Resultados Concurso Alphaversos 2018 – Avaliações do 11º, 12º e 13º colocados

Avaliação Completa – Lendas Argarianas: As Legiões de Ferro Presença dos Temas: 8,25 Lancaster: Os temas são Disputa de Território, Traição e Construtos. Todos estão aqui (os construtos na figura […]

Avaliação Completa –
Lendas Argarianas: As Legiões de Ferro

Presença dos Temas: 8,25

Lancaster: Os temas são Disputa de Território, Traição e Construtos. Todos estão aqui (os construtos na figura dos Golems). E agradeço sinceramente por termos alguém a entender que um cenário sombrio ou dramático de fantasia não caracteriza necessariamente uma distopia.

BURP: Disputa de territórios está bem evidente, e construtos são presentes em uma das províncias. Achei que o tema de traição fica muito implícito, mais pelo gênero do que pelas descrições, e precisaria ser melhor exposto no texto.

Oriebir: Disputa de Territórios está bastante explícito pela descrição, mas o mesmo não pode ser dito de Traição, que fica implícita, mas que não é abordada a ponto de se considerar um dos pilares do cenário. Construtos são advindos de apenas uma nação, o que não é um problema por si só, mas sim o fato de não serem intrínsecos ao cenário.

Armageddon: Exceto pela Disputa de Território, os outros temas propostos não formam a base do cenário, estando presentes aqui e ali, mas daria na mesma se não estivessem.

Uso das Regras: 9,0

Lancaster: Teria sido mais conveniente indicar quais as regras específicas de combate em massa e aonde elas podem ser encontradas no livro referenciado, mas de modo geral ele é bem amplo e deixa bastante claro que qualquer vantagem única pode ser usada, mesmo que a maioria acabe com uma má fama nas costas. Sabe o que quer do cenário, portanto.

BURP: Bem selecionadas, com ajustes pontuais simples para se adequar ao cenário.

Oriebir: As regras são bem aplicadas e as modificações são suficientemente claras, mas poderiam ser melhor desenvolvidas (por exemplo, vantagens únicas não-convencionais que já possuam Má Fama, como ficam?). Além disso, regras de outros livros que não o manual básico são citadas, mas não referenciadas.

Armageddon: As regras estão bem trabalhadas, apesar de achar que a pontuação indicada me parece muito alta para um cenário dark fantasy.

Aspectos Gerais: 8,0

Lancaster: De modo geral é um cenário bem desenvolvido, centrado em suas disputas de nobreza, com coadjuvantes bem estabelecidos e com papéis marcantes dentro de sua estrutura. Dentro das dimensões de um mini-cenário, ele se saiu muito bem.

BURP: O texto poderia estar melhor, tenho a impressão de que foi revisado no auto-correct e não se conferiu direito como estava ficando. As descrições estão um pouco simples, acredito que dava para explorar mais alguns detalhes do conflito entre os reinos, mas há uma linha narrativa forte para servir de base a uma campanha.

Oriebir: Há um plot principal forte, que me deu vontade de jogar no cenário, mas senti falta de mais desenvolvimento em alguns pontos. O texto pareceu ter sido escrito às pressas.  

Armageddon: O texto está repleto de erros de digitação, faltando acentuação em praticamente tudo. Quanto ao cenário em si, eu gostaria de ter visto mais detalhes sobre o Império. Por ter detalhado os governantes, não ficou muito claro como cada província é.

Nota Final: 8,4

Pages: 1 2 3 4

About Edu Guimarães

Mestra RPG desde os 10 anos e nunca mais parou. É nerd, biólogo, Leal e Bom.