Bladesinger: Dançando com a lâmina

Esse é um post da INICIATIVA GURPS! Esses posts são sempre conjuntos, temáticos e periódicos. Assim, todo mês você pode conferir a visão de vários autores sobre um mesmo assunto.

O tema desta edição da INICIATIVA GURPS é Artes Marciais!

O Megilina, ou Bladesong, em si é uma arte marcial extremamente exigente. É o epítome do domínio dos elfos da espada e da magia, e nunca ensinado para aqueles que não possuem sangue élfico.
O Bladesong é um estilo essencialmente defensiva de combate, que mistura lâmina e mágica e os transformam em ataques devastadores. No entanto, nesse estilo de luta os ataques são considerados menos importantes do que uma posição de guarda superior. A partir desta postura defensiva superior, os ataques mágicos e magias podem ser usados sem medo de contra-ataques bem sucedidos.
Além dos violentos efeitos inerentes a todas as artes marciais, os componentes estéticos do estilo são tão importantes como sua eficácia marcial. Seus movimentos semelhantes à dança e os assobios produzidos pela lâmina da espada cortando o ar são a fonte do nome Bladesong.

Imagem de um espadachim, de Raymond Swanland

Aqueles que praticam o Bladesong parecem dançar quando lutam. Seus movimentos parecem lentos, enganadores e elegantes, desviando lâminas adversárias enquanto, preguiçosamente, voltam a causar cortes e estocadas.
A técnica exige, acima de tudo, finta e sutiliza. Os bladesingers não acreditam em esmagamento ou golpes fortes, mas sim, orientam os seus adversários a anteciparem um ataque inteiramente diferente do pretendido, assim desbalanceando o adversário.
A luta pode ser feita com armas brancas pequenas, como adagas, ou médias, como espadas longas. No entanto, a maioria dos lutadores prefere praticar a sua arte com a espada. Não são conhecidos estudantes de bladesong proficientes em armas de haste ou desbalanceadas.
Elfos NUNCA ensinam este estilo de luta para não-elfos, incluindo meio-elfos e os drow. Elfos não fazem exceções a esta regra (e a punição normalmente é a morte), mesmo para aqueles que se provem amigos eternos para os elfos, ou mesmo aqueles que adotam o estilo de vida dos elfos para sí.
Eles possuem diversas razões para não fazê-lo, a principal delas refere-se ao tempo necessário para se dominar o estilo.
Enquanto um elfo torna-se mestre na arte marcial, um humano pode sair de casa, abrir seu negócio, se casar e ter netos. A dedicação é penosa até mesmo aos elfos, já que mesmo nessa espécie são poucos os indivíduos que se dedicam a aprender o estilo.
A desvantagem mais óbvia para se aprender o estilo de luta bladesong é que um personagem não pode carregar um escudo e utilizar o estilo ao mesmo tempo.

Imagem disponível em http://wallpaperstock.net/elf-woman-wallpapers_w11530.html

Esta técnica exige grande concentração sobre a circulação e o movimento, e o escudo atrapalha o caminho da graça e o equilíbrio necessário para usar com sucesso o estilo. Além disso, os praticantes dessa arte se utilizam fortemente de magias e precisam da mão livre para executá-las.
Os movimentos utilizados no Bladesong não só revelam beleza, mesmo durante a batalha, mas também levam o praticante a adquirir posições vantajosas para qualquer manobra de defesa. Ele agarra instintivamente o fluxo da batalha ao seu redor, e seus pés vão levá-lo através de intrincadas manobras, necessárias ao ataque.
No início do seu treinamento, um bladesinger escolhe uma arma e, a partir daí, dedicará sua vida a dominá-la, passando a ser associado a ela.
Esse item é sempre ornamentado e belo, realçando a aparência do bladesinger na batalha. Não só eles são facilmente identificáveis pela sua arma e pela graça felina, mas os Bladesingers possuem tatuagens distintas e representativas da sua guilda de arma. Cada guilda tem uma tatuagem própria e única que descreve o seu estilo de arma por meio de uma representação animal.
Espadas longas são frequentemente representadas por grandes felinos, como leões ou panteras, um chicote seria mostrado como uma cobra impressionante, uma rapieira por uma raposa, e assim por diante.

O juramento do bladesinger:

As trevas podem me rodear, mas eu andarei pela luz
Poderosos são os inimigos do meu povo; Eu sou o seu escudo;
Meu sangue pelo seu sangue; Minha vida pelas suas vidas;
A espada e eu somos um; Serviremos ao nosso povo e ao Modo Élfico
Eu juro pela minha vida; Neste dia e naqueles que vierem
Eu me chamarei bladesinger
O Estilo Bladesong:
Perícias: Brawling; Espada de Lâmina Larga; Tática; Taumatologia; Sacar Rápido; Acrobacia
Técnicas: Acrobatic Stand, Armed Graple (Broadsword), Close Combat (Broadsword), Kicking, Knee Strike, Feint (Broadsword), Bind Weapon (Broadsword), Back Strike (Broadsword), Counterattack (Broadsword), Disarming (Broadsword), Retain Weapon (Broadsword), Targeted Attack (Broadsword Thrust Vital Organs), Targeted Attack (Broadsword Swing/Neck), Whirlwind Attack (Broadsword), Evade, Spinning Swing (Broadsword), Spinning Thrust (Broadsword)
Perícias cinematográficas: Mental Strengh; Blind Fighting; Parry Missile Weapons; Precognitive Parry; Sensitivity;
Técnicas cinematográficas: Grand Disarm, Hand Catch, Roll with Blow, Timed Defense
Vantagens: Grip Mastery (Broadsword); Off-Hand Weapon Training (Broadsword); Weapon Master (Broadsword)
Magias: Blink; Blur; Catch Missile; Catch Spell; Disorient; Distant Blow; Ethereal Body; Fire cloud; Flaming Armor; Flaming Weapon; Freedom; Glue; Grace; Great Haste; Invisibility; Iron Arm; Lightning Armor; Lightning Weapon; Mental Stun; Mind Reading; Reflexes; Slow; Turn Blade; e todos os pré-requisitos
Não esqueça de votar no próximo tema, CLICANDO AQUI .

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. James disse:

    Eu adorei a ideia de fazer o Bladesinger como um estilo de luta marcial, ficou realmente muito bom tudo, um ótimo trabalho parabéns ^^

  2. Túlio d Bard disse:

    Uma vez eu fiz um BladeDancer pra D&D 3.5. Era voltado apenas para combate, cheio de ataques giratórios, semi-giratórios, saltos, etc. E o legal era que os “passos de combate” eram customizáveis, o que tornava cada membro da classe único. Bem divertido de jogar. Perdia muitos PVs também… sembre entrando no meio do combate sem armadura >.<

  3. Alexandre disse:

    @ James: Valeu mesmo, James! 🙂
    @Túlio: Cara, meus personagens prediletos nunca usam armadura (ou usam armaduras leves). Só destreza, sabedoria, acrobacia, etc…

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: