A Sensatez da Filha do Duque: Capítulo 1

Apesar de ser um final ruim …Isso machuca. A primeira coisa que ela sentiu foi dor. Até aquele momento, ela ainda estava dormente, e foi a dor que acordou “ela” […]

Apesar de ser um final ruim

…Isso machuca.

A primeira coisa que ela sentiu foi dor. Até aquele momento, ela ainda estava dormente, e foi a dor que acordou “ela” da sua sonolência.

…Mesmo que fosse só um pouco, ela queria ter acordado mais cedo.

Ela foi jogada no chão na frente de muitas pessoas, e um número de homens estavam mantendo ela no chão. Mesmo se ela não fosse uma garota, qualquer um tentaria se debater.

Se isso fosse um sequestro, talvez um príncipe cavalgando um cavalo branco viesse e salvasse ela… mas que tipo de sonho doce ela estava tendo. Este era o “momento do seu julgamento.” Exceto pela vítima, não há como um perpetrador como ela teria salvação.

Aliás, desde que essa situação foi uma que ela mesma criou, deixem “eu” explicar como isso veio a acontecer.

Meu nome é Iris. Iris Lana Armelia. A primeira filha de um duque, Duque Armelia de Reino de Tasmeria. Uma donzela na flor da idade atualmente com 16 anos. Meu pai é o Primeiro-ministro, minha mãe é filha de um marechal e também tem uma linhagem superior. Eu sou uma legítima filha da alta sociedade, e, neste reino, minha linhagem só é menor que a da família real.

A razão pela qual estou falando em terceira pessoa… é porque “eu” sou uma pessoa diferente. Para ser precisa, neste momento, as personalidades de Iris e “eu” se fundiram.

Esta é Iris… Ela é a outra parte de mim, uma mulher ordinária que costumava trabalhar num país chamado “Japão” antes de morrer aos 30 anos de idade. Naquele dia, eu trabalhei até tarde da noite, morri em um acidente logo depois de sair do trabalho, e acordei com a dor apenas alguns momentos atrás.

No entanto, apenas alguns momentos atrás, Iris estava vivendo sem minhas memórias daquela vida, até que nossas personalidades se fundiram… este é o caso… mas, por causa do presente situação, eu provavelmente não posso perder tempo tentando entender o que aconteceu.

Bem, agora que ela e “eu” nos fundimos, eu olhei para as memórias que tenho da minha vida passada e lembrei de algo… Este não é o mundo daquele jogo que eu estava jogando no passado!? Foi o que eu pensei.

Quando alguém vive apenas pelo trabalho, ela não tem tempo livre para se apaixonar! Apesar disto ser o que eu achava, eu ainda tinha a mente de uma donzela e queria experimentar a adrenalina de um romance. Por causa disto, eu era incrivelmente viciada em otome games¹ na minha vida passada.

O título do jogo era “Você é minha Princesa” ou KimiPri² para encurtar. A história acontecia em um mundo similar à Europa na Idade Média, com a protagonista sendo a filha de um nobre no fundo da hierarquia da aristocracia, um barão, em uma escola onde as crianças da aristocracia ─ incluindo o alto escalão ─ se reúnem, e uma história de Cinderela acontece… ou seja, uma história comum.

Os alvos de captura são: o Segundo Príncipe, o filho do General da Cavalaria, o filho do Primeiro-ministro e o filho do Papa da religião Darryl. As personalidades deles são exatamente como na história, em ordem: excessivamente autoconfiante, irascível, calmo e misterioso.

Agora, neste tipo de histórias, é claro, uma personagem rival também existe. E ela é a noiva do Segundo Príncipe, Edward Tom Tasmeria, que também é a filha de um duque, em outras palavras, eu.

Se a personagem do jogador, a filha do barão, escolher Edward como seu alvo, a noiva, na tentativa de interferir com o relacionamento deles, é maldosa para com ela.

Apesar de ser a filha de um aristocrata ela ainda é, afinal de contas, uma jovem garota… E falando do que ela fez para ser maldosa, bem, calúnia e assédio na escola. Quando eu era a jogadora, o personagem rival era ela, e houve algumas vezes que ela foi bastante desagradável… Durante o final da rota, ela foi presa pela Igreja de Darryl antes de voltar para casa para ser colocava sob prisão domiciliar. “Não há necessidade de ir tão longe…” Esse tipo de sentimento simpático me ocorreu.

Quero dizer, se alguém pensar a respeito, o jogador aproximou-se de um alvo de captura que já possuía uma noiva e teve um caso amoroso ilícito com ele… normalmente você não pensaria que a heroína é a pessoa errada nessa situação? Não interessa quem seja, eles teriam odiado uma pessoa assim, e eles teriam pensado que o que Iris fez foi bastante adorável.

…Dito isto, neste tipo de situação, ninguém iria ouvir este tipo de explicação. Não há um único aliado, é uma situação completamente desamparadora.

Eu já cheguei ao final do jogo, arrastada e cercada em um certo lugar pelos lindos rapazes e a protagonista para ser condenada.

capitulo1…Ou melhor, quando reincarnação usualmente acontece, não é a norma para alguém recuperar suas memórias durante a infância? Deste jeito, não importa o que faça de agora em diante, eu já estou acabada.

“Se você tem alguma desculpa, vamos ouvir ela agora, Iris. Em relação a todas as vezes que você assediou Yuri.”

O som da dolorosa voz de Ed ressoou na área. Ele estava me olhando de cima com olhos de desprezo.

“…Você poderia me soltar?”

Eu falei para o rapaz que estava me segurando no chão, mas ele ignorou minhas palavras. O filho do General da Cavalaria, Dorsen Katabelia, é muito forte, e o ombro que ele esta segurando está doendo.

Dorsen ignorou minhas palavras e aumentou sua força segurando meu ombro em vez disto.

“Isto machuca, então me solte… Você, o filho daquele que serve como General da Cavalaria, Druna-sama, que se supõe usar seu poder por aqueles que são fracos, em pensar que você faria algo como usar força bruta para prender uma frágil garota”

Quando eu disse isto, ele mostrou uma pequena reação em um espasmo. Como eu pensei, não importa onde você esteja, os padrões de cavalaria são os mesmos.

“… Você, uma frágil garota? Por favor pare de brincar e pense sobre o que você está dizendo com cuidado.”

E a pessoa que está rindo pelo nariz enquanto dizia isto é meu irmão, Berne Tashi Armelia. Ah, o jeito que ele está me olhando, não parece que ele pensa em mim como uma irmã, e o jeito que ele está sorrindo sarcasticamente realmente me irrita.

Dito isto… Apesar de ser frustante, porque eu já estou acabada aqui, não há outra opção exceto intencionalmente fazer uma má escolha.

“…É verdade que eu assediei a filha do barão, Yuri Noir. Eu admito isto.”

“…Você certamente admitiu rápido, não é mesmo?”

“Isto mesmo. Por que é óbvio que todos aqui já sabem o que aconteceu, eu pensei em poupar você de desperdiçar seu tempo. Considere isto como minha boa fé.”

“…Você, porquê você assediou ela…!”

“…Por quê você está perguntando ‘porquê’…?”

Ed ficou furioso em um instante. Eu me pergunto se eu consigo me lembrar… Não, as memórias que tenho a respeito da protagonista deterioraram por causa de todo o amor e romance preenchendo a cabeça de Iris. Certamente, todas as memórias que Iris tem sobre ela foram alteradas e interpretadas de acordo com a própria conveniência dela.

xxxxxxxxxx

Este é um novo projeto do RPGista. A partir de agora vamos traduzir a web novel japonesa “Common Sense of a Duke’s Daughter” em conjunto com o site de traduções canadense Japtem. Como eu não falo japonês, iremos traduzir a versão em inglês produzida pelo Japtem, o que significa que está é uma tradução de uma tradução. Se você souber inglês e preferir uma tradução mais direta, é só ir na versão publicada pelo pessoal da Japtem.

¹ Otome games são um subgênero de jogos de simulação de romance voltados para jovens mulheres heterossexuais.

² Em japonês o título é “Kimi wa boku no Princess”, daí o diminutivo KimiPri no original em japonês.

Navegue pela série       A Sensatez da Filha do Duque: Capítulo 2 >>

Sobre Nume Finório

João Paulo Francisconi, entre outras enormes perdas de tempo, é blogueiro há dez anos, escreveu para a finada Dragon Slayer, publicou alguns livros de RPG e assistiu quatro episódios de Punho de Ferro.