John Wesley Hardin – O Último Pistoleiro

Esse texto descreve, em sua maioria, relatos reais. No final do background, segue a ficha de Hardin para GURPS 4º Edição, pelas mãos de Danilo Mamangava [Gurps Nation].

hardin John Wesley Hardin – O Último Pistoleiro

A realidade no velho oeste era muito mais tranqüila do que mostram os filmes sobre a época. Entre 1850 e 1890, o oeste dos Estados Unidos era cheio de pequenas cidades, em geral pacíficos centros de comércio, com lojas para abastecer rancheiros e agricultores. Os saloons, bares da época, ofereciam bebidas, jogos (dados ou pôquer), mulheres e divertimento.

Uma cidade podia ter vários bares, competindo pela freguesia com ofertas de charutos e refeições grátis. Boa parte dos famosos duelos vistos nos filmes ocorria exatamente nos saloons do Velho Oeste, mas eram muito mais raros do que a gente [e Hollywood!] imagina. Para se ter uma idéia, o ano recordista em duelos foi 1878, quando só no Texas e no Kansas aconteceram 36 confrontos, causando cerca de 50 mortes. Para comparar, apenas no segundo trimestre de 2004 foram assassinadas mais de 2 300 pessoas no estado de São Paulo! Haviam cidades com atividades ligadas ao gado e às ferrovias, que já tinham uma história de violência e atraíam jogadores, vaqueiros, prostitutas, trapaceiros e aventureiros em geral, mas essas eram poucas.

Outra idéia hollywoodiana equivocada é a de pistoleiros se enfrentando em hora e local marcados. Os raros duelos que ocorriam eram no calor de uma discussão e envolviam rivais muito próximos uns dos outros. “O uso de facas era tão comum quanto o de revólveres. E, quando dois pistoleiros se enfrentavam, não importava tanto qual era o mais rápido e sim quem tinha melhor pontaria”, afirmam Historiadores.

O “último pistoleiro do Oeste” foi morto pelo policial John Selman. O duelo ocorreu em 1895, época em que muitas cidades já tinham forças policiais, diminuindo a importância dos xerifes. Estes viveram seu auge até meados do século 19, quando usavam realmente distintivos em forma de estrela, cuidavam da cadeia local e ainda organizavam julgamentos. Chamado de “o último pistoleiro”, John Wesley Hardin era um matador de pontaria certeira. Ele ficou preso entre 1878 e 1894, tentou se “endireitar”, mas teve uma recaída. Em agosto de 1895, em El Paso, no Texas, após discutir com o policial John Selman, ambos teriam sacado as armas e trocado tiros. O pistoleiro teria morrido atingido na cabeça.

curriculo John Wesley Hardin – O Último Pistoleiro

O Personagem

Trabalhou como professor numa escola no condado de Navarro e como cowboy. Nessa peleja atribuíram a ele ter matado seis mexicanos em uma acalorada discussão, num saloon.

Ganhando a vida por meio do poker, matou um homem chamado Jim Bradley durante uma partida, em fevereiro de 1871, no México, ao recusar-lhe um pagamento durante um jogo de cartas. Golpeou Jim na cabeça com o revolver, avariou o braço a outro e a um terceiro lhe atravessou o pulmão. Nesse mesmo ano casou-se com Jane Bowen, uma antiga enamorada de seu povoado, com quem concebeu dois filhos.

Depois visitou Abilene, em Kansas. Segundo suas próprias palavras: “Tenho visto muitas cidades promiscuas, mas acho que Abilene dá-lhes uma surra a todas. O povoado estava repleto de homens e mulheres bons no jogo, apostadores, vaqueiros, delinquentes, gente de toda laia. Bem equipada de bares, hotéis, barbearias e casas de apostas, tudo a disposição”.

Ali teve um suposto encontro com o afamado pistolero Wild Bill Hickoc, à época marshal reconhecido pelo povo. Segundo conta, Wild lhe ordenou que se desfizesse de suas armas enquanto estava numa festa com uns camaradas em um bar. Hardin se recusou. Quando Wild saiu do estabelecimento, tendo John logo atrás sorrateiro, alguém avisou. Mais uma vez Wild dirigiu-se a Hardin prendendo-o por fazer estardalhaço na cidadezinha e exigiu-lhe a entrega de suas armas. Hardin, demonstrando que ia entregar-se, mostrou-lhe suas armas, mas de repente as girou de tal maneira que ficaram de frente para Wild Bill. Este, prevendo seu possível final, lhe disse: “É o rapaz mais rápido e habilidoso que lembro de ter visto. Vamos deixar isto de lado e serei teu amigo”.

No entanto, há quem duvide deste fato, pela reputação de Wild Bill e achando que ele mesmo não deixaria cair seu prestígio tão facilmente. Outro ponto que desacredita esse fato foi o tal truque com as armas, que era algo comum para não ter sido previsto pelo marshal.

Após outro encontro em agosto de 1872, em Trinity City, onde foi ferido gravemente, Hardin foi perseguido sem trégua. Pelo cansaço, entregou-se a um xerife de sua confiança, no povoado de Gonzáles. O xerife lhe facilitou a fuga. Em outubro foi preso no condado de Cherokee, pelo assassinato de quatro homens de raça negra, mas escapou novamente.

Sua vida tomou um rumo definitivo em 1874, quando tinha os Rangers de Texas em seu encalço. Nesse ano abateu, em um tiroteio, o xerife Charlie Webb, no condado de Brown, homicídio do qual alguns primos tiveram participação. Até esse momento Hardin tinha algum apoio popular por suas ações, especialmente se a vítima era algum federal, mas Webb era homem querido e muito respeitado na zona, e isso fez com que o povo voltasse contra Hardin. As consequências disto foram fatais: seu irmão foi linchado e ao menos mais oito pessoas perderam a vida, entre familiares e gente inocente.

Devido a esta perseguição fugiu a Flórida e mudou seu nome para J. W. Swain, mas sua pessoa estava em todos os cartazes espalhados no oeste, noroeste e sudoeste americano. Por sua entrega oferecia-se uma recompensa de quatro mil dólares, vivo ou morto. Em agosto de 1877 sua identidade foi exposta por um camarada quando foi golpeado por um maquinista, ao expressar publicamente, que duvidara da reputação de Hardin. Os oficiais realizaram a prisão em 23 de agosto de 1877.

hardin John Wesley Hardin – O Último Pistoleiro

Na detenção foi ferido por oferecer resistência à autoridade e tentou sacar seu revolver.

Com o temor de ser linchado, como tinha sido seu irmão, enfrentou o julgamento no Texas e foi sentenciado a vinte e cinco anos de prisão na penitenciaría de Huntsville.

Durante sua prisão, foi ferido e torturado diversas vezes por tentativas de fuga. Com tempo para arrepender-se do que fez, pôde estudar direito e conseguiu autorização para exercer a advocacia. Saiu de prisão sob juramento em fevereiro de 1894. Sua esposa, a quem tinha um grande amor, morreu em um ano e quatro meses dantes de sua libertação.

Com a nova vida, tratou de exercer sua profissão na localidade de El Paso, oque se mostrou infrutífero, devido seu passado. Ao pouco tempo Hardin estava já perambulando pelos bares da zona, fanfarreando, jogando e bebendo, enquanto os polícias locais fitavam todos seus movimentos por sua reputação de bom tirador e agitador [algo que ele não pretendeu ocultar em nenhum momento desde sua chegada]. Contudo, quando era acusado de portar armas ou algum roubo, colaborava com as autoridades.

Em uma ocasião ameaçou um jogador com um revólver por um desentendimento durante um jogo de dados e recobrou o dinheiro perdido. Interrogado pelos jornalistas sobre este assunto, respondeu:

“Admiro o valor, a virtude e o arrojo onde quer que seja, mas odeio ao covarde e ao assassino por natureza, seja repórter, jornalista ou apostador”.

Nessa estadía, Hardin sustentou uma boa reputação nos jogos de mesa. Em um dia de agosto do ano 1895, no Acme Saloon, quando apostava nos dados contra Henry Brown, o polícia John Henry Selman adentrou no saloon e dirigiu-se para Hardin, disparando pelas costas, atrás da cabeça e deixando Hardin estirado no chão.

Segundo relatos, suas últimas palavras foram: “Quatro seis. Eu ia ganhar, Henry”.

John Wesley Hardin – The Last Gunslinger (164 points)

ST 11 [10];
DX 13 [60];
IQ 12 [40];
HT 11 [10].

HP 11 [0];
Will 12 [0];
Per 12 [0];
FP 11 [0].

Damage 1d-1/1d+1;
BL 24 lbs.;
Basic Speed 6 [0];
Basic Move 6 [0];
Block 0;
Dodge 9;
Parry 9 (Brawling).

Social Background
TL: 6 [0].
Cultural Familiarity: Western (Native) [0].
Languages: English (Native) [0];
Spanish (Broken) [2].

Advantages
Fearlessness 2 [4];
Gunslinger [25];
Hard to Kill 2 [4].

Disadvantages
Callous [-5];
Compulsive Gambling (12 or less) [-5];
Impulsiveness(12 or less) [-10].

Quirks:
Minor Addiction (Alcohol) [-1].

Skills
Area Knowledge (Midwest)-12 (IQ+0) [1];
Brawling-13 (DX+0) [1];
Carousing-11 (HT+0) [1];
Fast-Draw (Pistol)-14 (DX+1) [2];
First Aid/TL6 (Human)-12 (IQ+0) [1];
Games (Dice)-12 (IQ+0) [1];
Games (Poker)-12 (IQ+0) [1];
Guns/TL6 (Pistol)-16 (DX+3) [8];
Knife-13 (DX+0) [1];
Law (American Civil)-11 (IQ-1) [2];
Law (American Criminal)-12 (IQ+0) [4];
Riding (Equines)-14 (DX+1) [4];
Survival (Midwest Desert)-12 (Per+0) [2];
Teaching-8 (IQ-4) [1].

Sobre Fnord

Alexandre "Fnord" é frequentador de eventos de RPG, Card Games e Cultura Japonesa, pseudo-escritor, pai de duas meninas [que lhe tomam muito tempo], jogador e adorador de GURPS e viajante no tempo... Adora séries enlatadas americanas, curte muito Full Metal Alchemist, Prison Break e Ragnarok Online. Mora no litoral cearense e joga qualquer coisa que apareça na sua frente, principalmente se for Munchkin!