes de nível épico que pode invadir o resto de Arton a qualquer momento? Sim, são os finntroll. Eles tem um império subterrâneo com cultura, ciência e magia avançadas, e entre eles tem o sumo-sacerdote de Megalokk, Kiielettyenenn, um finntroll de ND 23 que controla trolls de tamanho colossal. Por que um exército de trolls de tamanho normal seria muito fácil.

Até agora a gente já falou de pelo menos uma dúzia de desafios épicos em Arton, né? No entanto, não chegamos nem perto do número total de ameaças para personagens de nível alto no cenário. Sim, falamos do Sckhar, mas ele é apenas um entre meia dúzia de dragões-reis cujo ND mais baixo é 27, e a maioria deles é maligna. Falamos também da Divina Serpente, que é uma deusa menor. Deuses menores existem às centenas em Arton, boa parte deles malignos, todos no mínimo de ND 23. A gente falou de Gaardalok e Kiielettyenenn, mas eles são apenas dois entre os sete sumo-sacerdotes malignos do Panteão, o mais forte dos quais é o Edauros com ND 26. Falamos do Tarrasque, mas tem também o Randon com seu ND 20 e imunidade a dano aleatória. Então, se alguém algum dia dizer pra você que Arton não tem muitos desafios para personagens de nível alto, mostre esse artigo a ele e aí olhe nos olhos do sujeito e pergunte: “Do que caralho você está falando?”

Sobre Nume Finório

João Paulo Francisconi, entre outras enormes perdas de tempo, é blogueiro há dez anos, escreveu para a finada Dragon Slayer, publicou alguns livros de RPG e assistiu quatro episódios de Punho de Ferro.