Eu tenho a força!

Existe um tipo de personagem que é muito comum em qualquer grupo de personagens, mas não é simples de construir em Gurps: o ‘Tijolo’ (Brick) que é o personagem cuja […]

Existe um tipo de personagem que é muito comum em qualquer grupo de personagens, mas não é simples de construir em Gurps: o ‘Tijolo’ (Brick) que é o personagem cuja característica definitiva é a força. Super força. Exemplos são inúmeros: Hércules, Hulk, He-Man, Goku, o Coisa, são personagens definidos pelo atributo força. O próprio Super-Homem é, antes de tudo, super forte.

Qual é dificuldade em construir esses personagens, o mais simples dos arquétipos de super herói, em Gurps?

O custo, principalmente. Na primeira edição o custo dos atributos crescia exponencialmente*, os primeiros pontos de ST, DX, IQ e HT custavam 10 pontos de personagem e iam ficando mais caros, até custar 25 pontos de personagem. Ou seja, era possível fazer personagens super fortes, mas seriam caríssimos: ST 100 custaria 2420 pontos! Desde então muita coisa mudou.

Para tratar personagens ficcionais com força extraordinária, começaram a aparecer remendos no sistema. No Gurps Fantasy aparecia o template de vampiro, que entre outras modificações, dobrava a força do personagem. Quando o Gurps Fantasy Folk foi lançado, essa vantagem apareceu fora dos templates e ganhou um nome e custo: Increased Strenght: 50 pontos por nível. Cada nível multiplicava a ST mais uma vez: Duplicada por 50 pontos, Triplicada por 100 pontos, etc. Claro que quebrava o sistema de custos de ST, já que nosso personagem de ST 100 pode ser construído de diversas formas: ST 10×10, 450 pontos; ST 20×5, 375 pontos; ST 25×4, 460 pontos; ST 33×3, 610 pontos; ST 50×2; 925 pontos. Essa vantagem foi esquecida (não antes de aparecer numa Dragão Brasil, na ficha dos Metalianos) e substituída por outra forma barata de aumentar a ST.

Ficou óbvio que aumentar a força acima de níveis humanos, além de 20, começa a atingir um ponto em que o custo não vale o retorno: de ST 10 para ST 20 o GdP dobra e o Bal mais do que triplica, de ST 20 para ST 30 o GdP aumenta em um terço e o Bal em um quarto, os custos tinham que ser menores! Então veio a tabela de Enhanced Strenght: ela seguia os custos da ST normal até ST 15, depois diminuía para 10 pontos por nível até ST 24, 5 pontos por nível até ST 30 e a partir daí um ridículo meio ponto por nível. Com essa tabela era possível construir o nosso personagem de ST 100 pagando somente 210 pontos! Claro que também tinha seus defeitos, já que ST 18 comprada de modo normal era mais cara do que enhanced ST 19, mas servia no seu contexto.

Então veio a quarta edição e tudo mudou.

Para melhor, diga-se de passagem. Uma diretriz da quarta edição é que se dois personagens tem as mesmas características, eles devem pagar a mesma quantidade de pontos. Ou seja, todos os remendos para cobrar ST de diferentes modos tinham que sair. Outro resultado dessa diretriz foi acabar com o custo exponencial dos atributos. Um nível de ST custa 10 pontos, não importa se de 10 para 11 ou de 99 para 100. Para pagar diferente pela ST o efeito dela em jogo deve ser diferente, o exemplo mais conhecido é o desconto de ST por tamanho: um personagem gigantesco recebe um desconto proporcional ao SM dele, já que, apesar de ser maior, ele é mais fácil de ser atingido, por exemplo com 6 metros de altura (SM +3) recebe 30% de desconto.

Outra grande diferença é que a ST não é linear mas quadrática. O isso quer dizer: na terceira edição um personagem com o dobro de ST tem o dobro de força, levanta o dobro do peso; na quarta edição um personagem com o dobro de ST tem o dobro ao quadrado de força: pode levantar 4 vezes mais; um personagem com o triplo de ST tem o triplo ao quadrado de força: pode levantar 9 vezes mais, e assim por diante. Resumindo, enquanto na terceira o custo crescia exponencialmente e o retorno diminuia, na quarta o custo é constante e o retorno aumenta exponencialmente! Uma dica: para calcular seu Basic Lift em quilogramas a formula é STxST/10.

E agora ST não é simplesmente considerada uma medida da força do personagem sem ligação com o resto dos atributos, ela é diretamente ligada à capacidade de carga, aos pontos de vida e ao dano. Enquanto na terceira a ST era ligada a essas características secundárias (trocado pontos de vida por fadiga, claro), agora o custo também é ligado:

Um nível de ST: 10 pontos
é igual a
Um Hit Point: 2 pontos
Um nível de Lifting ST: 3 pontos
Um nível de Striking ST: 5 pontos
Soma: 10 pontos!

Tudo muito legal, mas um personagem de ST 100 ainda custa 900 pontos de personagem! Ok, vamos ignorar o fato que um personagem de ST 100 na terceira edição teria ST 32 na quarta (para converter os níveis de ST da terceira edição para quarta use a tabela de conversão na segunda página do GURPS Update), como fazer para um personagem ter ST 100 com um custo razoável? Um personagem super forte não é super forte o tempo todo, mas só quando se esforça num golpe ou num feito de força. Então ST pode ser comprada com uma ampliação para ser multiplicada com gasto de fadiga:

Super Effort +300%: Ao gastar um ponto de fadiga , os níveis de ST comprados com a ampliação Super Effort se multiplicam de acordo com a tabela de Size – Speed/Range. Veja quantos níveis de ST com super-effort você tem na coluna Size e o valor na coluna Speed/Range são os níveis que você usa quando gasta um ponto de fadiga. Como a tabela é logarítmica cada pequeno aumento no número de níveis de ST comprados representa um retorno exponencial de níveis de ST para feitos heróicos, com o gasto de apenas um ponto de fadiga!

Por exemplo um personagem com ST 10 e 10 níveis de ST comprados com a ampliação super-effort paga 400 pontos. Ele fica com ST 20 a maior parte do tempo, mas com um ponto de fadiga a ST dele fica 110! Os dez pontos de ST normais, mais o numero na coluna Speed/Range equivalente aos dez níveis de ST com super-effort, olhando na tabela para Size +10, o Speed/Range é 100. Esse ganho de ST vale para uma ação: um ataque, levantar algum peso, arremessar algo, resistir a um encontrão. Andar carregando algo pesado custa um ponto por minuto, ficar segurando um peso parado um ponto por hora. Atenção: apesar de pontos de vida serem derivados da ST eles não estão incluídos nesse aumento, outra coisa, esse custo em fadiga não pode ser reduzido com a ampliação Reduced Fatigue Cost!

Ora, esse é justamente o modo como vemos a grande maioria dos personagens super fortes, eles não parecem super fortes o tempo todo, mas tem o poder de exercer feitos incríveis de super força, ainda que com esforço.

Parece estranho usar uma tabela de modificadores de tamanho e distância para calcular Super ST? O motivo de usar essa tabela é que ela é uma tabela de progressão logarítmica, para que pequenos aumentos na ST reflitam em grandes modificações de Super ST. Assim um personagem de super ST 15 tem o retorno justo pelos 40 pontos a mais que pagou por Super ST do que o personagem com Super ST 14: com super-effort eles têm ST Super 700 e 500 respectivamente, mais sua ST normal, é claro.

Isso também impõe um nível mínimo de Super ST que vale a pena comprar, já que cada nível de Super ST custa 40 pontos. Por exemplo, comprar Super ST 6 custa 240 pontos e te dá ST +20 com super-effort, com esses mesmos 240 pontos te compram ST +24! A partir de Super ST 7 o custo já compensa

* Nesse artigo estou usando o termo “exponencial” para qualquer curva não linear de crescimento, no caso a maioria dessas curvas são polinomiais quadráticos e não verdadeiras curvas de crescimento exponencial. Esse rodapé só interessa a matemáticos e engenheiros jogadores de Gurps, os outros podem desconsiderar esse aviso. FNORD.

iniciativa_gurpsEste é um post da INICIATIVA GURPS! Estes posts são sempre conjuntos, temáticos e periódicos. Assim, a cada 15 dias, você pode conferir a visão de vários autores sobre um mesmo assunto. O tema desta edição da INICIATIVA GURPS é SUPERS!

Publicado Originalmente no GurpsNation em 02/11/2009

Sobre Hackbarth

Tiago Hackbarth é um gaúcho de Porto Alegre, computólogo, rato de biblioteca, rpgista, pai, linux-user e nerd. Não necessáriamente nessa ordem. Nas horas vagas escreve para o Roleplayer e monta miniaturas de papel. Quando surge uma oportunidade, mestra Gurps.