Aventuras Fantásticas – Deathtrap Dungeon

Durante o Tchê RPG, eu vi muitos livros-jogos da série Aventuras Fantásticas, e acabei me interessando um pouco. Então, entre os mais de cem feeds que li essa noite, o mais interessante acabou sendo o do DriveThruRPG, com uma aventura adaptada dos antigos livros-jogos para o d20 system.

Deathtrap Dungeon is based on the highly successful Fighting Fantasy™ book of the same name written by Ian Livingstone, Deathtrap Dungeon pits a single 8th level character (or a small 6th level party) against the perils of Baron Sukumvit’s deadly challenge.

Every year, on the first day of May, Baron Sukumvit orders the doors of his Deathtrap Dungeon to be opened. Over the years hundreds of intrepid adventurers have entered the dungeon pitting their skill and wits against the fearsome monsters and deadly traps within, none have ever been seen again. This year another group of brave heroes are again vying to be the first to succeed and claim the 25,000gp prize – will you be the one who triumphs where so many other have failed? Will you emerge to be hailed as the victor in the Trail of Champions?

Parece uma aventura simples, sem grandes aspirações, vença a masmorra/ganhe o tesouro. Pra mim é quase nostálgica pela simplicidade. Como vocês acham que eram minhas aventuras quando guri?

Uma coisa que me chamou a atenção é que o livro carrega o selo d20. A licença não havia sido revogada e forçado todos a recorrerem à OGL para publicarem livros do genêro? Estranho. Mas e quem se importa com um selo estúpido? Nos primeiros dias da licença d20, talvez carregar esse selo fosse importante para as vendas, mas hoje em dia duvido muito que faça diferença.

No Brasil, a Caladwin Editora publica essa mesma série de aventuras, atualmente contando com dois títulos lançados.

Nume Finório

Você sabe quem eu sou.

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Alessandro Güntzel disse:

    Eu e meu grupo possuímos praticamente toda série aventuras fantásticas. Eu comprei os dois títulos da Caladwin, ambos são muito bons. Detalhe especial para adaptação da Sorte para o d20, já que esse era um atributo fundamental nas aventuras de livrinhos (no d20 virou uma habilidade).
    Legal também ver que estão tirando do armário o mundo Titan, do RPG Dungeoner. Alguém conhece? No meu grupo tem um cara que mestra isso. Acho um dos cenários mais interessantes que conheço. O sistema é bem simples, tanto que fizemos grandes modificações. Fica ai a dica pra quem não conhece. Dungeoner sem dúvida vale a pena de ser conseguido. Aqui em Porto Alegre volta e meia você encontra o livro básico do sistema e o do cenário em algum sebo.

  2. Olá Nume,
    Em um recente post do meu blog, fiz um apanhadão sobre aventuras fantásticas. Tem até link pra baixar os livrinhos em português.
    Se quiser passa lá!
    Abraços

  3. Ziderich disse:

    Eu tenho quatro livros da série, mas na minha opinião o mais legal é a Cripta do Vampiro. Você tem a opção de, pelos diversos caminhos, coletar itens mágicos que tornam a batalha final mais fácil e também de destruir os caixões do vilão, para poder destruí-lo para sempre. A mais divertida que eu já joguei, com certeza.

  4. Mirallatos disse:

    Eu também acho um estilo nostálgico, mas não menos divertido. Na verdade, é algo que ainda funciona bem para jogadores iniciantes.
    Grande abraço.

  5. Alessandro Güntzel disse:

    Apesar dessas aventuras de livrinhos serem bastante simples, o cenário “Titan” é algo muito rico. A cidade de Porto Blacksand, por exemplo, possui uma das melhores descrições que já vi em livros de RPG.

  6. hackbarth disse:

    Mestrei anos no mundo de Titan, meu cenário medieval favorito. Notei que ele anda tendo um ressurgimento lá fora, com uma nova editora publicando novas Aventuras Fantásticas e fãs dando suporte ao mundo. Procure por Fighting Fantasy (o nome original) no Google pra ter uma idéia do que tem lá fora. Comprei as duas aventuras da Caladwin e vou adaptar mais alguns livrinhos pra GURPS.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: