Financiamentos coletivos que você deveria conhecer – vol. 3

Já falamos bastante sobre crowdfundings e financiamentos coletivos aqui no RPGista. Além de divulgações de campanhas que valem a sua atenção, falamos também sobre os financiamentos coletivos de RPG, que […]

Já falamos bastante sobre crowdfundings e financiamentos coletivos aqui no RPGista. Além de divulgações de campanhas que valem a sua atenção, falamos também sobre os financiamentos coletivos de RPG, que estão cada vez mais se estabelecendo como um bom passo inicial para editoras estreantes no nosso mercado. Tudo isso dito, vamos a mais alguns financiamentos coletivos que vocês não deveriam perder?  

Projeto Homepath – 1º Álbum do Bardo e o Banjo

O Bardo e o Banjo é uma banda paulistana de folk e bluegrass, sons tradicionalmente norte-americanos, mas que são feitos pelos caras da banda com muito carinho e dedicação. Confiram o som deles e vejam se não vale ajudar no primeiro álbum. (Claro, se você não curte o som, não vale. Mas se você não curte o som não vai ajudar mesmo, né?) Conheça o projeto: http://catarse.me/en/obardoeobanjo_homepath  

Pathfinder Dice Arena

Todo mundo com as calcinhas em chamas por conta da chegada de Pathfinder ao Brasil, e enquanto isso na gringa temos milhões de coisas interessantes envolvendo Pathfinder. Esse projeto é um jogo de dados baseado no cenário, com um potencial de diversão bem grande – é só conferir o vídeo do projeto e você vai ver como os jogos se desenrolam. Um pouco caro para receber o jogo se você não tem como mandar para alguém nos EUA, mas eu achei que vale a pena. Dadinhos coloridos e fichas de personagens e ZAZ! Conheça o projeto: http://www.kickstarter.com/projects/1225737959/pathfinder-dice-arena  

Chamado de Cthulhu

A gente já falou a respeito desse projeto aqui no RPGista, mas já que está na reta final não custa nada dar uma força. Chamado de Cthulhu é a versão traduzida da sexta edição de Call of Cthulhu, clássico RPG da editora Chaosium. O projeto conta com nomes fortes, como Pedro Ziviani, vencedor de um Ennie de prata pelo cenário Mythic Iceland. Além disso, é ambicioso: o formato do livro é invejável, cerca de 300 páginas, papel de qualidade e as ilustrações liberadas até agora dão água na boca (possível efeito colateral de insanidade trazida pelos Grandes Antigos). Conheça o projeto: http://catarse.me/pt/chamadodecthulhu  

Kano: A computer anyone can make

Esse veio por indicação do nosso especialista em eletrônica e projetos faça-você-mesmo, e realmente é um projeto lindo de morrer. Kano é uma proposta de um “computador que qualquer um pode construir”, com um kit de programação básico, extrema modularidade, e que também parece servir como uma ferramenta genial para o ensino dessas coisas para crianças e novatos no mundo da informática. O prazo já está acabando, mas pelo menos uma das recompensas inclui entrega em qualquer lugar do mundo. Ou seja: demorou pra apoiar. Conheça o projeto: http://www.kickstarter.com/projects/alexklein/kano-a-computer-anyone-can-make  

Crônicas RPG

Confesso que não tinha ficado sabendo desse projeto (mesmo com uma notícia a respeito por aqui…). Crônicas RPG busca ser uma opção simples, rápida e divertida, baseada na série Crônicas de Avalon de Pedro Borges. O formato também é de altíssima qualidade, o que dá uma noção de que os financiamentos coletivos estão permitindo um aumento na qualidade sem perder de vista os consumidores imediatos – e isso é legal pra caramba. A arte de Caio Monteiro também parece ser fenomenal, pelo que dá pra ver nas imagens divulgadas até agora! Crônicas RPG já está financiado, mas ainda dá tempo de garantir o seu (e tem um Guia Introdutório, pra quem quiser conhecer um pouco antes de investir). Conheça o projeto: http://catarse.me/pt/cronicasrpg  

The Boy With the Rusty Sword – Vol. I

Para não perdermos o costume de indicar quadrinhos maneiros em financiamento coletivo, tem essa indicação aqui. The Boy With the Rusty Sword é uma webcomic que está tentando emplacar sua primeira versão impressa. O quadrinho tem uma arte linda e um argumento que parece já ter sido feito antes, mas segure os cavalos antes de reclamar: o negócio é cheio de reviravoltas, e humor negro, e… bom, vai lá ler e depois colaborar 😛 Conheça o projeto: http://www.kickstarter.com/projects/rusty-sword/the-boy-with-the-rusty-sword-vol-i

 

A imagem de capa é Reprodução/Fox. As ilustrações de cada projeto foram extraídas das divulgações dos mesmos.

Sobre Álvaro "Jamil" Freitas

Jamil, o único kender de Arton (druida 11, Neutro), descobriu que tinha um alter ego humano em outro plano de existência, chamado Álvaro Freitas (ranger 3/ladino 4/bardo 5, Neutro e Bom). Eles volta e meia aparecem como convidados especiais em crossovers.