Piada da semana!

Hahahahaha!
E foi atualizado em agosto!!! Muito boa!

Coloquei uma tradução mais abaixo. O original está lá no site da SJ Games, a editora do GURPS. Veja só o que eles falam sobre a edição em português do sistema.

http://www.sjgames.com/gurps/foreign.html

Portuguese

Our first translation – by Devir Livraria in Brazil. GURPS is a leading player in the Brazilian market – most conventions have far more GURPing than games of you-know-what . . . They have released translations of the Third Edition and a number of worldbooks and sourcebooks. They are working on the Fourth Edition.

Basicamente, está escrito:

“Nossa primeira tradução – feita pela Devir Livraria no Brasil. GURPS é um dos líderes no mercado brasileiro – a maioria das convenções possuem mais jogos de GURPS que de você-sabe-o-que… Eles já lançaram traduções da terceira edição e vários cenários e suplementos. Atualmente estão trabalhando na quarta edição.”

Rapaz, eu não sei o que esse pessoal está pensando, quando vieram aqui pela última vez, ou que informações passam para eles, porque nunca ví uma informação tão mentirosa quanto essa.

Acho que a única coisa certa que fizeram foi dizer que a Devir traduziu o GURPS, porque de resto…

Sobre Alexandre

Estagiário do vice presidente júnior do RPGista, Alexandre começou a jogar RPG em 1991, só para poder usar miniaturas e jogar dados esquisitos. Ele é o jogador que faz os ninjas e rangers do grupo. Nunca magos (porque com eles não se brinca).