O que aproveitar da 3.5

Keith Baker discutiu recentemente em seu blog sobre o que ele anda fazendo, seu envolvimento com o 4E e sobre a facilidade de uso do Eberron na 4E.

Para começar, eu estive jogando D&D 4ª Edição como preparação para trabalhar na encarnação do Eberron na 4ª Edição. E até agora estou tendo montes de diversão com ele… não apenas mudarei a minha campanha de Eberron para a 4E quando ela chegar, já estou mudando ela agora. Enquanto eu penso que há muitos assuntos para cobrir no Eberron Campaign Setting para a 4ª Edição, eu também acho que as pessoas que querem começar logo poderão fazê-lo com poucas mudanças – e eu acho que o D&D Insider auxiliará com isso, apesar de não ter certeza.
Por falar nisso, estou também trabalhando em alguns artigos para o D&D Insider. Eu não posso dar muitos detalhes a respeito no momento, mas acho que será uma boa oportunidade para explorar alguns dos cantos escuros do cenário. E vocês deverão ver alguns detalhes da 4E feitos só com o Eberron em mente!

Nos comentários do post Keith recomenda os livros de Eberron da 3.5 que funcionarão bem com a 4E, com ênfase especial no City of Stormreach.

Eu não acho que será difícil converter Eberron para a 4E, apesar de não poder dar detalhes por enquanto. Sobre os livros que vocês vão querer… bem, coisas cujo ponto forte são o tom e história do cenário (The Forge of War, Sharn {:City of Towers}) serão mais fáceis de usar que livros cheios de regras como o Magic of Eberron. Dentre outras coisas, sugiro que vocês olhem o arquivo dos artigos Dragonshard, no site da WotC. Há material acumulado por anos lá, e a maior parte está no nível descritivo apenas – portanto, informações que continuarão certas no futuro.

Fonte: EnWorld e Keith Baker

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: