Começou o financiamento coletivo de Crônicas RPG

De autoria do autor Pedro Borges, de Crônicas de Avalon, cenário arturiano da era d20, está no ar o financiamento coletivo do Crônicas RPG. Este é um sistema voltado para […]

De autoria do autor Pedro Borges, de Crônicas de Avalon, cenário arturiano da era d20, está no ar o financiamento coletivo do Crônicas RPG. Este é um sistema voltado para a fantasia medieval, sem um cenário definido, mas com a intenção de publicação de diferentes “Crônicas”, como os autores se referem aos livros de cenário.

O projeto vem apoiado pela Conclave Editora, que voltou a atuar com o financiamento bem sucedido do cardgame Midgard, baseado em seu cenário para D&D 3.5/4ª edição.  As recompensas incluem vários extras, mas curiosamente não uma versão em PDF do livro básico, uma decisão bastante estranha em um mercado que finalmente perdeu tal preconceito (das grandes editoras, a única que ainda não trabalha com PDFs é a Devir, mas é a Devir então todo mundo entende porque a Devir raramente faz sentido).

O livro básico de Crônicas terá 300 páginas, capa dura e totalmente colorido, sendo que o nível de recompensa mais baixo onde você pode adquirir o livro básico está em R$ 75,00. Crônicas RPG tem que arrecadar no mínimo R$ 21,000 em 60 dias para ser bem sucedido e acontecer.

Sobre Nume Finório

João Paulo Francisconi, entre outras enormes perdas de tempo, é blogueiro há dez anos, escreveu para a finada Dragon Slayer, publicou alguns livros de RPG e assistiu quatro episódios de Punho de Ferro.