Preview exclusivo de Contra Arsenal

Recebemos um preview exclusivo da aventura Contra Arsenal, gentilmente cedido pela Jambô Editora, e aproveitando a proximidade de seu lançamento vamos dar uma “palhinha” do que vem por aí.
Mestre Arsenal está prestes a executar seu grande plano. Ele irá marchar sobre Arton em seu Kishin, e mergulhar o Reinado em uma era de guerra eterna. A não ser, é claro, que um grupo de heróis possa impedi-lo!
Contra Arsenal, o livro que encerra a linha Tormenta d20, será publicado este mês pela Jambô Editora. Nesta mega-aventura, os jogadores terão a chance de impedir — e de derrotar de uma vez por todas — o maior vilão de Arton. Mas cuidado — ninguém disse que vai ser fácil! Para vocês terem uma idéia do que os jogadores terão que enfrentar, aí vai a ficha do Kishin, a máquina de guerra de Mestre Arsenal.

Kishin

Kishin
Construto Colossal Neutro ND 33
Iniciativa: +7.
Deslocamento: 15m.
Classe de Armadura: 35 (–8 tamanho, +3 Des, +30 natural), toque 5, surpresa 32.
Dados de Vida: 288d10+80 (1.664 PV).
Ataques Especiais: jato de energia, sistemas ofensivos.
Qualidades Especiais: armadura titânica, imunidade a magias, efeitos de Fortitude (a menos que afetem objetos) e efeitos de Vontade, redução de dano 60/–.
Ataques Corpo-a-Corpo: 2 socos +36 (10d8+70).
Resistências: Fort –, Ref +16, Von –.
Habilidades: For 140, demais habilidades nulas.
Talentos e Perícias: —.
Armadura titânica: devido ao seu tamanho descomunal, o dano de ataques físicos feitos contra o Kishin por criaturas Imensas ou menores é reduzido à metade (antes de descontar a redução de dano).
Jato de energia: como uma ação livre, o Kishin pode disparar um jato composto por vários tipos de energia — eletricidade, fogo, poder arcano bruto… — que causa 12d12 pontos de dano e ignora qualquer tipo de resistência. Reflexos (CD 30) reduz o dano à metade. O Kishin pode usar esta habilidade uma vez a cada 1d4 rodadas.
Sistemas ofensivos: o Kishin possui incontáveis armas espalhadas pelo corpo, usadas para destruir exércitos inimigos. Estas armas não são relevantes na luta entre os colossos — nenhuma delas pode vencer a elevada redução de dano destes construtos —, mas podem ser letais contra outros adversários. Role um dado para cada inimigo a até 60m do Kishin. Um resultado par significa que o alvo é atacado por um dos sistemas ofensivos do colosso (role 1d8 para determinar qual).
1 Jatos químicos (ácido)
2 Relâmpagos (eletricidade)
3 Lança-chamas (fogo)
4 Vapores congelantes (frio)
5 Bombas de ar (sônico)
6 Armas de fogo (perfuração)
7 Lança-granadas (esmagamento)
8 Rajadas mágicas (força)
Todos os ataques causam 8d6 pontos de dano. Um teste de Reflexos (CD 25) reduz o dano à metade.

Você pode gostar...

73 Resultados

  1. shaka disse:

    Putz! A intenção é realmente fazer os jogadores detonarem esse bicho por dentro. Tô ansioso para passear dentro dessa masmorra ambulante (mas não seria nada mal poder detonar o robozaço na base da espadada XD )

  2. Pyromancer disse:

    Ainda bem que fico acordado até 1h da manhã pra ver o Tek postar isso ;D
    Show de bola, vou colocar o Talude e o Vec dentro do Colosso de Coridrian e ver no que dá =D

  3. Talude disse:

    Notei uma influência de 3D&T nesses ataques randonômicos dele. São todos tipos de ataques que podem ser determinados no sistema.

  4. Thiago disse:

    apelaçao….como se isso fosse novidade em arton…rsrs

  5. formiga disse:

    Foda, gostei da "referência" ao bom e velho 3D&t. Pra mim Tormenta nunca deveria ter saido dele.

  6. Tek disse:

    Pô, ninguém vai comentar a ilustração? 😛

  7. Pablo Urpia disse:

    Tek, coloca o preview disponível pra gente dá uma sacada também!
    Sobre a ilustração, a arte parece muito com a do Adriano Borges (acho que é esse o nome), que apareceu nos livros O Reinado.
    Sobre o Kishin… parece um robô de Evangelion mas acho que a intenção foi essa mesma.

    • Tek disse:

      Então Pablo, o preview é isso aí. Acredite, foi muita "negociação" com o Guilherme para ele liberar algo antes.
      Eu ia até fazer uns comentários do que já li da aventura, mas é difícil falar algo dela sem estragar alguma parte… 🙁

  8. shaka disse:

    Pô!!! O Kishin tá segurando uma Holy Avenger gigante!!! Sacanagem!!!
    (brincadeirinha 😛 )

  9. Griffith disse:

    Ai isso num ta discrepante naum ele ataca com dois socos !?! Devia ser com Espada não, se for levar em consideração a ilustração, e até porque a Fortaleza do mestre Arsenal, atacando desarmado (parece até zoeira), mais tá muito massa, aos bons moldes 3D&T, e o Kishin me lembra mais os de Visions of Escaflowne….tá otimo.

  10. guilherme"RODO"avila disse:

    Dúvida: pq raios não existe uma estatística pra montruosa espada dessa coisa? Por acaso ela tá "colada" no braço dele? daí eu uso esses dados dos ataques corpo-a-corpo pra rolar o dano?? Outra dúvida: o "braço esquerdo" dele é só um "escudo"???

  11. Rogerio Saladino disse:

    E sabe o que é mais legal? Encontrei uma Dungeon com uma aventura que tem uma armadura gigante, onde os jogadores entram para detoná-la por dentro.
    Com isso, tenho receio de duas coisas: o pessoal falar que a gente plagiou (apesar da aventura ter saído depois do kishin do Arsenal ter sido mencionado) ou o pessoal ignorar que saiu numa revista de aventuras de D&D e dizer que a aventura é tosca, que Tormenta só tem tosqueira (ou algo assim, mas vão dizer anyway).

  12. Heitor disse:

    Um real titã, um real desafio; apelativo, mas instiga muito mais o heroísmo (ou vilania…) em uma luta Contra Arsenal (não resisti ao trocadilho…)!

  13. rsemente disse:

    Esse tipo de desafio é bem legal em niveis épicos, cansei de enfrentar desafios assim… O desenho não gostei tanto, a cabeça parece a de arssenal. Tudo bem que ele é megalomanieco, mas não acho que gastaria tempo criando a cabeça sua imagem semelhança, se fosse assim em vez de uma espada usaria um martelo! parece que a escala esta muito desigual, ele parece maior que montanhas, parece ter mais de 1000 metros, mas não creio que montanhas teriam apenas 1000/2000 Pv.

  14. Cassaro disse:

    Opa, só passei para avisar que a ficha tem um erro.
    O Kishin tem imunidade a magias e TAMBÉM efeitos sobrenaturais.
    Já avisei o Guilherme, esse problema não deve aparecer na versão final.

  15. Pyromancer disse:

    oO Assim não vale! Uma dúvida que surgiu no fórum da Jambô também: o que é aquele "+3 Des" na CA dele se ele não tem Destreza? É a Destreza do Arsenal? Ou está faltando o valor de Destreza na ficha? Valeu!

  16. Jefferson disse:

    Gente, sem querer ser chato, mas já sendo, um bichão desse tamanho com deslocamento "só" de 15m? Acho que o pé dele já é maior que isso, ou estou errado? Também achei meio lerdão (só +7 de iniciativa) pra ser o Kishin de Arsenal e o bônus de ataque dele não tá meio baixo pra alguém com +65 de bônus de força?
    Galera, não estou criticando, só achei esses detalhes meio estranhos e por isso estou comentando. Mas que gostei desse robozão, eu gostei. RD 60/- até que enfim uma redução de dano que vale a pena. Aquelas RDs de 10/alguma coisa sempre pareceram ridículas para mim, bem como regenerações de 5pv por rodada (bela porcaria quando o bicho pega um grupo onde cada um causa o dobro disso por rodada no mínimo).
    Saladino, a idéia de atacar um bichão desses por dentro é meio óbvia e já foi usada em diversos lugares (até DB e DBZ usa essa), então ninguém pode acusá-los de plágio de nada, mas infelizmente haverá quem o fará. O negócio é não grilar com isso e seguir em frente. A idéia é bem interessante e o sonho de todo jogador de Tormenta: socar a fuça de Arsenal (além é claro da do Paladino e da própria Tormenta).
    A imagem ficou bem legal tb. Espero ver uma versão colorida dela.

  17. Anão disse:

    interessante… teria adaptação para o sistema D20 de D&D4e?

  18. FenrirX disse:

    Somente uma palavra: nossa Oo'

  19. Cassaro disse:

    Vou responder aqui na medida do possível:
    – Essa ilustração não vai entrar no livro final justamente porque não bate com as estatísticas do Kishin. A versão atual não tem espada ou escudo (ele perdeu esses itens em uma batalha pouco antes de chegar a Arton, ainda em seu mundo nativo).
    – Sim, a Destreza +3 na verdade vem do piloto (Arsenal).
    – O Deslocamento é mesmo 15m, porque o bicho é vagaroso.
    – Não sei responder sobre o baixo bônus de ataque. O Kishin deveria ter sido baseado no Iron Colossus do Epic Level Handbook, que tem For 80 e bba +99. Preciso ver com o Guilherme a razão disso.

  20. Tek disse:

    Na segunda parte da aventura (se sobreviver à primeira) você vai lá dentro chutar o traseiro dos asseclas dele.

  21. Cara, só me veio na mente as Guerreiras Mágicas de Rayerth 😀 , estou ansioso para ver esta aventura..

  22. Guilherme Dei Svaldi disse:

    E aí galera,
    Os bônus de ataque, iniciativa e reflexos são os do piloto (no caso do Kishin, o Mestre Arsenal), por isso os valores serem como são.

  23. Nameless disse:

    Agora sim vai dar pra bancar o Wander (Shadow of The Colossus) =D.

    • Luiz A/S disse:

      Se tiver o cavalo dele na aventura a coisa é molinha, molinha. Até o Tasloi matava o colosso.
      O cavalo é praticamente o herói do jogo, é o Rambo de cascos. O cara tá lá só por que ele não pode segurar a espada! =p

  24. Hurr disse:

    Esse ultra poderoso robo gigante cai para um barbaro otimizado de nivel vinte.
    Ah e
    Habilidades: For 140, demais habilidades nulas.
    Eu ri.
    E eu concordo, Tormenta deveria ficar no 3d&t.

  25. NeverSleep disse:

    Coisas que preciso comentar:
    Bônus de força no ataque é +65:
    (140 – 10) / 2 = 65
    Ou os ataques dele contam com uma arma mais +5?
    Sobre o ataque:
    288 DVs de construto = +216
    Força = +65
    Tamanho = -8
    Total: +273
    =|

  26. Bahamute disse:

    Também acredito que o Deslocamento 15m seja uma falha. Quero dizer, com toda sua altura, quanto ocuparia a sola do pé dele?
    Acredito eu que, seria um tanto quanto tedioso pilotar tal maquina (talvez seja por isso que Arsenal deixou ele parado por tanto tempo :p)
    Mas isso não é nada dificil de consertar, talvez, dobrando ou triplicando o mesmo, já se torne algo melhor.
    No mais, com uma ficha dessas, é estupidez pensar que o combate será por fora, na base da porrada.
    Acredito eu que, os jogadores tendem a pensar em invadir o construto e pegar seu piloto por dentro.
    Mesmo em níveis épicos é um combate impensável para se ter de mãos limpas (a não ser que, um Dragão Rei com alguns parafusos a menos compre a briga :p)

  27. ryu-gan disse:

    mesmo ele sendo superforte…..achava q seria BEM mais forte q isso…..essa redução de dano q valeu apena…….gostei mesmo..ai valeu pra um superforte epico……porem…….um personagem bem montado de ND 20 a 30 de preferencia barbaro ou guerreiro com classes de prestigio boas….acabariam com esse constructo…….um barbaro frenetico nem se fala…CA 35..pra Redução 60/- ?isso é muito pouco..eu aumentaria a CA do constructo…e aumentaria alguns aspectos pra deixar ele HYPER fodastico..pq CA 35 pra ND épico é uma fichinha……

  28. NeverSleep disse:

    Agora que tá pronto, é só consertar gente. Relaxem.

  29. ryu-gan disse:

    2 socos +36?por favor…….nivel epico ..pra um ser tao esperado…..deveria ser bem mais apelao……o deslocamento deve ser maior………se olharmos para os colossos do epic level……ele ta muito fraco…Espero q arsenal tenha aumentado de NIVEL para sessa aventura..ele ja é muito forte..mas as experiencias q ele ja passou e os anos….ja da pra ter subido uns levels…e ter chegado a 30 ou mais…com PAN..saiu….Thowr tava commuma ficha melhor……Arsenal tambem deve sair com uma ficha melhor……..até pq entre ele e IRONFIST….ele é muito mais forte e inteligente ……………….o KISHIN dever ser melhor do postado ai em cima,……….ISSO eu apoio com todo o esforço……..

  30. adao_pinheiro disse:

    Cassaro, vou dar uma de chato agora:
    Realmente, mesmo tendo Iniciativa, Reflexos e Ataque baseados no piloto (Arsenal), apenas os bônus de classe
    deveriam ser do piloto, os de Habilidade e tamanho, do próprio construto.
    Eu sei que o bixano é lerdão, mas com Destreza +3, fica difícil pensar numa coisa de… sei lá, mais de 200m de altura, movendo-se 15m por ação de movimento (proporcionalmente, é o mesmo que uma pessoa comum movendo-se 1,5 cm por rodada, mas com coordenação para desviar de golpes igual à de um atleta profissional).
    Isso é chato, eu sei, mas como o Kishin está bem acima das regras convencionais de D&D. Não seria nem um pouco errado supor que ele tem deslocamento "fora da casinha", algo em torno de uns 90m (eu diria até o dobro da altura, mas isso mataria muita gente do coração! =P). Este construto está acima de qualquer coisa vista (por mim) em D&D, e isto deve se refletir em todos os seus números.
    Pense na ilustração acima. Com deslocamento de 15m, o bixano ali demoraria algumas horas só pra erguer o pé e passar pela montanha. E isso representa mais um alvo (pouco) móvel do que uma armadura de combate, que ataca, desvia, chuta, arrebenta, esmaga e trucida!
    Aproveitem esta chance e dêem estatísticas quem honrem um monstro desse tamanho, criem até categorias de tamanho a mais, se for o caso. É uma aventura épica, é um construto épico, até o passo de ajuste desse bixo deve ser assustador! Falar é mais fácil do que fazer, mas não custa dar idéias!

  31. Cassaro disse:

    Viu, Guilherme?! Eu FALEI pra fazer igual ao Iron Colossus, hehehehe…
    Mas eu queria mesmo ver essa situação em que um bárbaro 20 consegue vencer o Kishin, será que alguém podia exemplificar?

    • Pyromancer disse:

      Simples, dê a ele uma arma que ignore CA Natural, ignore RD 60/- e cause 800d20 de dano. Bem lógico, não? Brincadeiras à parte, também fiquei curioso.

    • Bahamute disse:

      Cara, se puder usar a CdP Bárbaro Frenético, acredito que um Bárbaro 6, Guerreiro 4 (pra especialização, foco, In. Apr) e Bárbaro Frenético 10, dá pra "resolver".
      Se ele for focado em uma arma de duas mãos (espada larga), alguns encatamentos propicios na arma, dá pra pensar. Mas seria um personagem muito especifico.

    • ryu-gan disse:

      Bom ….no meu caso…..com a build de meu personagem….que da 1000 de dano na investida no 1° ataque…….fica explicado por alto…nao acha?mas a build da galera ai em cima da pra fazer muito mais…pode apostar….e olhe q nao sei fazer ficha apelona[:)]

    • shaka disse:

      Autores de RPG Vs inúmeros jogadores vorazes procurando cada brecha nas regras para criar monstruosidades apelativas
      Taí uma briga bem injusta pros autores 😛
      Não importa o quanto um autor se esforce para criar monstros com poderes legais, sempre vai ter algum jogador que descobre um combo que mata o bicho em uma única rodada XD
      Falando nisso, Cassaro, você conhece o Punpun?

      • Rogerio Saladino disse:

        O Cassaro eu não sei, mas eu conheço essa aberração.
        Bizarrice total, loop de regras e uso de suplementos que não são necessariamente básicos. Coisas como o Punpun são combos que o mestre tem toda a obrigação de dizer "nem a pau" e não aceitar na sua mesa de jogo.
        É engraçado, se faz poderoso demais, é apelação, se faz pouco poderoso, sem combos tirados de suplementos X, Y e Z, é burrice.
        Cara, tem cada uma…

  32. Pedro Gabriel disse:

    "Contra Arsenal, o livro que encerra a linha Tormenta d20 …"
    Então vai ter mesmo Tormenta 4E?
    OH HELL!…
    http://oanjoderochaarquivosperdidos.blogspot.com

  33. Tek disse:

    Aí sim parece MMO 🙂

  34. Metal_Sonic disse:

    Quem disse que Magos não fazem nada contra ele? Imunidade a Magia não passa de Resistência à Magia Infinita, que qualquer Magia que não permita tal Save (Como todas as Orbes Elementais) afetará o Kishin diretamente.
    Porque não dar o Anti-Magic Field que o Iron Colossus tem? Assim ao menos os Magos vão ter que apelar para Invoke Magic para poder afetá-lo… E mesmo assim, só para saber um Artífice 18 ainda poderia matá-lo sozinho em uma única Rodada sem apelar para regras obscuras ou interpretações diferentes. (Um dos motivos d'eu ter parado de jogar D&D =p) Iria gastar um XP dos Diabos mas valeria a pena pra frustrar o Arsenal tão facilmente, hahaha.
    ————-
    Os Jatos de Energia são Extaordinárias, Sobrenaturais ou Similares à Magia?
    E com só +36 de acerto, fica extremamente fácil não ser atingido por ele com um grupo de nível 20 decentemente equipado e preparado, que pode chegar a AC 50 com muita facilidade. Além de que 15m de Deslocamento é impensável para algo cujo pé deve ter esse tamanho, deveria no mínimo o triplo disso, acho…
    Alguém depois se habilita a adaptá-lo para M&M? hehehe
    Abraços!

  35. Leonel disse:

    Howdy.
    Então, sobre os personagens poderosos/bem-montados/combados/com boa estratégia que conseguiriam derrubar o Kishin sozinhos: honestamente, pela aventura como está escrita, isso não causaria muito problema. Vamos às razões:
    A) A aventura não é feita para 20° nível. Assim, não dá pra reclamar muito quando um grupo de 20° nível é poderoso demais para ela.
    B) Embora o texto não fale especificamente sobre bárbaros que fazem 1.000 de dano em carga, vários trechos explicam o que fazer se o grupo tomar um caminho diferente do previsto, matar algum NPC importante, etc. O objetivo é derrotar Arsenal, no fim das contas. O Reinado *não* se importa se os heróis usarem um outro colosso, um bárbaro ensandecido ou um quilo de pudim de ameixa! 😉
    C) Não dá pra levar em conta quaisquer materiais que não sejam os livros básicos e a linha Tormenta ao fazer os desafios. Porque, se levássemos em conta outros suplementos, os jogadores que não possuem eles iriam ficar em desvantagem! Não rende fazer uma aventura que só seja útil para quem tem 10 ou 15 outros livros. Para compensar isso, a aventura tem um texto explicando como calcular se os desafios estão apropriados para o seu grupo, cortesia do Guilherme.
    Se, no seu grupo, um único PJ conseguir encarar o bicho, sem problema. Basta dar uma adaptada, para o resto do grupo não se sentir inútil. E, podem crer, o livro dá *muito* suporte para isso.
    Abraço.

  36. Bahamute disse:

    Eu mestro há mais de 12 anos, e em todo esse tempo, o que mais vi em mesas são jogadores com combos "mirabolantes".
    Como mestre, muitas vezes precisamos relevar algumas coisas, ou então, montar NPCs "combados", para mostrar aos personagens dos jogadores que eles não são os supra sumos nas mesas.
    Acredito que, uma aventura como essa, ficaria sem graça o fato do mestre ter planejado toda ela, ter investido seu tempo lendo-a, calculando e estudando-a, para um barbáro frenético (e totalmente específico) entrar em fúria e frenezi e desferir doses cavalares de dano numa maquina que "romanticamente" foi feita para ser invencivel, e forçar os jogadores a pensarem num modo mais "pé no chão" para vencer a aventura.

  37. Christian disse:

    Concordo!

  38. NeverSleep disse:

    Simples, bota um campo anti-magia como o Colosso original, bau bau metade do combo.

  39. v2rios disse:

    mesmo que o bonus base de ataque seja o do Arsenal, a força obrigatóriamente tinha que ser a do Kishin!
    totalmente nada a ver esse bonus de ataque…
    e rajadas mágicas causam dano de contusão no caso, né?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: