Eu quero XP!

Vamos ao que interessa, os jogadores não atravessaram pântanos fétidos, masmorras úmidas, cidades violentas e as imensidões galáticas por nada, não é? A aventura chegou ao final e agora eles […]

wantedposterVamos ao que interessa, os jogadores não atravessaram pântanos fétidos, masmorras úmidas, cidades violentas e as imensidões galáticas por nada, não é? A aventura chegou ao final e agora eles querem a recompensa. Eles querem XP. Diferente de outros sistemas que são muito claros em quanto vale cada monstrinho derrotado em pontos de personagem, Gurps não é tão claro nesse ponto.

Vamos esclarecer, os jogadores querem ser recompensados, mas há vários tipos de recompensa. A maioria deles vai considerar como recompensa apenas o que for dado em pontos de personagem, já calculando quanto falta para comprar aquela vantagem especial ou subir o atributo que eles querem. Alguns vão se sentir recompensados com progressos do personagem, mesmo que não se reflitam em pontos na ficha: dinheiro, avanços nos interesses românticos, progresso na escala social, mistérios do cenário resolvidos, ou até o sincero agradecimento por parte dos NPCs. A minoria vai se sentir realizada simplesmente com o desenrolar da história da campanha. (Como eu, que tinha um PC que só se saia pior do que entrou na aventura, mas como jogador apreciava cada enrascada em que o PC se metia).

Tirando esses pormenores do caminho, voltemos aos pontos de experiência (ou XP, como são chamados em outros RPGs). Eles são uma recompensa, mas o quê exatamente estamos querendo recompensar? É baseado nisso que devemos distribuir os pontos. Se você valoriza interpretação, distribua pontos conforme a atuação dos PCs, se valoriza o jogo, de acordo com as vitórias do grupo, se valoriza a história, de acordo com o progresso da aventura. Agora vamos distribuir:

Participação:

  • Presença: o jogador veio ao jogo e ficou durante a duração do mesmo: +1XP
  • Participação: o PC participou do jogo de alguma maneira : +1XP
  • Relevância: a participação do PC levou ao progresso dos objetivos do jogo: +1XP / -1XP (cumulativo com Participação)
  • Sacrifício: o PC agiu em benefício do grupo em prejuízo proprio: +1XP

Interpretação:

  • Coerência: o PC foi interpretado de acordo com a ficha, respeitando os limites impostos pelas desvantagens: +1XP / -1XP
  • Séria inconveniência: o PC foi prevenido de alcançar algum objetivo, obter recompensa pessoal, ou seriamente incapacitado, unicamente por intervenção de uma desvantagem? +1XP (cumulativo com Coerência)
  • Imersão: o PC lidou com os NPCs como se fossem pessoas reais, com motivações reais, e não como se fossem figurantes sem falas? +1XP / -1XP
  • Grande Imersão: o PC chegou a levar a importância de um NPC ou das motivações de um NPC, ainda que não essencial para a história ou para os objetivos do grupo, acima de sua própria até em detrimento de sua segurança ou de seus objetivos? +1XP (cumulativo com Imersão)

História:

  • Sucesso: o objetivo da aventura foi realizado em sua plenitude. +1XP
  • Fracasso: o grupo terminou a aventura, por conta de sua má atuação, em pior situação do que iniciou, ou em pior situação do que se não tivesse feito nada. -1XP
  • Grande Sucesso: o objetivo de um arco de aventuras foi realizado em sua plenitude: +1XP (cumulativo com Sucesso) 
  • Gênio: o PC resolveu sozinho, acima do que é esperado do grupo, um elemento importante da história, uma pista vital, ou algum outro desafio mental ou social. +1XP
  • Colaboração: o PC agiu em benefício da história em prejuízo proprio: +1XP / -1XP

Conflito:

  • Combate: os jogadores foram vitoriosos em combate contra inimigos capazes de feri-los. +1XP / -1XP 
  • Grande Combate: os jogadores foram vitoriosos em combate apesar de grandes desvantagens. +1XP (cumulativo com Combate)
  • Combate Individual: o PC foi vitorioso em combate individual, contra um seu igual ou superior. +1XP (cumulativo com Combate)

Todos esses pontos são por aventura, ou sessão, um grupo que se envolveu em dez combates não ganha 10 XP no final da aventura!  Estabeleça também um valor máximo, como 5 ou 7 XP. Eu utilizo 5 XP, mas não sujeito os pontos de Grande Sucesso, Grande Imersão e Gênio a esse limite. Também nunca deixo de dar pelo menos um ponto mesmo para o pior jogador, desde que ele tenha jogado até o fim (na verdade isso é teórico, nunca vi alguém jogar sem justificar ao menos um ponto).  Você pode adicionar suas próprias categórias, é evidente, valorizando items que são importantes na sua campanha. Por exemplo:

  • Diário: o jogador mantem um diário de campanha e registrou os acontecimentos da aventura: +1XP

Como sempre é o mestre que distribui os pontos. Mas cuidado com essa lista, os jogadores podem usa-la contra o mestre para extorquir pontos de personagem, argumentando que em tal e tal hora do jogo os seus PCs fizeram tal e tal coisa que se enquadra em tal e tal item (sempre positivo) da lista. Não deixe isso acontecer, a palavra do mestre é final. Diga algo como: “Isso não foi relevante o suficiente para justificar a recompensa” ou no meu caso: “Nem pensar! Não me venha com churumelas!”.

Publicado Originalmente no GurpsNation em 28/01/2010

Sobre Hackbarth

Tiago Hackbarth é um gaúcho de Porto Alegre, computólogo, rato de biblioteca, rpgista, pai, linux-user e nerd. Não necessáriamente nessa ordem. Nas horas vagas escreve para o Roleplayer e monta miniaturas de papel. Quando surge uma oportunidade, mestra Gurps.