A Sensatez da Filha do Duque: Capítulo 11

Comercialização “…Começar um negócio, então…” Sebastian e Sei são provavelmente contra. A expressão facial deles escureceu. “Fazer algo que você não está acostumado irá incorrer falha, há muitos exemplos disto. […]

Comercialização

“…Começar um negócio, então…”

Sebastian e Sei são provavelmente contra. A expressão facial deles escureceu.

“Fazer algo que você não está acostumado irá incorrer falha, há muitos exemplos disto. Acho que seria melhor se você parasse de pensar nessa direção.”

Moneda, que fazia parte da Guilda Comercial, também ficou contra a ideia. No entanto, se dinheiro não for adquirido, minha visão acabará como nada além de um sonho vazio.

Se nós meticulosamente mantermos a mansão e cortar nossas despesas com comida e roupas luxuosas… nós poderíamos alocar o orçamento para a manutenção das estradas e outras coisas.

Mas depois de considerar a reputação da casa ducal, nós não podemos cortar demais nas despesas… Por isto, pensei em uma ideia, que é começar um negócio. Especialmente depois que encontrei algo interessante durante a inspeção.

“Moneda, você poderia não me parar antes de me ouvir? Especialmente porque pode ser possível obter lucros.”

Quando Moneda ouviu o que disse, uma expressão de dúvida apareceu no rosto dele.

“Como posso dizer isto. Eu sou afinal de contas a filha de um nobre. Para alguém como eu subitamente aparecer no campo de batalha dos mercadores, e subitamente dizer que quero começar um negócio, sua reação é natural.”

“…Não, peço perdão.”

“Está tudo bem. Agora, continuando com o que estava dizendo. Eu gostaria de vender esta mercadoria. Rehme, por favor traga aquilo para mim.”

“Entendido~”

O que Rehme tirou de uma bolsa foi uma fruta marrom.

“…Isto é…?”

Sebastian e Sei, que pareciam nunca ter visto a fruta, a observaram cuidadosamente.

“Esta é uma fruta chamada cacau~ Parece que ela é colhida nas regiões tropicais no sul, e os habitantes locais ocasionalmente trituram elas numa bebida~”

Isto mesmo, cacau. O território que se estende da Cidade Real ao nosso feudo experimenta primavera o ano inteiro. Nosso feudo se expande do norte para o sul, e as regiões sulistas tem um clima tropical. Sendo esse o caso, cacau aparece na região.

“…Eu ouvi sobre isso. Mas se não estou enganado, por ser muito amargo, não é algo adequado para beber…”

Como esperado de Moneda. A Guilda Comercial deve estar bem informada sobre todo tipo de mercadoria. …Mas quando estava fazendo a inspeção com Rehme, fiquei bastante surpresa de descobrir isto. Essa garota realmente tem conhecimento sobre quase tudo… Ela até mesmo sabia o passo a passo do processo que os habitantes locais usavam para processar a fruta em uma bebida. Você também deve estar surpreso.

“Como pensei, ainda não foi comercializado. Estou aliviada por Moneda dizer isto.”

“Si-sim.”

Sem chances, você está pensando em vender isto? E também, porque essa cara cheia de confiança? É o que ele deve estar pensando.

No entanto, tenho bastante confiança nisto. Não interessa o que alguém diga, sobremesas são, afinal de contas, importantes para a nobreza. …Por exemplo, durante a hora do chá.

“Tanya, abra a porta.”

“Certamente.”

Quando Tanya abriu a porta, uma das cozinheiras na nossa casa, Merida, estava esperando do lado de fora. Aliás, Merida é outra das crianças que recolhi das ruas durante minha infância. Tanya, Ryle, Dida, Moneda, Rehme, Sei e Merida. Estes sete são as crianças que recolhi das ruas.

Por que Merida queria ser uma cozinheira, ela se tornou uma das cozinheiras na nossa casa. Ela é a pessoa que faz minhas refeições, e porque estou fazendo dieta, fiz vários pedidos estranhos, mas ela sempre entregou sem problemas. Em outras palavras, ela é uma esplêndida cozinheira.

“Essa é uma sobremesa que Merida fez usando cacau como o ingrediente principal.”

O que apareceu foi, é claro, chocolate. Apesar de ser algo com o qual tenho familiaridade, todo mundo olhou para ele com admiração.

“Por gentileza, experimentem.”

Todos timidamente comerem a estranha e desconhecida comida.

“…Delícia!”

No entanto, depois de comer uma bocada apenas, não havia nada além de elogios.

“Isto é algo feito de cacau, certo? Certamente, se é isto… Aliás, quanto você pretende cobrar?”

“Por que açúcar foi usado, pretendo vender por um preço um pouco alto. O alvo demográfico serão nobres, e porque usa vários ingredientes de alta classe, pretendo vender isto como uma comida de luxo. Mas em algum ponto do futuro, vou eventualmente fazer disto uma mercadoria mais barata e mais pessoas poderão comprá-la. Agora, Merida, por gentileza, traga os outros.”

“Certamente.”

O que foi trazido primeiro foi um prato com chocolate ao leite. O que veio depois foram pratos com chocolate escuro e vários outros tipos de chocolates como trufas.

“Apesar destes também serem feitos dos grãos do cacau como o que vocês comerem antes, o gosto é completamente diferente. Por gentileza, experimentem.”

Desta vez, comparado com antes, todos comeram sem hesitação.

“Uau~ Delícia! Gostei desse redondinho~”

“Eu gostei mais deste mais simples, é mais fácil de comer.”

Todos respectivamente gostaram de diferentes tipos dependendo das suas preferências. Fico aliviada que a avaliação geral é positiva.

“Desta maneira, há uma variedade de sabores. Como alguém que fazia parte da Guilda Comercial até recentemente, quais são suas impressões, Moneda?”

“É um produto completamente desconhecido… Com a divulgação correta, pode ser lançado imediatamente. Acredito que isto tem muito potencial. É também bom que o alvo demográfico já tenha sido estabelecido.”

“Obrigada. Desde que este é o caso, Sei. Eu gostaria que você se tornasse minhas mãos e pés e abrisse lojas onde esse produto possa ser vendido.”

Da esquerda para a direita, Sei, Tanya e Iris.

Da esquerda para a direita, Sei, Tanya e Iris.

“…Eu? Apesar de poder ser presunçoso de mim dizer isto mas, não seria Moneda uma escolha melhor…?”

“Moneda estará envolvido com o estabelecimento do banco do qual falei mais cedo. Eu acredito que ele é a pessoa certa para o trabalho porque negociações deverão ser feitas com a Guilda Comercial de um jeito ou de outro. Além disso, com a nobreza sendo o alvo demográfico, seria melhor que alguém como você, que trabalha com a casa ducal, esteja encarregado disto, já que você será capaz de se adaptar mais rapidamente.”

“…Eu respeitosamente obedeço. Farei o meu melhor para responder suas expectativas.”

“Com isto, está decidido. Nos agora iremos nos focar em como vamos colocar este produto no mercado da maneira correta. Em primeiro lugar, Sebastian. Por favor faça um contrato com o vilarejo que produz os grãos de cacau. E também, Ryle e Dida, pensem sobre quantas pessoas serão necessárias para assegurar a transportação do vilarejo para a nossa casa e me deem um relatório. Tenho certeza que vocês lembram as estradas pelas quais passamos quando fizemos nossa inspeção, correto?”

“Entendido. Vou começar isto imediatamente.”

Sebastian, Ryle e Dida se levantaram.

“Merida, por gentileza faça mais destes lanches com o propósito de experimentar. Vou lhe passar quaisquer outras receitas que conseguir pensar mais tarde. E Tanya, por favor faça preparações para escrever uma carta para a senhora minha mãe.”

“…Para a madame?”

“Sim. Não há pessoa melhor do que a senhora minha mãe para fazer divulgação. Se nós enviarmos o produto, ela fará a divulgação.”

“Certamente.”

“Moneda, por favor faça os procedimentos para estabelecer uma firma. Quando você o fizer, leve Sei com você. Se possível, consiga um lugar onde este produto possa ser manufaturado. …Pelos próximos três meses, porque será o período mais importante e ocupado para a firma, me desculpe por isto, mas você poderia oferecer assistência?”

“Mas é claro. Não tem nenhuma possibilidade que vou perder a chance de participar de algo tão interessante.”

“Obrigada. Rehme, por favor permanece comigo porque há algo que preciso confirmar com você. Com relação ao preço médio dos produtos atualmente no mercado, se é você, você está familiarizada com eles, certo?”

“Sim~ Se é no período dos últimos quinze anos, por favor me pergunte sobre qualquer coisa.”

“Então, agradeço a todos adiantadamente pelo seu trabalho. Se algo acontecer por favor me consultem a qualquer momento.”

 

xxxxxx

 

Esse “~” depois das palavras da Rehme, e outros personagens ao longo da história, representa um jeito fofinho de falar própria das garotas japonesas. Não é algo que possa ser traduzido para as linguagens ocidentais, então a tradutora canadense escolheu colocar esse indicador. Acho que ele já apareceu em capítulos anteriores e esqueci de comentar, mas enfim, agora tá avisado.

E com isso terminam os três capítulos prometidos para hoje. Amanhã tem mais. O que estão achando da história até agora?

Navegue pela série<< A Sensatez da Filha do Duque: Capítulo 10       A Sensatez da Filha do Duque: Capítulo 12 >>

Sobre Nume Finório

João Paulo Francisconi, entre outras enormes perdas de tempo, é blogueiro há dez anos, escreveu para a finada Dragon Slayer, publicou alguns livros de RPG e assistiu quatro episódios de Punho de Ferro.