Raças Básicas de Meliny

Para viver suas próprias aventuras em Meliny, você deve primeiro criar seu personagem. Esta série de matérias irá apresentar regras complementares para alguns sistemas distintos, inicialmente a versão OGL do […]

Para viver suas próprias aventuras em Meliny, você deve primeiro criar seu personagem. Esta série de matérias irá apresentar regras complementares para alguns sistemas distintos, inicialmente a versão OGL do sistema utilizado há alguns anos por Dungeons and Dragons e hoje vendido pela Jambô Editora como Tormenta RPG, GURPS 4E publicado pela Devir Livraria e também para o sistema 3D&T Alpha, publicado pela Jambô.  Como são vários sistemas não necessariamente teremos a adaptação de todos eles ao mesmo tempo, mas vamos fazendo aos poucos e atualizando as matérias sempre que possível.

Notoriamente, estes textos tem um tipo de… tempero (?) ligado a maneira como as raças foram descritas para 4D&D. De uma forma ou de outra, já que estamos apresentando rapidamente os conceitos gerais, não vejo problemas quanto a isso. São nove raças básicas do mundo. Elas não são nem de longe a totalidade de espécies presentes no cenário (acreditem), porém, são as mais ativas e importantes da Era dos Homens, em geral sendo também as mais comuns. Você pode criar seu personagem com qualquer uma delas, escolhendo a que mais lhe agradar ou que mais se aproxima do conceito que você imaginou:

  • Durar: vivendo de maneira nômade ou inseridos no cotidiano de cidades humanas, os Durar como são conhecidos os anões não possuem mais cidades próprias, ainda que sejam responsáveis pelas maiores e mais duradouras obras arquitetônicas de Meliny. Pedreiros e joalheiros de renome, possuem um temperamento duro como a pedra, porém, da mesma forma, sua amizade e companheirismo são tão longevos quanto o mais nobre dos metais. Se gosta de personagens que não mudam de opinião e cuja resistência é lendária, escolha um Durar.
  • Draken: outrora nobres do povo de Stygh, o Verde, hoje os homens-dragão ou Draken estão reduzidos em número, encontrados apenas ocasionalmente nas cidades dos reinos. Famosos por sua força incomum, são guerreiros temíveis e sempre respeitados onde quer que andem pois trazem em suas escamas o orgulho dos tempos antigos. Se personagens cuja honra vale mais do que a própria vida lhe são interessantes, jogue com um Draken.
  • Felitri: dentre todas as espécies de feras humanóides que vivem em Meliny, o Povo Felino é de longe o mais conhecido através dos ermos. Sua curiosidade rivaliza apenas com a própria agilidade e senso de aventura, e não é raro encontrar algum deles envolvido em situações que mudaram a história dos reinos. Se aprecia personagens de humor instável e de espírito explorador, jogue com um Felitri.
  • Haridrins: o tamanho diminuto dos Haridrins ou Halflings não faz juz a sua sagacidade, tamanha a propensão destes para as artes da ladinagem e do crime. Não se tem uma boa idéia de onde possam ter surgido ou quanto tempo perambularam despercebidos pelos reinos. Sua índole naturalmente pacífica facilmente dá lugar a uma verdadeira onda gananciosa em busca do próximo grande golpe, precisando apenas de um pequeno impulso para isto. Se você gosta de personagens espertos, ágeis e com temperamento único, jogue como um Haridrin.
  • Khalags: como são chamados os Humanos floreceram após o fim da Era da Magia e hoje são os mais numerosos dentre todos os povos de Meliny. Seus são os líderes da imensa maioria dos reinos e impérios, e em geral as demais raças aprenderam a conviver com seus feitos e costumes, se não curvando-se a eles, pelo menos tolerando-os. Apesar de sua vida curta, cada homem carrega em si uma parte da vontade de mudar e alterar o destino de todo o mundo. Se gosta de personagens cuja vontade e a obstinação os tornam líderes natos, jogue como um Khalag.
  • Nerou: fugitivos das grandes guerras, os Gnomos viajaram através do mundo em suas misteriosas cidades e veículos voadores, espalhando-se de maneira homogênea por toda a parte sem nunca mais repetir os seus antigos feitos quando o reino de Lharúnia era soberano em quase todo o noroeste do continente. Atualmente, pouco ou nada fazem abertamente, preferindo manterem-se distantes das rusgas dos outros povos. Se gosta de personagens geniais mas que não são exatamente sociáveis, crie um Nerou.
  • Quessir: são os protegidos de Falena e ao lado dos Durar e Varghs, são um dos povos mais antigos de toda Meliny. Conhecidos também como elfos, povos-das-matas ou primogênitos, são uma raça tardia em enfurecer-se mas que jamais esquecem um insulto. Distantes e muitas vezes egocêntricos, não lidam muito bem com as mudanças dos tempos, sendo raro que abandonem seus reinos nas florestas no oeste. Se personagens ágeis e de temperamento inabalável seja o ideal para você, jogue com um Quessir.
  • Rez’ren: no passado, exércitos de criaturas invocadas por magos terríveis dos confins do esquecimento marcharam através de Meliny. Os Rez’ren são o resquício destas invasões provocadas, criaturas híbridas de sangue eterno e esquecido. Também chamados de Tieflings; são intimamente ligados aos caminhos arcanos, não sendo raro tornarem-se temidos feiticeiros. Se você gosta de personagens amargurados e com tendências à magia, jogue com um Rez’ren.
  • Varghs: brutos, irritadiços e de comportamento explosivo, os Orcs são um dos povos mais antigos do mundo de Meliny, criados com o propósito único de destruir o que havia sido desenvolvido pelas outras duas raças ancestrais, durar e quessir. Apesar de seu pensamento simplório, são máquinas de batalha inatas, que lutam sem receios ou limites. Se você gosta de personagens que batem primeiro e continuam batendo depois, jogue com um Vargh.

Para saber mais…

Meliny é um cenário coletivo desenvolvido pelos Innominatus, um grupo de amigos que jogam juntos apesar de viverem separados por todo o Brasil desde 2001. De lá pra cá, muito se criou, muitas de nossas referências se tornaram óbvias e muita, mas muita coisa que já foi legal pra caramba se tornou clichê. Mas nós continuamos jogando, rindo e escrevendo sobre do mesmo jeito.

Caso queira conhecer mais sobre, há uma categoria apenas para Meliny aqui no RPGista. Para conhecer o que é (ou foi) o projeto mais a fundo, recomendo a leitura deste aqui.

Sobre Marlon Teske

Marlon "Armageddon" Teske é de Timbó, Santa Catarina, onde vive isolado do resto do mundo traçando planos de conquista enquanto cursa uma faculdade de regente do universo por correspondência.